Literacia financeira

Média mensal da Euribor

Pedro Pais Pedro Pais , 14 Novembro 2007 | 1897 Comentários
A Euribor é um valor referência relativo à média das taxas de juros aplicados nos principais bancos europeus (cerca de 40). Esta é utilizada pelos bancos para calcular a taxa a aplicar ao empréstimo do consumidor.

Nesta página apresentamos-lhe a média mensal da Euribor a 1, 3, 6 e 12 meses (cálculo a 360 dias).

 1 mês3 meses6 meses12 meses
2019/07-0.395%-0.365%-0.347%-0.283%
2019/06-0.385%-0.329%-0.279%-0.190%
2019/05-0.369%-0.312%-0.237%-0.134%
2019/04-0.367%-0.310%-0.231%-0.112%
2019/03-0.367%-0.309%-0.230%-0.109%
2019/02-0.368%-0.308%-0.232%-0.108%
2019/01-0.366%-0.308%-0.236%-0.116%
2018/12-0.367%-0.312%-0.241%-0.129%
2018/11-0.369%-0.316%-0.257%-0.147%
2018/10-0.370%-0.318%-0.264%-0.154%
2018/09-0.371%-0.319%-0.268%-0.166%
2018/08-0.370%-0.319%-0.267%-0.169%
2018/07-0.370%-0.321%-0.269%-0.180%
2018/06-0.370%-0.322%-0.269%-0.181%
2018/05-0.371%-0.325%-0.270%-0.188%
2018/04-0.372%-0.328%-0.270%-0.190%
2018/03-0.371%-0.328%-0.271%-0.191%
2018/02-0.370%-0.329%-0.275%-0.191%
2018/01-0.369%-0.328%-0.274%-0.189%
2017/12-0.369%-0.328%-0.271%-0.190%
2017/11-0.372%-0.329%-0.274%-0.189%
2017/10-0.372%-0.330%-0.274%-0.180%
2017/09-0.372%-0.329%-0.273%-0.168%
2017/08-0.372%-0.329%-0.272%-0.156%
2017/07-0.373%-0.330%-0.273%-0.154%
2017/06-0.373%-0.330%-0.267%-0.149%
2017/05-0.373%-0.329%-0.251%-0.127%
2017/04-0.372%-0.330%-0.246%-0.119%
2017/03-0.372%-0.329%-0.241%-0.110%
2017/02-0.372%-0.329%-0.241%-0.106%
2017/01-0.371%-0.326%-0.236%-0.095%
2016/12-0.370%-0.316%-0.218%-0.080%
2016/11-0.373%-0.313%-0.215%-0.074%
2016/10-0.371%-0.309%-0.207%-0.069%
2016/09-0.371%-0.302%-0.199%-0.057%
2016/08-0.370%-0.298%-0.189%-0.048%
2016/07-0.369%-0.295%-0.188%-0.056%
2016/06-0.356%-0.268%-0.162%-0.028%
2016/05-0.348%-0.257%-0.145%-0.013%
2016/04-0.341%-0.249%-0.138%-0.010%
2016/03-0.308%-0.229%-0.134%-0.012%
2016/02-0.246%-0.184%-0.115%-0.008%
2016/01-0.223%-0.146%-0.061%0.042%
2015/12-0.190%-0.126%-0.040%0.059%
2015/11-0.140%-0.088%-0.015%0.079%
2015/10-0.116%-0.054%0.020%0.128%
2015/09-0.105%-0.037%0.035%0.154%
2015/08-0.088%-0.028%0.044%0.161%
2015/07-0.071%-0.019%0.049%0.167%
2015/06-0.063%-0.014%0.049%0.163%
2015/05-0.050%-0.010%0.057%0.165%
2015/04-0.029%0.005%0.073%0.180%
2015/03-0.010%0.027%0.097%0.212%
2015/020.000%0.048%0.126%0.255%
2015/010.005%0.063%0.152%0.298%
2014/120.023%0.081%0.176%0.329%
2014/110.010%0.081%0.182%0.335%
2014/100.008%0.083%0.184%0.338%
2014/090.018%0.097%0.200%0.362%
2014/080.085%0.192%0.292%0.469%
2014/070.096%0.205%0.305%0.488%
2014/060.153%0.241%0.333%0.513%
2014/050.259%0.325%0.417%0.592%
2014/040.253%0.330%0.430%0.604%
2014/030.232%0.305%0.407%0.577%
2014/020.224%0.288%0.387%0.549%
2014/010.224%0.292%0.396%0.562%
2013/120.214%0.274%0.371%0.543%
2013/110.132%0.223%0.327%0.506%
2013/100.128%0.226%0.342%0.541%
2013/090.128%0.223%0.340%0.543%
2013/080.128%0.226%0.342%0.542%
2013/070.125%0.221%0.336%0.525%
2013/060.121%0.210%0.321%0.507%
2013/050.112%0.201%0.299%0.484%
2013/040.118%0.209%0.324%0.528%
2013/030.118%0.206%0.329%0.545%
2013/020.120%0.223%0.362%0.594%
2013/010.113%0.205%0.344%0.575%
2012/120.111%0.185%0.324%0.549%
2012/110.109%0.192%0.360%0.588%
2012/100.111%0.208%0.412%0.650%
2012/090.119%0.246%0.484%0.740%
2012/080.132%0.332%0.606%0.877%
2012/070.219%0.497%0.779%1.061%
2012/060.380%0.659%0.935%1.219%
2012/050.394%0.685%0.970%1.266%
2012/040.409%0.744%1.040%1.368%
2012/030.467%0.858%1.164%1.499%
2012/020.626%1.048%1.345%1.678%
2012/010.836%1.222%1.505%1.837%
2011/121.143%1.426%1.671%2.008%
2011/111.227%1.485%1.706%2.044%
2011/101.363%1.576%1.776%2.110%
2011/091.347%1.536%1.736%2.067%
2011/081.373%1.552%1.755%2.097%
2011/071.422%1.598%1.818%2.183%
2011/061.279%1.489%1.749%2.144%
2011/051.243%1.425%1.707%2.147%
2011/041.127%1.321%1.621%2.086%
2011/030.903%1.176%1.483%1.924%
2011/020.894%1.087%1.352%1.714%
2011/010.793%1.017%1.254%1.550%
2010/120.811%1.022%1.251%1.526%
2010/110.834%1.042%1.269%1.541%
2010/100.784%0.998%1.224%1.495%
2010/090.618%0.881%1.137%1.420%
2010/080.640%0.896%1.147%1.421%
2010/070.583%0.849%1.104%1.373%
2010/060.446%0.728%1.012%1.281%
2010/050.423%0.687%0.982%1.249%
2010/040.405%0.645%0.955%1.225%
2010/030.406%0.645%0.952%1.215%
2010/020.421%0.662%0.965%1.225%
2010/010.437%0.680%0.977%1.232%
2009/120.479%0.712%0.996%1.242%
2009/110.435%0.716%0.993%1.231%
2009/100.430%0.738%1.017%1.243%
2009/090.455%0.772%1.042%1.261%
2009/080.508%0.860%1.115%1.334%
2009/070.610%0.975%1.213%1.412%
2009/060.913%1.228%1.436%1.610%
2009/050.884%1.282%1.480%1.644%
2009/041.012%1.422%1.608%1.771%
2009/031.269%1.635%1.775%1.909%
2009/021.628%1.943%2.034%2.135%
2009/012.142%2.457%2.539%2.622%
2008/122.993%3.293%3.365%3.452%
2008/113.843%4.238%4.295%4.350%
2008/104.831%5.113%5.178%5.248%
2008/094.660%5.019%5.219%5.384%
2008/084.487%4.965%5.160%5.323%
2008/074.472%4.961%5.148%5.393%
2008/064.472%4.941%5.088%5.361%
2008/054.387%4.857%4.897%4.994%
2008/044.369%4.784%4.795%4.820%
2008/034.305%4.596%4.593%4.590%
2008/024.182%4.362%4.356%4.349%
2008/014.197%4.482%4.501%4.498%
2007/124.711%4.848%4.819%4.793%
2007/114.216%4.639%4.630%4.607%
2007/104.236%4.687%4.663%4.647%
2007/094.434%4.742%4.751%4.725%
2007/084.308%4.544%4.594%4.666%
2007/074.105%4.216%4.359%4.564%
2007/064.098%4.148%4.283%4.505%
2007/053.919%4.071%4.197%4.373%

"Qual a influência que esta taxa tem nas mensalidades do meu crédito habitação?"

Se tiver realizado um crédito habitação cujo a Euribor foi fixada a 6 meses isto significa que a cada 6 meses a sua taxa vai ser revista de acordo com os valores da mesma a 6 meses (poderá visualizar na tabela). Não se esqueça ainda que a este valor será acrescentado o spread.Assim, o conhecimento destes valores é fundamental para o controlo das suas prestações com créditos e das suas finanças pessoais.Esperamos que esta tabela, actualizada mensalmente, o possa ajudar. Qualquer dúvida ou sugestão, contacte-nos
Partilhe este artigo

Deixar uma resposta

1.903 comentários em “Média mensal da Euribor

  1. Médias actualizadas para o mês de Abril.

    Nota para todos
    Eu faço o possível para manter estes dados actualizados e correctos, mas caso os utilizem para algo importante (nomeadamente de carácter profissional) aconselho-os a verificarem as contas por vocês mesmos e, eventualmente, junto de alguma instituição acreditada (e.g., Banco de Portugal).

  2. Marisa Moreira

    Essa é a grande questão que se debate actualmente.
    Se o BCE aumentar a taxa de referência (designada por refirate) irá aumentar ainda mais o custo de vida, dificultando a vida às pessoas e às empresas.

    Provocará ainda o aumento da disparidade entre o euro/dólar, dificultando as exportações dos países da zona euro (os países irão preferir comprar aos países onde a moeda não seja o euro!).

    No entanto, tem-se verificado um aumento da taxa de inflação (derivado da crise do subprime, aumento do preço do petróleo, dos cereais, etc) na zona euro, muito acima dos 2% (percentagem máxima estipulada para a zona euro), prevendo-se o seu aumento durante este ano.

    Um dos instrumentos da política monetária utilizado para controlar o aumento da taxa de inflação ou a sua diminuição é o AUMENTO das taxas de juro!

    Com o aumento da taxa de juro as famílias/empresas terão menos dinheiro disponível, o consumo diminui, provocando deste modo um decréscimo na inflação.

    São estas as duas realidades com que o BCE tem sido confrontado no último ano.
    Desde Junho do ano passado, que tem preferido manter a taxa de juro, nos 4%. Contudo, uma vez que a inflação insiste em aumentar, comenta-se que é mto provável que o BCE venha no próximo verão a ter que aumentar a refirate em detrimento do agravamento da crise económica, exportações…

    Vasco Alves

    Para calcular a Euribor a 360 dias do mês XX basta somar as taxas diárias desse mês e dividir o total pelo n.º de dias desse mês (média aritmética);

    Para calcular a Euribor a 365 dias ao resultado anterior divide-se por 360 e multiplica-se por 365 dias.

    As taxas diárias estão disponíveis no site
    http://clientebancario.bportugal.pt/default.htm

    Espero ter ajudado alguma coisa!

  3. Pedro, está muito atrasado na divulgação das médias do mês de Abril. O que se passa? Não é normal. Estaremos mal habituados? Espero bem que não. Esta informação é fundamental para o meu bom desempenho profissional.

  4. Boa Noite
    Estava à procura de informações relativas à amortização do crédito a habitação, quando, em boa hora encontrei este blog. Aproveito para felicitar o autor do mesmo, o Pedro, pela sua criação, e pela forma diligente e simpática como responde às dúvidas das pessoas.

    Pedi, à cerca de 5 e meio 60 000 eur ao banco, num empréstimo a 30 anos. Crédito Bonificado.

    A taxa de juro que consta no contracto inicial é de 5,125% variável a 6 meses, o spread era de 1,5%

    À algum tempo atrás, pedi a revisão do spread, que passou para 0,9%, a variação passou para 3 meses, quanto à taxa de juro, não sei o valor exacto pois está sempre a mudar.

    A dívida neste momento é de 53 880 eur. A prestação actual é 245 eur.

    Aquilo que eu noto, é que pago cerca de 2/3 de juros e 1/3 de amortização, e que esta tendência, segundo me informaram no banco, apenas mudará daqui a 10 anos.

    Como tenho algum dinheiro disponível, estou a pensar amortizar cerca de 10 ou 15 mil, uma vez que, segundo o exemplo que o Pedro deu, é mais vantajoso amortizar a dívida do que ter o dinheiro a render a prazo.

    O que eu gostaria de saber, é a fórmula que os bancos usam para calcular a prestação nova, para que pudesse comparar as minhas contas com as deles, e ver se coincidiriam minimamente.

    Gostaria de saber, também, quanto pagaria +/- de juros ao fim de 30 anos se nunca amortizasse;
    E quanto pagaria no mesmo período se amortizasse neste momento 15 000 eur.

    Uma última dúvida. A amortização incide apenas sobre o capital em dívida, certo?
    Isto é, 53 880 – 15 000 = 38 880 a nova dívida?

    Bom, não quero ocupar mais o teu tempo…
    Gostaria que quando possível, Pedro, me respondesses a algumas destas dúvidas…

    obrigado pela atenção e até breve…
    Pedro Freitas

  5. Será legal os bancos aplicarem a taxa euribor a 360 dias.ao contrario do que é publicado no site http://www.euribor.org/ embora a pretação seja calculado com 365 dias.

    Gostaria de saber com determinar a taxa euribor a 360, (embora para isso baste consultar o vosso site.)

  6. boa tarde Pedro gostaria que me ajuda se a perceber porque e que continuam a falar na possibilidade das taxas de juro subirem quando ouço comentarios que a subirem as taxas a vida vai ficar ainda mais complicada na Europa devido ao euro estar mais forte que o dolar sera que a taxa ao subir a euribor vai descer? aguardo uma resposta sua obrigado

  7. A minha opinião é de que tem o deposito a prazo com maior tx do mercado.. 6,347% TANB a 3 meses.. Mas n tenho la conta nem conheço ninguem q tenha..

  8. Pedro Pais volto a perguntar a sua opinião sobre o banco espanhol Caja Duero?

    Já agora se os restantes leitores tiverem opinião sobre este banco digam alguma coisa.

    Obrigado