Carreira e Negócios

Massimo Forte: Vai demorar mais tempo a vender-se imóveis e os preços podem descer

Massimo Forte, consultor de mediação imobiliária, lançou um livro direcionado aos agentes imobiliários. Conheça o novo livro.

Sara Antunes Sara Antunes , 30 Outubro 2020

Massimo Forte é especialista no mercado imobiliário, com provas dadas na área de mediação imobiliária. E, numa altura em que as incertezas são elevadas, o responsável publica o seu quarto livro, dirigido aos agentes imobiliários. Sobre o que nos reservam os próximos meses, Massimo Forte admite que 2021 será “o ano com mais incógnitas deste século novo.”

“O poder da prospeção. Tudo sobre a geração de contactos na mediação imobiliária. Um negócio de pessoas para pessoas”, é o novo livro de Massimo Forte, e cujo tema centrar é ajudar os agentes imobiliários a ultrapassarem o tabu da prospeção. O responsável acredita que a prospeção imobiliária ativa é uma ferramenta de trabalho muito revelante e, neste livro, explica porquê.

Esta é uma das mensagens que Massimo Forte partilha no seu novo livro. E, numa altura em que se antecipa um período desafiante para quem está a trabalhar no ramo imobiliário, a prospeção ativa pode dar uma ajuda.

No âmbito deste lançamento, o consultor respondeu a algumas questões colocadas pelo Doutor Finanças sobre o que esperar do próximo ano no ramo imobiliário e de como quem está no terreno se pode preparar.

Leia ainda: Covid-19 não parou o mercado imobiliário no primeiro semestre de 2020

O que se pode esperar do mercado imobiliário para os próximos meses? 

"Quanto mais o tempo passa, mais o mercado se vai definindo. Em primeiro lugar uma retração nas transações provocada pelo resfriamento da procura, à qual não irá ter condições para suportar os valores que os proprietários estão a pedir, valor denominado de asking prince. Tudo isto irá provocar um aumento no tempo de absorção dos imóveis para que a procura e a oferta se reajustem. Se houver uma entrada considerável de mais produto no mercado e os bancos começarem a rever as suas condições de empréstimos ao crédito hipotecário, tornando-as mais restritivas, com alguma naturalidade teremos uma baixa nos valores de transação."

Leia ainda: Investidores estrangeiros continuam a apostar no imobiliário em Portugal?

Como se podem preparar os agentes imobiliários para 2021?

"O ano com mais incógnitas deste século novo. Mas a vida continua e, por isso, devem, como sempre, preparar o seu Business Plan, tendo em conta o que referi na pergunta anterior, assim sendo, devem avaliar e rever se necessário todo o seu posicionamento comercial e de comunicação para se adaptarem às mudanças de mercado. Se for um agente mais orientado ao cliente proprietário, julgo que entrará numa fase mais favorável pois este cliente será possivelmente o cliente que irá necessitar de mais e maior ajuda em 2021 e nos próximos anos."  

Quais são os principais desafios para quem faz prospeção imobiliária?

"Possivelmente ao nível do profissional, ou seja, do agente imobiliário, será a criação do hábito de prospeção. O trabalho de base feito antes da ação, mais precisamente o planeamento ao nível da atividade, é por isso fundamental. Perguntas como: 'Porquê?' e 'Para Quê?' deveriam vir antes do 'Como?', depois, numa segunda fase, surgem outros desafios como o da manutenção do ritmo da ação e da adaptação às mudanças do mercado, na minha opinião o desafio maior resume-se a uma única palavra: 'consistência'."

Leia ainda: Quais são os desafios que os mediadores imobiliários enfrentam?

Quais são as mais-valias de uma prospeção ativa?

"A prospeção ativa é a mais eficaz, obedece a um contacto direto com a lead ou, quem sabe, com um potencial cliente. Existem duas grande vantagens: a primeira é conseguir ter uma resposta imediata do contacto, mesmo que seja um 'não', pode encarar o não como uma oportunidade de seguimento e não como algo definitivo. A segunda grande vantagem, é que a obtenção do contacto em si não depende de terceiros, apenas depende da ação do profissional, neste caso do Agente Imobiliário. Normalmente quem opta por este tipo de prospeção consegue criar um funil para obter contactos todos os dias, ou seja, consegue criar as oportunidades e não fica apenas à espera que apareçam."

Capa do livro de Massimo Forte, cujo título é: O Poder da Prospeção. Tudo Sobre a Geração de Contactos na Mediação
Imobiliária. Um Negócio de Pessoas para Pessoas,

O livro "O poder da prospeção. Tudo sobre a geração de contactos na mediação imobiliária. Um negócio de pessoas para pessoas" foi lançado esta quinta-feira, 29 de outubro e conta com "conselhos, dicas, checklists, guiões para treino e partilha de casos de sucesso para ajudar à resolução de problemas concretos."

"A prospeção representa o primeiro passo do processo de venda, sem o domínio deste passo, os seguintes, como a angariação, simplesmente não fazem sentido", realça o comunicado sobre o lançamento do novo livro de Massimo Forte.

Leia ainda: 6 tendências para o setor imobiliário nos próximos meses

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #massimo forte,
  • #mediação imo,
  • #mercado imobiliário 2021,
  • #preços das casas
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)