Utilidades

Calculadora do salário líquido 2015

A presente calculadora do salário líquido para 2015 pode ser utilizada por funcionários do sector público ou privado e tem em conta IRS, Segurança Social, sobretaxa e pagamento em duodécimos do(s) subsídio(s). Para cálculo da pensão líquida, utilize a calculadora da pensão líquida 2015.

Calculadora de Salário Líquido 2015

Esperamos que lhe seja útil. Como sempre, caso tenha alguma dificuldade ou encontre algum problema, por favor deixe um comentário.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)

143 comentários em “Calculadora do salário líquido 2015

  1. Boa Tarde

    Considerando ordenado bruto de 4000€/mês, casado 2 titulares, 2 dependentes, 50% duodécimos, subsidio refeição 8€.

    A minha questão é que tenho direito a receber 2 ordenados de prémio em Dezembro para alem do principla, e gostaria de saber qual será o valor liquido a receber neste mês.

  2. Boa tarde. Gostaria que me ajudasse a calcular um salário. Trabalho 6 horas noturnas por dia, num total de 8 horas diarias. Trabalho 4 Domingos por mês pagos na totalidade e as horas a 25 por cento.

    O ordenado são 557.57 base, 4.73 SA

    Qual é o valor que vou obter ja com descontos?

  3. Esta ferramenta é muito precisa, preciosa e indispensavel.
    Quando é que o PEDRO faz uma actualizaçaozita para 2016.
    Custa pedir uma coisa tao preciosa e gratuita mas que dá muito jeito dá
    Obrigado
    JM

  4. Esta calculadora muito provavelmente está errada (como a maioria que se encontra pro ai: salarioliquido.com economista.pt), para além de não deixar calcular o salário recebendo duodécimos na totalidade

  5. Olá, tenho dúvidas sobre prémios (não habituais nem previstos no contrato) para trabalhadores dependentes (não casado).
    Imagine pff este cenário:
    – recebo 1 050 € brutos/mês (escalão IRS 14.50%)
    – num dado mês recebo 1 000 € brutos de um prémio que, ao somar ao base, faria passar-me todo o valor para um escalão IRS de 22~23%, certo?

    Dúvidas:
    – há alguma regra que permita não declarar esse prémio para efeitos IRS, visto não ser um valor habitual (prémio)?
    – ou não declarar nesse mês mas depois acertar contas aquando da entrega de IRS (só no ano a seguir)?
    – se recebesse esses 1 000 € brutos divididos por 14 meses (71.43 €), totalizando 1 121.43 € brutos/mês, não permitia continuar no escalão IRS 14.50%?
    – ou se recebesse esses 1 000 € em cartão-refeição, também seria sujeito a IRS? A quanto?

    Era apenas para perceber se há alternativa para num bónus de 1 000 €, o IRS não me ficar com quase metade!

    Muito obrigado!

  6. Olá, boa noite

    Esta calculadora do salário tem me feito muito jeito. Muito obrigado, agora é só esperar pela a actualização.
    Parabéns