Crédito

Posso perder dinheiro fazendo um crédito consolidado?

Juntar todas as prestações numa só, consolidando os créditos, é uma solução que lhe permite fazer uma melhor gestão das suas finanças pessoais ou familiares. Mas será que pode perder dinheiro ao fazer um crédito consolidado?

Crédito

Posso perder dinheiro fazendo um crédito consolidado?

Juntar todas as prestações numa só, consolidando os créditos, é uma solução que lhe permite fazer uma melhor gestão das suas finanças pessoais ou familiares. Mas será que pode perder dinheiro ao fazer um crédito consolidado?

A resposta é sim. A consolidação de créditos pode ser a solução para controlar as suas despesas: ficará só com uma prestação, de um crédito que poderá ter uma taxa de juro inferior à média das taxas de cada crédito. Contudo, apesar de ser uma boa solução para muitos males financeiros das famílias portuguesas, se negociar ou gerir mal o seu crédito consolidado poderá perder dinheiro no longo prazo.

Leia ainda: Crédito Consolidado: Tudo o que precisa saber

Se não quer perder dinheiro, tenha os cuidados abaixo

  • Taxa de juros: se a taxa de juros do seu crédito consolidado for mais alta que a média das taxas de juros de todos os créditos que tinha anteriormente então consolidar pode não ser uma opção para si.
  • Aumento do prazo: Se estender demasiado o prazo do crédito consolidado poderá levar a que tenha pago mais no final.
  • Poupança: Se utilizar a folga financeira que vai conseguir todos os meses de forma não planeada ou para obter mais crédito poderá perder o controlo às suas despesas.
  • Fazer as contas: Se não fizer bem todas as contas ao que pode poupar em taxas de juros e ao tempo que vai acrescentar em prestações consolidando o seu crédito, poderá estar a pagar mais do que se pagasse cada crédito separadamente. Faça todas as contas ao cêntimo.

Três dicas para não perder dinheiro ao consolidar os seus créditos

1. Prazo e taxa, são as variáveis mais importantes. Compare os prazos e taxas do seu crédito consolidado à dos seus créditos pessoais.

2. Aproveite parte da folga orçamental que ganha com o crédito consolidado para o ir amortizando.

3. Escolha criteriosamente a instituição onde vai realizar a consolidação dos seus créditos. Assegure-se que esta vai proteger os seus interesses e assegurar as melhores condições para o seu caso.

A redução de prestações através do crédito consolidado do Doutor Finanças pode ir até aos 60%.

A equipa do Doutor Finanças pode analisar o seu caso e calcular qual a poupança mensal que conseguirá obter. Inscreva-se no nosso serviço de crédito consolidado para que um consultor especializado possa analisar o seu caso e verificar quanto poderá poupar.

Aqui no Doutor Finanças ajudamos os nossos clientes a reencontrar o equilíbrio das suas finanças.

Clinica Doutor Finanças
Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #amortização de créditos,
  • #como poupar dinheiro com o crédito consolidado,
  • #crédito,
  • #crédito consolidado,
  • #poupar dinheiro com crédito consolidado
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

18 comentários em “Posso perder dinheiro fazendo um crédito consolidado?
  1. E só tretas se tiver uma dívida ao banco de Portugal e quiser um crédito para pagar não enprestam

  2. Dinheiro irá perder perde sempre, no entanto ganha-se mais tempo. Pagar um cartão de crédito ou carro a 20 ou 30 anos (juntando ao crédito da casa por exemplo) nunca vai ficar mais barato se não se fizer amortizações antecipadas com frequência.

    1. Boa tarde José Sousa,
      Agradecemos o seu comentário.
      Gostaríamos de tentar entender em que sentido nos indica que está a ser mal acompanhado, pois do que podemos verificar tem existido sempre um contacto entre si e o nosso consultor, inclusive várias mensagem trocadas, sempre informando em conformidade o estado em que se encontra o processo.
      Ficamos a aguardar,
      Obrigada.

  3. Boa noite, quando se refere a consolidação de créditos, além dos créditos pessoais e cartões de crédito, está também incluído o crédito da habitação? Obrigado.
    Cumprimentos.

    1. Boa tarde João,

      Existem duas possibilidades:

      1. Fazer o crédito consolidado sem incluir o crédito habitação, é a opção mais comum;
      2. Se por acaso possuir um spread superior a 2%, pode transferir o crédito habitação para outro banco, e ao mesmo tempo se o imóvel suportar pode pedir um multiopções para liquidar os créditos de curto prazo (cartões de crédito, créditos pessoais, linhas de crédito, entre outros).

      Atenciosamente

      1. Boa tarde, cara Sofia, agradeço a sua resposta. Tenho um spread de 0,875 há vários anos no Santander, o que neste caso não vale a pena mudar de banco. Além do da habitação, o único crédito que possuo, que me está a dificultar a vida (mea culpa, claro) é um crédito pessoal no mesmo banco, de €10.000,00 a pagar em 96 meses, com uma prestação de €164,91 mensais, a qual é um pouco elevada para mim, actualmente. Deduzo que a melhor solução neste caso, afim de reduzir a prestação mensal, seria prolongar mais o prazo, certo? Ou haverá outra solução? Obrigado.
        Cumprimentos

  4. boa tarde,gostaria de saber se fazem credito consolidado com o nome em banco de portugal aguardo resposta obrigada
    atenciosamente

    1. Bom dia

      Sim, tem razão. Como qualquer ferramenta financeira, temos de saber as suas potencialidades e também as suas desvantagens para tomarmos as melhores decisões.

      Quais acha que são os casos em que a consolidação de créditos pode ser vantajosa e quais aqueles em que deveriamos recusar?

      Obrigado pelos seus contributos

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.