Aqui no Doutor Finanças já estamos em contagem decrescente para a estreia da sétima temporada da série A Guerra dos Tronos (Game of Thrones). Entre no espírito connosco e descubra as lições que a série nos pode ensinar e que podemos adaptar às nossas finanças e à nossa relação com o dinheiro.

Winter is Coming

Os problemas aparecem, mas quando é avisado várias vezes com antecedência, resta-lhe preparar-se para a sua chegada!

A primeira lição de todas as que podemos aprender com Game of Thrones é que “O Inverno está a chegar”, algo que é verdade em qualquer estação do ano que não o Inverno. O que isto significa para as suas finanças pessoais é que os tempos difíceis poderão chegar a qualquer momento, daí que a maioria dos artigos e guias de finanças pessoais refiram repetidamente o conselho “save for a rainy day” (poupe para um dia chuvoso, que é como quem diz, um dia difícil).
O objetivo de poupar em fases da nossa vida em que não temos qualquer problema financeiro é precisamente termos uma almofada financeira na eventualidade da chegada de dias mais difíceis.
Os Starks passaram temporadas a proferir o lema da sua casa – Winter is Coming – até que toda a gente já brincava com a situação, porque o Inverno nunca mais chegava. Até que chegou e foi devastador.
Assim, resta-nos insistir novamente na importância de fazer sempre orçamentos mensais e de criar e reforçar um fundo de emergência.

Se ainda não tem os seus orçamentos mensais, aprenda neste artigo a criar um do zero e a preparar-se para todos os imprevistos.

Um Lannister paga sempre as suas dívidas

A Lannister Always Pays His Debts

Tal como todos nós deveríamos fazer. No caso dos Lannisters, as “dívidas” podem ter (e certamente terão) um duplo significado que serve tanto para dívidas de dinheiro ou dívidas de ações. No caso de alguém tratar um Lannister indevidamente, nunca ficará sem resposta. Aplique este princípio a qualquer dívida que tenha e torne uma missão de vida pagá-la o quanto antes. O Doutor Finanças pode ser o seu escudeiro nesta demanda e pode ajudá-lo a atingir os seus objetivos de forma mais rápida e fácil do que alguma vez pensou ser possível. Conheça o nosso serviço de Renegociação de dívidas e entre em contacto connosco para que o possamos ajudar.

“You know nothing, Jon Snow.”

A falta de informação é, em muitos casos, a principal causa dos nossos problemas. No caso das finanças pessoais, o mesmo princípio de aplica. Não deixe de ler e de se informar sobre estratégias de gestão financeira e dicas de poupança para se munir das melhores armas que poderá ter: cultura e informação. Aqui no Doutor Finanças trazemos-lhe os nossos melhores artigos de literacia financeira precisamente para que consiga proteger-se de possíveis situações desconfortáveis, algo que o Jon Snow teve que experienciar na própria pele para aprender – finalmente – qualquer coisa.

“Quando se joga o jogo dos tronos, você vence ou você morre”

When you play the game of thrones you win or you die

É o mesmo que acontece quando investe o seu dinheiro, só que nesse caso, quando corre mal, não é o leitor que morre, mas pode traduzir-se numa fatalidade da sua vida financeira. Mais uma vez, a chave do sucesso é a informação! Conhecer bem os produtos de investimento (quais são e se são de alto ou baixo risco), fazer as devidas simulações, etc. Por outro lado, para ganhar dinheiro em investimentos tem que assumir mais riscos e investir a longo prazo.
Saiba mais sobre investimentos e produtos de investimentos nos nosso artigos:

Como ganhar dinheiro nos investimentos?
O que são Obrigações do Tesouro Rendimento Variável?
Certificados de Aforro – Valem a pena?
Depósito a prazo ou certificados de aforro?
Os Depósitos a Prazo valem a pena?

Aprenda com Winterfell… não deixe o seu dinheiro por vigiar

Um dos maiores erros que pode cometer na vida é negligenciar algo que lhe pertence. No caso dos Starks foi Winterfell. Um a um, os Starks abandonaram Winterfell, deixando-a à mercê de ataques de inimigos desejosos de tomar posse da terra e do castelo da casa Stark.
O mesmo pode acontecer ao seu dinheiro se não fizer uma gestão eficaz do mesmo. Já alguma vez apareceram movimentos no seu extrato bancário que não conseguiu identificar? Fique atento a esse e a outros sinais gerindo e monitorizando o seu dinheiro de perto. Mais uma vez, confiamos essa tarefa ao Boonzi. Leia o artigo “Sabe o que são todos os movimentos na sua conta bancária?” e perceba a importância de vigiar de perto todas as suas contas.

Faça uma lista dos seus inimigos como Arya Stark

A certo ponto na série, a mais nova das raparigas Stark elabora uma lista de nomes de pessoas que deseja matar para se vingar do mal que fizeram à sua família e à própria Arya. Siga o exemplo na sua vida financeira e faça uma lista dos seus piores inimigos financeiros, ou seja, os inimigos da sua poupança, aqueles que o estão a “obrigar” a afastar-se do seu dinheiro e objetivos, sejam dívidas, despesas variáveis que pode aniquilar, etc.
Consulte os seus orçamentos de meses passados ou mesmo os relatórios (no caso de utilizar o Boonzi) e sirva-se dos números que vê para arranjar nomes para os “culpados”.

Não confie em qualquer pessoa… ou financeira

Por esta “altura do campeonato” já se sabe que a pior coisa que se pode fazer em Westeros é confiar em Petyr Baelish, o infame Littlefinger. Que o diga Ned Stark (se pudesse). Encorajamo-lo a ver certas financeiras duvidosas como a personagem do Littlefinger e… a fugir para longe da decisão de lhes entregar o seu dinheiro. Estamos a falar maioritariamente de crédito pessoal online, onde ocorrem vários esquemas obscuros com vista a separá-lo do seu dinheiro.
Leia este artigo sobre os “8 sinais de alerta para evitar burlas com créditos na internet” para se proteger. Adicionalmente, proteja-se também quando faz compras online com a ajuda das dicas do artigo “5 regras essenciais para proteger os seus cartões em compras online“.

Não tenha vergonha

Quem não se lembra da punição da rainha Cersei pela mão da Septã Unella, da Fé dos Sete (Faith of the Seven), que andava pelas ruas com um sino a proferir “shame” (vergonha) repetidamente enquanto a rainha era arrastada nua e suja pelas ruas como castigo pelos seus pecados?
Se também o leitor cometeu “pecados” financeiro que o deixaram numa situação delicada (até no incumprimento), saiba que não deve – nem pode – sentir vergonha. O melhor que pode fazer é assumir que errou, identificar onde errou e tomar a iniciativa de pedir ajuda.

O Doutor Finanças está cá para isso. 🙂