Orçamento Familiar

Orçamento Familiar – Estudo do Cetelem

Conheça o mais recente estudo do Cetelem sobre a literacia financeira e se os portugueses estão a conseguir controlar o seu orçamento familiar.

João Barbosa João Barbosa , 22 Março 2016

No dia 15 de Março celebrou-se o Dia do Consumidor. Sendo celebrado todos os dias com excesso de consumo (basta ver a subida do endividamento das famílias), é também celebrado todos os anos.

Este ano, foi conhecido o mais recente estudo do Cetelem sobre a literacia financeira deixando-se de seguida alguns destaques sobre o estudo.

Orçamento Familiar continua descontrolado

O descontrolo do orçamento familiar é uma realidade, sendo preocupante perceber que a taxa de pessoas que não controla o seu orçamento familiar tem vindo a aumentar.

De facto, o estudo mostra-nos que 26% dos consumidores não controla o seu orçamento familiar, um valor superior aos 20% de 2015. Infelizmente, mais de metade dos consumidores inquiridos diz que o controlo orçamental apenas se faz com a consulta ao seu extrato bancário.

Se falarmos no controlo dos ganhos e das despesas, é preocupante perceber que em 2014 praticamente 100% dos inquiridos dizia fazer esse controlo. Este valor passou agora para 65%, o que revela que as famílias estão muito mais relaxadas.

Confiança gera mais descontrolo

Em tempo de “vacas magras” somos levados a “apertar o cinto”. Usamos de alguma prudência acrescida para garantir que conseguimos fazer face a todas as despesas. Tendo observado um crescimento expressivo no otimismo dos agentes económicos, torna-se instintivo que o controlo fique mais relaxado. Este maior otimismo poderá ser um dos grandes fatores que explicam um menor controlo do orçamento familiar.

Poucos utilizadores de ferramentas de Finanças Pessoais

boonzi

Uma tendência que se mantém prende-se com a reduzida utilização de ferramentas de check-up financeiro. Na Reorganiza recomendamos várias, sendo de destacar as ferramentas de gestão de finanças pessoais disponibilizadas no nosso site bem como o Boonzi, um software de gestão feito por portugueses e que disponibiliza licenças gratuitas (é possível controlar o seu orçamento familiar através de um simples copy/paste do seu homebanking).

Não sendo essencial utilizar ferramentas de gestão de finanças pessoais, tal não significa que não facilite muito o nosso trabalho. De facto, diz-nos a experiência que o descontrolo começa a surgir quanto sentimos uma obrigação de controlar o dinheiro.

Quando temos de realizar tarefas burocráticas para gerir o orçamento familiar e aqui temos, claramente, uma das grandes vantagens das ferramentas de gestão de Finanças Pessoais, como o Boonzi.

Veja aqui como utilizar o Boonzi gratuitamente para gerir o seu orçamento familiar.

O que concluir?

orçamento-familiar-cetelem

A crise financeira é ainda uma realidade e as famílias aparentam já ter ultrapassado a fase mais crítica. É um facto que a realidade económica está ligeiramente menos desafiante, mas também é verdade que os desafios mantêm-se violentos.

Alertamos sempre para a necessidade de vivermos de acordo com as possibilidades do nosso orçamento, sem com isto defendermos que devemos deixar de procurar os nossos sonhos.

Acreditamos que há espaço para tudo, mas para evitarmos ter surpresas devemos assumir uma postura de corte de custos, estar atento a fontes de poupança e usar de alguma prudência no momento de consumir.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #dinheiro,
  • #estudo cetelem,
  • #orçamento familiar,
  • #orçamento familiar cetelem,
  • #orçamento mensal,
  • #orçamento mensal familiar

Deixar uma resposta