Carreira e Negócios

Paulo Pimenta: “O meu primeiro negócio foi uma super aprendizagem”

Paulo Pimenta, CEO do Kuanto Kusta, conta o seu percurso profissional e as lições que tirou do seu primeiro negócio, que o ajudaram a crescer profissional e pessoalmente.

Sara Fernandes Sara Fernandes , 8 Outubro 2020

Paulo Pimenta, CEO do Kuanto Kusta, partilha o seu percurso até chegar onde está hoje. Depois de um curso profissional na área da carpintaria, Paulo Pimenta trabalhou um hipermercado, mas sempre de olhos postos no seu sonho: a informática.

Desafiado por um amigo, lançou o seu primeiro negócio: um bar. "Eu não percebia nada de bares, mas ficou-me aquela ideia de lançar uma empresa", conta.

"Foi uma aprendizagem muito boa. Aprendi a fazer contas, a contratar, aprendes a fazer asneiras gigantes", revela Paulo Pimenta, admitindo que perdeu todo o dinheiro que tinha em poupanças. Contudo, segundo CEO do Kuanto Kusta, as lições que tirou desta experiência serviram para que crescesse tanto a nível profissional como pessoal.

Pode ver ou rever o episódio na íntegra aqui: Conversas sem Preço com Paulo Pimenta

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #investimento,
  • #negócio
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)