Utilidades

Calculadora Salário Líquido 2019

Sofia Serrano Sofia Serrano , 4 Fevereiro 2019 | 82 Comentários

A Calculadora de Salário Líquido 2019 permite-lhe calcular o seu vencimento e saber quanto vai receber, este ano, já com descontos.

Dados para a simulação

Agregado familiar
Rendimentos
%
Subsídio Refeição

Resultado da simulação

Sem dados
Insira valores acima para ver os resultados da simulação
Erro de processamento

Rendimento tributável{[{ result.tributavel | currency: '€' }]}
Retribuição extra+{[{ input.extra | currency: '€' }]}
Duodécimos+{[{ result.subsidios | currency: '€' }]}
Subs. de alimentação Subs. de alimentação (parte não tributada)+{[{ result.subsidio_refeicao | currency: '€' }]}
Outros rendimentos não tributáveis+{[{ input.outros_isentos | currency: '€' }]}
Taxa retenção irs (rendimentos){[{ result.taxa * 100 | number: '2' }]}%
Taxa retenção irs (duodécimos){[{ result.taxa_de_duodecimos * 100 | number: '2' }]}%
Retenção irs (rendimentos{[{ result.duodecimos_retencao > 0 ? ' + duodécimos' : '' }]})-{[{ result.retencao| currency: '€' }]}
Retenção retribuição (ret. extra)-{[{ result.retencao_extra| currency: '€' }]}
Contribuição para Segurança Social-{[{ result.seg_social | currency: '€' }]}
Vencimento líquido{[{ result.valor_liquido | currency: '€' }]}
Custo total para a empresa{[{ result.custo_total_empresa | currency: '€' }]}
Tabela de Retenção na fonte: {[{ input.localizacao.descricao }]}
Situação: {[{ input.situacao.descricao }]} - Deficiente
Remuneração MensalNúmero de dependentes
{[{ dep.descricao }]}
até {[{ linha.max | currency : '€' }]} mais de {[{ linha.min | currency : '€' }]} {[{ linha[dep.numero] * 100 | number : '2' }]}%

Garanta o preenchimento correto todos os campos abaixo para o cálculo correto do seu Salário Líquido 2019.

Esta ferramenta tem já em conta as tabelas de retenção de 2019 (disponíveis ao fazer a simulação), pode ser utilizada por funcionários do sector público e privado e tem em conta a contribuição para a segurança social, bem como o pagamento em duodécimos dos subsídios de férias de Natal.  

O que precisa de saber para calcular o Salário Líquido? 

  • Qual o seu salário base
  • Situação matrimonial
  • Número de dependentes; 
  • Como vai receber os seus subsídios de Natal e Férias (por inteiro ou duodécimos e no segundo caso se são os dois subsídio em duodécimos); 
  • Valor subsídio de refeição e como o vai receber (remuneração ou numerário) 

Nota: Não se esqueça que é importante referir o número de dias recebidos. Se tiver uma proposta a tempo parcial e só trabalhar 3 dias por semana, só receberá subsídio de refeição pelos dias trabalhados. 

Fazer as contas ao seu Salário Líquido anualmente é tão fundamental como renegociar os seus créditos, serviços e prestações. Assim esperamos que esta ferramenta ajuda no planeamento das suas finanças pessoais e da sua poupança.

Outras ferramentas Doutor Finanças:

Partilhe este artigo

Deixar uma resposta

93 comentários em “Calculadora Salário Líquido 2019

  1. Olá
    Tenho uma questão, na sequencia de termino de contrato (carta de rescisão pela parte do trabalhador) e sendo que existem 38 dias de férias não gozadas, onde coloco esse valor no simulador? Férias não gozadas são tributadas ambas por IRS e SG ?
    Obrigada

    1. Olá, Vanessa.

      Este simulador não leva em conta as questões relacionadas com o acerto de contas no fim do contrato de trabalho. Em qualquer caso, suponho que possa obter um valor equivalente se as colocar no campo “Outros rendimentos sujeitos só a IRS” (as férias não gozadas são, aliás, um dos exemplos descritos na nota informativa desse campo).

      Relativamente à sua última questão, não percebo a que se refere com SG?

  2. Boa noite trabalho numa pastelaria desde 2016 sempre recebi subsidio alimentação o que consta no meu contrato. Meu patrão este mês decidiu retirar o subsidio sem qualquer aviso. Ele pode fazer isso?
    Obrigada
    Cumprimentos

  3. Boa noite, eu recebo os subsídios por duodécimos, assinei um papel a cerca de 2 anos que autorizava o pagamento assim, mas queria falar com a entidade patronal para pelo menos 1 subsídios fosse pago por inteiro! Posso fazê-lo ou o papel que asseinei nao me deixa fazê-lo?

    1. Olá, Joana.

      Pode sempre, a qualquer altura, tentar renegociar as condições do seu contrato com a entidade patronal.

      Agora, se não chegarem a acordo, o papel que assinou continua a valer, sim…

    1. Olá, Marta.

      Parece-me que está a ser calculado como 1/12 do salário base (no caso de 1 subsídio completo em duodécimos).

      Posso perguntar-lhe que valores tem no seu recibo?

  4. Olá, este mês vou receber uma gratificação por cumprimento de objectivos, onde devo inserir este valor para o calculo, em Retribuição extraordinária ou em Outros rendimentos suj. a IRS e SS ?

    1. Olá, Pedro.

      O campo retribuição extraordinária destina-se, como indicado na nota, à remuneração relativa a trabalho suplementar.
      Como não é o caso, deve indicar esses rendimentos no campo “Outros rendimentos suj. a IRS e SS”

    1. Olá, Lurdes.
      A mim aparece-me bem. Pode dizer-me, por favor, qual o browser que está a usar? Pode às vezes ser um problema com esse browser específico… (por exemplo, acabei de me aperceber que o Internet Explorer não suporta uma das funções que está a ser usada no cálculo).

    2. Olá, de novo. Descobriu-se entretanto que havia um problema que afetava o browser Internet Explorer. Foi resolvido entretanto. Pode-me dizer se continua a ter problemas?

    1. Olá, André.

      Eu vejo as seguintes opções de resposta à questão sobre os duodécimos:

      • Não recebo os subsídios em duodécimos
      • Recebo 50% de um subsídio em duodécimos
      • Recebo 50% dos dois subsídios ou um subsídio completo em duodécimos
      • Recebo os dois subsídios por inteiro em duodécimos

      Que outra opção acha que faz falta?

      Para além disso, quando mudo para uma das outras opções, o valor de retenção IRS, contribuição para a Segurança Social e o resultado são efetivamente alterados.

      Pode dizer-me que browser (e versão) está a usar? Pode ser um problema com um browser em particular…

      1. Olá Paulo!
        Agora aparece a opção “Não recebo os subsídios em duodécimos” e agora também está a ser aplicado as opções ao resultado final.
        Devo ter apanhado alguma cache de algum deploy que ficou a meio… não sei… mas agora também não interessa. Está a funcionar! Obrigado!

        Deixo apenas uma nota: comparando com o simulador de 2018 sinto falta da coluna relativa aos valores dos duodécimos.

        Obrigado e bom trabalho!

      2. Os valores relativos aos subsídios recebidos em duodécimos aparecem apenas no caso de ser escolhida uma das opções em que eles existem. Na opção “Não recebo os subsídios em duodécimos” não aparecem esses valores…

        Em qualquer caso, ainda bem que já está a funcionar. Obrigado pelo feedback.

      3. O que queria dizer é que quando se escolhe “duodécimos” na tabela de resultado apenas aparece “Taxa retenção irs (duodécimos)” e não o valor em Euros como no simulador de 2018.

  5. Boas
    Era bastante positivo, a calculadora ter o layout parecido à de 2018.
    No que diz respeito aos subsídios de natal e férias, a forma anterior era mais intuitiva pois era só escolher as modalidades de pagamento, duodécimos ou inteiro.
    Nesta, gera-se alguma confusão na hora de onde colocar os valores relativos a esses subsídios.
    Obviamente, uma sugestão. Agradeço a disponibilização desta ferramenta de forma gratuita com gratidão.
    Obrigado

  6. Parabéns pelo simulador 2019. Sendo uma utilizadora dos simuladores anteriores não posso deixar de notar o quão mais completo está este simulador, facilitando a introdução de remunerações isentas e extraordinárias. Muito agradeço.