Finanças pessoais

6 razões porque deve investir na sua educação financeira

Rui Aspas Rui Aspas , 28 Maio 2019

Sabemos que a educação é um dos mais importantes pilares para alcançar o sucesso em diferentes áreas da vida pessoal e profissional. Na vida financeira, saiba porque também deve investir na sua educação.

A educação financeira é ainda tão pouco desenvolvida e vista como algo muito completo para ser aprendido. Porém, apenas com poucos hábitos podemos mudar a nossa vida financeira.

Fazer as melhores escolhas financeiras está ao alcance de todos.

No Doutor Finanças, defendemos a literacia financeira e a importância da poupança no dia-a-dia. As finanças pessoais não devem ser vistas como algo complexo e desinteressante. Dominando a gestão do seu tempo e dinheiro, com a aposta numa educação financeira sólida, vai ajudar a que se consiga dar resposta aos desafios financeiros diários, com que se depara. 

Desde 2008 que a literacia financeira tem estado na agenda dos portugueses, mas infelizmente a educação financeira ainda é uma realidade um pouco difusa e com um grau de implementação baixo quer nas escolas, quer nas empresas.

A literacia financeira é um instrumento de educação muito importante que contribui para a consolidação de conhecimentos e a compreensão dos conceitos financeiros, com impacto na capacidade melhorada de tomar decisões mais informadas e capazes no que toca à gestão do seu dinheiro.

Por ser tão relevante na gestão do orçamento familiar e na construção de uma vida financeira mais saudável, deixamos-lhe 6 razões porque deve investir na sua educação financeira.

6 razões para investir na sua educação financeira

1. Os produtos financeiros e as suas alternativas não param de aumentar.

Com o desenvolvimento financeiro e tecnológico a que temos assistido, é normal que surjam nas esferas das finanças pessoais novos e complexos activos financeiros. A educação financeira fornece-lhe ferramentas valiosas e muito práticas para que possa  acompanhar este constante desenvolvimento, porque só assim se torna possível garantir que as escolhas que faz , são as melhores e as mais adequadas à sua carteira.

2. Para desenvolver ferramentas de poupança.

Quanto mais cedo começar a desenvolver hábitos de poupança, mais recursos económicos vai preservar para acautelar o seu futuro. Esta é uma das principais razões pelas quais deve apostar no reforço da sua educação financeira.

Poupar é de longe o primeiro passo para conseguir construir a sua segurança económica e financeira, dispondo de um fundo de maneio,a que pode recorrer em caso de necessidade. Quanto mais cedo tiver a capacidade de exercitar e trabalhar estes hábitos de poupança, melhor.

3. Através da educação financeira, conseguirá planear um futuro mais sustentável.

Com as poupanças devidamente asseguradas e estabilizadas, deve ponderar colocar o dinheiro a trabalhar para si, investindo o mesmo em produtos e aplicações financeiras, com taxas de rentabilidade atrativas, sempre tendo em consideração o risco associado.

4. Para poder discutir estratégias de gestão de investimentos.

Imagine-se a definir juntamente com o seu gestor de conta ou consultor financeiro, o melhor plano de investimentos para fazer render o seu dinheiro. Isto só é possível se possuir uma base de conhecimentos financeiros muito sólida, tendo como ponto fundamental uma educação financeira na mesma medida. Para além de que não tem de estar sempre dependente do consultor para o apoiar, embora seja numa primeira fase aconselhável. Acredite: vai-lhe ser muito útil.

5. Para ter conforto e estabilidade financeiras.

Ninguém se preocupa mais com as suas finanças pessoais do que você. Daí ser muito importante que todas as decisões sobre o rumo que dá ao seu dinheiro tenha em linha de conta os seus conhecimentos adquiridos na parte da educação financeira. Se tiver uma boa educação financeira, terá a independência necessária para garantir que toma as melhores decisões.

6. É um investimento para a vida.

O investimento na educação financeira é um investimento que fica para a vida, porque lhe vai trazer dividendos com base nos seus conhecimentos, sabendo que todas as suas escolhas tiveram base de ponderação, e foram as mais acertadas. E também com a mais-valia de poder partilhar o seu conhecimento a outras gerações, sendo encarado como um exemplo a seguir.

Estes são os nossos conselhos para adquirir mais educação financeira.

Leia mais artigos sobre o assunto:

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #educação financeira,
  • #literacia financeira

Deixar uma resposta