Literacia financeira

Como posso definir a semanada ou mesada do meu filho? 

Se quer começar a dar uma semanada ou mesada ao seu filho, mas não sabe como definir o valor ou ajudá-lo a gerir, conheça algumas dicas.

Literacia financeira

Como posso definir a semanada ou mesada do meu filho? 

Se quer começar a dar uma semanada ou mesada ao seu filho, mas não sabe como definir o valor ou ajudá-lo a gerir, conheça algumas dicas.

Dar uma semanada ou mesada a um adolescente pode ser uma boa forma de o ensinar a tomar decisões financeiras conscientes. Se, desde novos, compreenderem a importância do dinheiro e aprenderem a geri-lo, à medida que forem crescendo vai sendo também mais fácil dar continuidade aos bons hábitos financeiros.  

Por isso, começar a dar um determinado valor por semana ou mês ao seu filho para que ele controle as despesas, é também uma estratégia para o envolver no orçamento familiar e, ao mesmo tempo, ensiná-lo a gerir o dinheiro.  

Seguem-se alguns passos no sentido de o ajudar a ensinar ao seu filho a importância de uma boa gestão financeira, bem como a explicar os motivos pelos quais lhe vai passar a dar o dinheiro e também como definir o valor. 

Mostre-lhe o orçamento familiar 

Primeiramente, para que o seu filho perceba melhor a dinâmica da gestão financeira que faz em sua casa, explique-lhe o orçamento familiar. Isto é, mostre-lhe as várias despesas mensais fixas que têm e como gere o dinheiro que sobra. 

Se tiver este orçamento num documento Excel ou numa tabela, pode ser mais fácil para explicar-lhe o processo. O objetivo é que o seu filho perceba que, de acordo com os rendimentos mensais que recebe, existe um valor mensal direcionado a, por exemplo, renda, carro, condomínio, propinas escolares, entre outras (que dependem de família para família), e que, com o dinheiro que sobra, é preciso tomar decisões financeiras

Assim, ao informá-lo de que vai passar a receber uma semana ou mesada, ele vai ter uma maior noção da importância desse dinheiro e pode ter mais consciência no momento em que o gastar.  

Explique os objetivos de uma semanada ou mesada 

Semanada ou mesada? Como ajudar os mais novos a gerirem o dinheiro
Ler mais

Depois, explique os objetivos de lhe estar a dar uma semana ou mesada. Gostava que ele tivesse uma maior noção do orçamento familiar? Quer que ele comece a aprender a gerir o seu dinheiro sozinho? Que ele perceba que só é possível ter dinheiro com esforço e trabalho? 

Todos estes motivos são importantes e deve esclarecê-los. Assim, esta é também uma forma de o desafiar a cumprir objetivos. Podem até fazer um jogo e prometer-lhe que, se ele gerir bem o dinheiro nessa semana ou mês, da próxima vez lhe dá um extra para o motivar. 

Enumere onde deve ser gasto o valor 

De seguida, estipule com ele um orçamento mensal com as despesas “fixas” dele e explique-lhe onde deve, e não deve, gastar o dinheiro. 

Se souber onde é necessário que ele gaste o dinheiro, é mais fácil definir o valor que lhe vai dar na semanada ou mesada. Tente que haja sempre um montante de sobra, para que ele aprenda a gerir os gastos não fixos. 

Por exemplo, se o seu filho precisar de dinheiro para as senhas do refeitório na escola, faça as contas com ele de quanto vai precisar nessa semana ou mês. Ou seja, façam contas a tudo o que sejam despesas habituais e verifiquem quanto dinheiro sobra do valor que lhe vai dar. 

Nesse momento, deve então aconselhá-lo sobre onde o dinheiro que sobrou deve, ou não, ser gasto. Dê exemplos dessas situações, nomeadamente, emergências, alguma ocasião especial, prendas de aniversário; ou, no sentido oposto, mostre que não deve gastar em bens materiais desnecessários, trivialidades, refeições mais caras, entre outros. 

Incuta o hábito da poupança 

Após fazer este orçamento com o seu filho, também pode incutir-lhe o hábito da poupança. Isto significa que lhe pode dizer, no caso de haver dinheiro de sobra após as despesas fixas, para pôr esse valor de parte. 

Existem várias formas de o ajudar a amealhar: pode oferecer-lhe um mealheiro, uma caixa, ou até dizer-lhe para colocar o dinheiro debaixo do colchão (dependendo da idade, pode entender esta dica como um jogo, uma diversão). São ideias que o ajudam a ficar com o dinheiro longe da vista, para que não se sinta tentado a utilizá-lo. 

Assim, consegue incutir-lhe a poupança desde novo e existe uma maior probabilidade de que ele leve esse hábito para a sua vida adulta

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #definir semanada/mesada do meu filho,
  • #literacia financeira infantil,
  • #semanada
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

3 comentários em “Como posso definir a semanada ou mesada do meu filho? 
Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.