Utilidades

Coworking: sabe o que é?

Neste artigo vamos explicar como funciona o coworking, as vantagens e desvantagens de trabalhar adotando uma modalidade de trabalho em espaço partilhado.

Rui Aspas Rui Aspas , 9 Agosto 2019

O mercado de trabalho mudou nos últimos anos e com ele vieram agregadas novas tendências de desenvolvimento de carreira, surgiram novas formas de trabalhar, difundiram-se novos métodos de execução das tarefas e até se inovou na maneira de apresentar o resultados, não necessitando os colaboradores estarem presentes a tempo inteiro nas empresas, podendo realizar as tarefas em alguns casos no regime de home office.  

Um dos conceitos que tem ganho cada vez mais adeptos é o coworking. Neste artigo vamos dizer o que significa trabalhar neste regime, como o mesmo funciona e quais as vantagens e desvantagens associadas de trabalhar adotando uma modalidade de trabalho em espaço partilhado.  

O que é um coworking?

O coworking trata-se de um ambiente de trabalho que é partilhado por vários profissionais e empresas dos mais diversos setores de atividade.

Este conceito é uma tendência mundial no mercado de trabalho, desde as pequenas empresas até aos empreendedores, startups, trabalhadores em regime remoto e passando pelos freelancers. Raros são os profissionais que não trabalham em regime de coworking.

A verdade é que um dos principais motivos que levam a que estes e outros profissionais escolham desenvolver as suas atividades neste regime, deve-se ao facto de preferirem estes espaços em detrimento de escritórios tradicionais ou mesmo a partir de casa, embora o regime de home office esteja também ele a ganhar mais entusiastas pela flexibilidade e poupança que acarreta.

A estrutura convencional apresentada é a de um escritório normal de trabalho, residindo a principal diferença no facto de ser partilhado por diferentes profissionais que escolheram instalar-se num mesmo espaço ao invés de realizarem o seu trabalho através do regime de home office.

A razão principal que está na origem desta decisão, tem a ver com o facto de muitos destes profissionais não quererem manter-se isolados e assim com a companhia de outros profissionais podem até criar e desenvolver sinergias bastante interessantes em projectos e ideias de negócio conjuntas.

Mesmo apesar dos espaços serem partilhados, cada empresa possui a sua própria estrutura organizacional, de forma totalmente independente, como forma de realizarem reuniões , formações e receber clientes de uma forma privada e totalmente satisfatória.

No entanto, e tal como em todas as áreas e modalidade de trabalho, também o regime de trabalho em modo coworking, apresenta algumas vantagens e desvantagens que vamos enumerar para que, no final, a sua decisão possa ser tomada em consciência e maneira mais informada.

Leia ainda: Truques para potenciar o seu negócio sem gastar muito dinheiro

Que vantagens tem um coworking? 

  • A renda é mais baixa, logo vão existir menos despesas . Esta é sem dúvida uma grande vantagem para quem decide trabalhar num espaço de coworking. O preço da renda é relativamente mais baixo comparativamente com os escritórios tradicionais. Além disso, quantas mais pessoas trabalharem no mesmo espaço, menos vai pagar pelos serviços usufruídos (água, luz, Internet, telefone);
  • Caso trabalhar num espaço de coworking, e em linha com a vantagem enunciada anteriormente, se quiser aumentar a sua equipa a reformulação do espaço físico não será um entrave. Ainda para mais, sabendo que caso o espaço onde se encontre já não consiga responder às suas necessidades, pode sempre mudar para outro sem problemas;
  • Assim que se mudam para um novo escritório, os profissionais pretendem desde logo começar a trabalhar. Os proprietários dos espaços de coworking facilitam a tarefa de quem escolhe esses espaços para desenvolvimento das suas atividades profissionais, tratando de toda a logística associada, inclusive o tradicional espaço de copa;
  • Motivação e Criatividade. Trabalhar de modo totalmente solitário nem sempre é bom para os índices de motivação, e estamos mais sujeitos bloqueios de criatividade. Daí que, ao estar em permanente contacto com outros profissionais, ajuda na concentração e no foco do trabalho a desenvolver. Além do mais, se necessitar de conselhos, especialmente sobre aspectos que não conhece ou domina, num espaço de coworking existe sempre alguém que o pode auxiliar;
  • A rede de contactos. Quem trabalha num ambiente de coworking nunca está sozinho. O que não faltam são oportunidades para fortalecer a rede de contactos, fomentar o networking e trabalhar em outras iniciativas.

Leia ainda: Como uma boa rede de contactos o pode ajudar

E há desvantagens no coworking?

Pela sua natureza, pode haver aspectos que são essenciais para algumas empresa e colaboradores e que um coworking pode não ser a melhor opção. 

  • Privacidade não assegurada. Mesmo com todas as boas condições proporcionadas por estes espaços, vai ser difícil alcançar um regime de privacidade que existe no modo de home office por exemplo. Afinal de contas, trata-se de um espaço partilhado. Alguns destes espaços utilizam separadores de trabalho em vidro ao invés de paredes, como forma de obter o máximo de luz natural possível. A acrescer a isto, a tarefa não será facilitada caso precise de efectuar ou receber telefonemas considerados confidenciais;
  • Concentração em causa. Apesar de todas as iniciativas serem fantásticas, para alguns profissionais o que rodeia o espaço de coworking no seu interior pode ser um sério motivo de distração. Se o espaço onde se encontra for open space, é muito mais provável que seja afectado por estes momentos de ócio. Por isso, pense muito bem antes de optar por uma só secretária, principalmente se o seu trabalho exigir foco e concentração total. Neste caso, um espaço fechado pode ser a melhor opção;
  • Lotação. Os espaços que estão localizados nas zonas centrais das cidades e muito bem situados, tendem normalmente a serem ocupados rapidamente. O ideal aqui, é ter uma mesa já designada para evitar correr muitos riscos. Deve ter este aspeto em conta, na hora de procurar um espaço mais popular e melhor situado.

Em suma

Se necessita de alguma flexibilidade para desenvolver a sua atividade profissional, certamente que a escolha de um espaço de coworking afigura-se como a melhor alternativa à oferta existente.

Ainda assim, é bom salientar que em casos em que a natureza da sua atividade envolva por vezes, informações sigilosas, a privacidade nestas situações não é de todo garantida.

Um espaço de coworking pode ser uma boa solução para a maior parte das empresas que se estão a iniciar e para quem trabalha em regime de freelance, uma vez que os prós superam os contras, uma vez conhecidas as vantagens e desvantagens deste sistema de trabalho, cabe-lhe a si tomar a melhor decisão. 

Leia ainda: Dicas para a gestão de um negócio de freelancer que ajudam a poupar 

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #coworking

Deixar uma resposta