Carreira e Negócios

Simulador de Salário Líquido 2020

O simulador de salário líquido 2020 ajuda-o a saber quanto vai receber na conta bancária no final do mês.

Sofia Serrano Sofia Serrano , 14 Janeiro 2020 | 115 Comentários

O Simulador de Salário Líquido 2020 vai permitir-lhe calcular o seu vencimento e saber quanto vai receber, este ano, já com descontos.

Calcule qual será o seu salário líquido, com base nas novas tabelas de retenção na fonte (só disponíveis para o Continente) e compare com o seu rendimento actual.

Dados para a simulação

Agregado familiar
Rendimentos
%
Subsídio Refeição

Resultado da simulação

Sem dados
Insira valores acima para ver os resultados da simulação
Erro de processamento

Rendimento tributável{[{ result.tributavel | currency: '€' }]}
Retribuição extra+{[{ input.extra | currency: '€' }]}
Duodécimos+{[{ result.subsidios | currency: '€' }]}
Subs. de alimentação Subs. de alimentação (parte não tributada)+{[{ result.subsidio_refeicao | currency: '€' }]}
Outros rendimentos não tributáveis+{[{ input.outros_isentos | currency: '€' }]}
Taxa retenção irs (rendimentos){[{ result.taxa * 100 | number: '2' }]}%
Taxa retenção irs (duodécimos){[{ result.taxa_de_duodecimos * 100 | number: '2' }]}%
Retenção irs (rendimentos{[{ result.duodecimos_retencao > 0 ? ' + duodécimos' : '' }]})-{[{ result.retencao| currency: '€' }]}
Retenção retribuição (ret. extra)-{[{ result.retencao_extra| currency: '€' }]}
Contribuição para Segurança Social-{[{ result.seg_social | currency: '€' }]}
Vencimento líquido{[{ result.valor_liquido | currency: '€' }]}
Custo total para a empresa{[{ result.custo_total_empresa | currency: '€' }]}
Tabela de Retenção na fonte: {[{ input.localizacao.descricao }]}
Situação: {[{ input.situacao.descricao }]} - Deficiente
Remuneração MensalNúmero de dependentes
{[{ dep.descricao }]}
até {[{ linha.max | currency : '€' }]} mais de {[{ linha.min | currency : '€' }]} {[{ linha[dep.numero] * 100 | number : '2' }]}%

Garanta o preenchimento correto de todos os campos abaixo para o cálculo correto do seu Salário Líquido 2020.

Esta ferramenta pode ser utilizada por funcionários do sector público e privado e tem em conta a contribuição para a Segurança Social, bem como o pagamento em duodécimos dos subsídios de férias e de Natal.  

O que precisa de saber para simular o Salário Líquido? 

  • Qual o seu salário base
  • Situação matrimonial
  • Número de dependentes; 
  • Como vai receber os seus subsídios de Natal e Férias (por inteiro ou duodécimos e no segundo caso se são os dois subsídio em duodécimos); 
  • Valor subsídio de refeição e como o vai receber (remuneração ou numerário) 

Nota: Não se esqueça de que é importante referir o número de dias recebidos. Se receber uma proposta a tempo parcial e só trabalhar 3 dias por semana, só receberá subsídio de refeição pelos dias trabalhados. 

Fazer as contas ao seu Salário Líquido anualmente é tão fundamental como renegociar os seus créditos, serviços e prestações. Assim esperamos que esta ferramenta o ajude no planeamento das suas finanças pessoais e da sua poupança.

Como calcular o Salário Líquido sozinho?

O Salário Líquido é o montante do seu vencimento bruto que vai receber após as deduções das contribuições e impostos.

Para saber quanto vai ter na sua conta ao final de cada mês, vai ter de calcular a diferença entre o seu salário bruto e os descontos para Segurança Social e de IRS.

Salário líquido = salário bruto - descontos de segurança social - descontos de IRS

Assim, para calcular o seu vencimento líquido sozinho deve saber qual o seu escalão nas tabelas de retenção de IRS 2020, bem como o valor que vai deduzir para a segurança social, que corresponde a 11% do seu vencimento bruto.

O subsídio de refeição é um valor somado ao valor líquido, mas também pode estar sujeito a deduções. Assim, deverá saber qual o valor do mesmo, bem como o meio em que vai receber (cartão ou remuneração).

Outras ferramentas Doutor Finanças:

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)

135 comentários em “Simulador de Salário Líquido 2020

  1. Bom dia, o meu salario bruto é de 1251 , tenho um premio de produtividade no valor de 160 que vem no recibo para além do salario bruto.a minha questão é quanto irei receber de layoff dps de todos os descontos feitos. Bom dia obrigado. Avelino Freitas

    1. Olá, José.

      Esse prémio de produtividade diz respeito a quê? Se for em relação aos rendimentos do ano anterior, por exemplo, acho que faz sentido que lhe continue a ser pago como parte do seu salário “normal”. Se for em relação a vendas feitas no mês passado, por exemplo, e não fez nenhuma no mês passado, então acho que não deve contar com ele.

      Dito isto, e porque não fornece todos os dados necessários para lhe dar uma resposta concreta, recomendo utilizar o simulador disponibilizado pela Segurança Social que se adaptar ao seu caso.

      Depois de apurado o salário bruto, pode usar o simulador de salário líquido para saber o valor dos descontos.

  2. Boa tarde na empresa onde trabalho todos os meses somos forçados a fazer horas extras, de modo a poder simular onde devo colocar o valor das horas extra? Em retribuição extraordinária ou outros rendimentos sujeitos a IRS e SS?

    1. Já dei várias voltas ao simulador e as contas só batem certo com os meus recibos de vencimento se o valor das horas extras for colocado em outros rendimentos sujeitos a IRS e SS e parece que é mesmo isso que estão a fazer…
      Comparando a simulação nos dois campos parece que estou a ser prejudicado, em empresa benificia de alguma forma com este “erro”?

      1. Não me parece que a empresa beneficie de qualquer forma – isso afeta apenas o cálculo da retenção na fonte, ou seja, do valor que a empresa entrega às Finanças a título de adiantamento de IRS.
        Mas se é frequente ter horas de trabalho extraordinário, então talvez até seja melhor ser retido logo um pouco mais para evitar ter imposto a pagar no ano seguinte (obviamente, depende de muitos fatores qual será o seu caso concreto).

        Em qualquer caso, o acerto de contas é feito quando entregar a declaração de IRS no ano seguinte, como de costume – se tiver sido retido mais imposto do que o que era necessário tem direito ao reembolso do que foi retido a mais; se não tiver sido retido suficiente, pagará o que ainda falta nessa altura.

  3. Boa tarde,

    Acabei de verificar o meu recibo de vencimento onde o ordenado base é 700,00€(Decompostos), sendo que 635,00€ + margem livre de 65,00€. A minha questão é relativamente aos descontos efetuados, acabei por receber de vencimento 594,00€.
    Pergunto-me se os descontos estão devidamente feitos… Agradecia uma ajuda a descodificar os descontos que foram aplicados, pq segundo o simulador se estivessem bem feitos seria 623,00€

    Obrigada desde já.

    1. Olá, Joana.

      O que é “margem livre”?
      Não conheço todos os seus dados para saber a simulação que fez, mas a mim o simulador dá-me 594€ (admitindo que essa “margem livre” está sujeita a IRS e SS)

  4. Boa noite o meu marido o mês passado recebeu retroactivos desde Setembro e subsidio de alimentação tudo incluído totalizou cerca de 1300€ como tem uma penhora de vencimento so recebeu 635€, penso que não estará certo?
    Cristina

    1. Olá, Cristina.

      Desde que 635€ represente pelo menos 2/3 do ordenado líquido, conforme estipulado pelo artigo 738º do Código do Processo Civil parece-me tudo bem.

      Não esquecer que quanto maior o montante penhorado, mais depressa a dívida é paga e ele se livra da penhora.

      Havendo dúvidas, recomendo que as discutam com o agente de execução da penhora.

  5. Olá, eu tenho uma proposta de uma empresa nos Estados Unidos para trabalhar remotamente em Portugal. Como funciona em relação as taxas e IRS? Qual o processo nas finanças para legalizar a minha situação? Obrigado

    1. Olá, Miguel.

      Suponho que a empresa não tenha representação em Portugal? Qual o vínculo que teria com essa empresa – um regime de contrato (trabalho por conta de outrem) ou de prestação de serviços (freelancer ou trabalhador independente)?

      Em caso de trabalhador por conta de outrem, à partida a empresa deverá tratar da maior parte das burocracias, pelo menos das fiscais. Não sei bem como funciona a Segurança Social nesse caso.

      Em caso de trabalhador independente, em princípio teria de abrir atividade nas Finanças. Depois, de cada vez que receber montantes pelos serviços prestados, tem de emitir um recibo.
      Se nunca abriu atividade antes, terá direito a 12 meses de isenção na Segurança Social. Ao fim desse tempo deve começar a preencher as declarações trimestrais (caso tenha optado pelo regime simplificado ao abrir atividade – se tiver optado pelo regime de contabilidade organizada, então o seu contabilista saberá o que fazer).
      É também obrigatório para os trabalhadores independentes contratar o seu seguro contra acidentes de trabalho.

      Em muitos países (creio ser o caso dos EUA também) os não residentes têm um regime especial de retenção na fonte. Informe-se com a empresa sobre que impressos deve preencher ou como proceder a esse respeito.

      Ao submeter a sua declaração de IRS deve declarar esses rendimentos no anexo J, uma vez que são obtidos no estrangeiro. Se tiver pago impostos nos Estados Unidos deve declarar os valores pagos, para minimizar a dupla tributação. A esse propósito recomendo ainda dar uma vista de olhos à convenção para eliminar a dupla tributação que tenha sido celebrada entre os dois países, pode encontrar informação relevante.

      Em caso de dúvidas recomendo consultar um contabilista que esteja habituado a lidar com situações de trabalho no estrangeiro, pelo menos durante o primeiro ano ou assim.

  6. Boa tarde, peço a sua ajuda. Ganhando eu 900€, mais 7,50€/dia subsídio de alimentação, trabalhei os primeiros 15 dias de Maio e entrei em lay off, de 16-30. Tendo um dependente com 12 anos e outro com 18, quanto deveria eu receber? Muito obrigado.

  7. Olá ganho 730€ incluído 100€de alimentação quanto recebo a hora ?não faço ainda descontose trabalhei em duas folgas no mês de maio e quatro feriados
    Quanto deveria receber?

    1. Olá, Nzinga.

      O que quer dizer com “não faço descontos”?

      Quanto ao valor que recebe à hora, sem saber quantas horas trabalha não lhe consigo responder. Mas não deve precisar de ajuda para fazer essa conta, espero?

  8. Uma questão, quem estiver em União de Facto, tem os mesmos direitos a nível de descontos no salário, que as pessoas casadas?
    Obrigado

      1. Bom dia,
        Não, apenas queria estar ciente, se ao fazer a simulação aqui nesta calculadora, se teria de escolher Solteiro ou Casado.

        Obrigado

      2. Sim, se está em união de facto (vivem há pelo menos 2 anos na mesma morada fiscal) então pode escolher a opção de casado.

    1. Bom dia poderia informar-me em que campo deve ser colocado o valor das horas extra? Em retribuição extraordinária ou outros sujeito a IRS e SS?
      É que na empresa onde trabalho somos forçados a fazer bastantes horas extra e são tributadas em outros sujeitos a IRS e SS, e a diferença ainda é significativa.

      1. Olá, Mário.

        Deve ser colocado no campo da retribuição extraordinária. De acordo com o nº5 do artigo 99º-C do Código do IRS a remuneração suplementar, apesar de estar na mesma sujeita a retenção na fonte e a descontos para a Segurança Social, é alvo de retenção autónoma e não entra no cálculo do escalão de retenção na fonte a aplicar.

        Para o seu caso concreto, o que lhe interessa é saber se na tabela de retenção na fonte (que é apresentada por baixo do resultado do simulador), está a ser escolhida a taxa que se aplica à totalidade dos seus rendimentos ou ao valor sem entrar em conta com as horas extra.

        Se as horas extra estiverem a ser incorretamente adicionadas ao resto do vencimento para efeito de apuramento da taxa de retenção na fonte, e os serviços de contabilidade da sua empresa não lhe souberem justificar o porquê, recomendo expor o caso à Autoridade para as Condições do Trabalho.