Carreira e Negócios

Rui Alves: “Uma cultura de excelência é a fonte de todo o valor”

Rui Alves, CEO da RUPEAL, defende que numa cultura de excelência deve haver lugar a "segundas e terceiras oportunidades".

No Conversas sem Preço dedicado à cultura empresarial, Rui Alves, CEO da RUPEAL, define este conceito: "A cultura é a forma como nós nos comportamos uns com os outros."

Rui Alves acredita que uma "cultura de excelência, de crescimento e de felicidade" é a fonte de todo o valor. O convidado revela ainda que neste tipo de cultura, o cliente não deve ser encarado como a prioridade, mas sim os colaboradores da empresa.

“A liderança tem um papel fundamental a formar a cultura da empresa”, salienta.

Rui Alves reforça ainda que “numa cultura de excelência, têm de haver segundas e terceiras oportunidades. As pessoas têm de ter a oportunidade de falhar e testar”. 

“O reconhecimento emocional deve ser sobre o trabalho”

No âmbito de uma cultura de excelência, Rui Alves destaca a importância de "haver reconhecimento emocional dos falhanços e do esforço."

“A compensação deve ser sobre os resultados, mas o reconhecimento deve ser sobre o trabalho”, defende, acrescentando ainda que o "elogio é inimigo da auto-estima".

Rui Alves adianta ainda que, a nível de compensações, hoje em dia o salário já não é o fator mais importante, "sobretudo para as novas gerações."

Veja ou reveja a entrevista na íntegra: Conversas sem Preço com Rui Alves

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #conversas sem preço,
  • #cultura organizacional,
  • #empresas,
  • #salário emocional
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)