Utilidades

Descubra como poupar no Dia dos Namorados

Telma Gonçalves Telma Gonçalves , 11 Fevereiro 2019

Quem disse que romantismo não é compatível com poupança? Descubra algumas dicas para aproveitar o dia de uma forma económica, mas igualmente romântica.

Embora a comemoração do dia dos namorados acabe por representar uma despesa na vida a dois, há formas criativas de surpreender a sua cara-metade sem gastar fortunas e até mesmo contribuir para aumentar a sua poupança.

Conheça a sua cara-metade 

Um bom princípio para escolher é conhecer bem a sua cara-metade, personalidade e gostos, e também a si próprio. São mais românticos ou preferem ver o lado prático da vida e ter abordagens mais pragmáticas? Estão perto ou longe? Não quer esquecer o dia, mas prefere assinalá-lo de forma mais comedida? Todas as comemorações obedecem a geometrias variáveis consoante os seus protagonistas, ou seja, a comemoração perfeita não é igual para todos, varia em função do tempo, da disponibilidade, da distância, da personalidade e mesmo da fase da relação.

Presente Dia dos Namorados

1. Surpreenda-o(a) com um pequeno-almoço romântico

Se é daqueles que gosta de selar momentos especiais com uma refeição, pode optar por um pequeno-almoço, em casa, preparado por si. É o primeiro repasto do dia e pode também ser o seu segredo mais bem guardado para começar bem este dia.

Não vale a desculpa que não sabe cozinhar. Só precisa de pedir licença à agenda, escolher o cardápio, ler uns blogues e dedicar-se à tarefa. Ainda assim, embora corra o risco de custar mais à sua carteira, pode escolhê-lo já pronto e pedir para entregar em casa.

Se estiver disponível para gastar um pouco mais e se sentir à vontade na cozinha, ou se simplesmente optar pelo típico jantar, pode optar por produtos gourmet e procurar receitas com a assinatura de chefs. Cabe-lhe a si executar as receitas que eles lhe sugerem e sentir-se um verdadeiro chef.

2. Tenha uma playlist à altura

Poderá completar a surpresa com uma playlist personalizada com as vossas músicas favoritas para ouvir enquanto degustam a refeição. Mais uma sugestão que não pesa na sua carteira. E que bom que vai ser recordar tempos passados!

3. Faça você mesmo um presente handmade

Se prefere assinalar a data com um miminho especial e quer fugir aos centros comerciais, aos corações vermelhos e às frases feitas, mas sem que isso lhe custe os olhos da cara, pode optar pelo DIY (do it yourself ou faça você mesmo) e oferecer alguma coisa à sua medida e feita por si.

Aqui só precisa de imaginação e tempo para conseguir um presente original e low cost. Puxe pela sua imaginação e pelos seus talentos. Só terá que investir nos materiais que vai utilizar. 

4. Ofereça experiências

Oferecer uma experiência pode ser algo a considerar, pois há para todas as carteiras. Desde caminhadas, passeios urbanos, escapadinhas, spa ou mesmo a partilha de uma fatia de bolo num jardim perto de si, desde que seja a dois.

Se preferir algo mais sofisticado como uma sessão fotográfica, um passeio de barco ou um salto de para-quedas, talvez já não vá a tempo de desfrutar destas experiências a preços convidativos. Deve para o ano, lembrar-se de reservar a sua experiência com a devida antecedência.

No entanto, se lhe está a passar pela cabeça os websites de ofertas com descontos e promoções em estadias e experiências turísticas, tenha presente que, normalmente, em dias especiais e com muita procura, como os dias dos namorados, podem não estar disponíveis.

5. Procure hobbies ou eventos para partilhar a dois

Uma boa maneira de poupar é, por exemplo, explorar um hobby que partilhem como a fotografia, a jardinagem ou a cozinha ou fazer um workshop a dois de algo que queiram experimentar ou aprofundar. Algumas dessas iniciativas podem ser mesmo gratuitas.

Poderá também pensar e procurar outros eventos gratuitos perto de si como concertos, exposições, espetáculos de dança ou teatro, aulas de dança ou de yoga, passeios culturais, participar em maratonas ou outras iniciativas desportivas. Para usufruir de um tempo bem passado e sem gastar dinheiro, nada melhor que se informar sobre as atividades culturais da sua cidade.

7. Aproveite os saldos e os descontos

Se é daquelas pessoas que não dá muita importância a datas especiais, mas, o seu cônjuge gostaria que o dia fosse comemorado a rigor, lembre-se que pode aproveitar a época de saldos.

Outra estratégia para conseguir poupar no dia dos namorados é procurar artigos em saldo e, é tanto mais eficaz quanto a antecedência com que planear as suas compras e se decida pelo presente que vai oferecer. Assim, corre menos risco de o seu presente ideal ter acabado. Assim poupa, acerta na mouche e não deixa o dia passar em branco.

Se não chegou a tempo, pode aproveitar as promoções/descontos que algumas lojas ou marcas fazem neste dia. E a escolha é variada: desde roupa a artigos de decoração. Pode também optar por livros, artigos de desporto, gadgets mais peculiares.

8. Vença o consumismo e invista na poupança

Ser namorado também é sinónimo de ser parceiro. A última dica que pode transformar este dia num verdadeiro must está também em fazer planos a dois e planear o futuro. 

Se é do género mais pragmático e quer ofertar algo que gere retorno financeiro a médio e longo prazo, poderá escolher oferecer um seguro de vida ou de saúde. Se quiser ser ainda mais original, pode apostar num produto de poupança que ofereça, simultaneamente, um retorno financeiro – juro – e um benefício social, ou seja, produtos financeiros com impacto social. Estes investimentos estão disponíveis em plataformas de investimento alternativo como a portuguesa Go Parity em que os investidores só têm que registar-se, escolher em que querem investir e decidir o respetivo montante a aplicar. Os investimentos disponíveis têm associados causas sociais e/ou ambientais, gerando, simultaneamente, o devido retorno financeiro para os seus financiadores e um impacto positivo para a sociedade.

A sua cara-metade ficará feliz por poder, com a sua ajuda, apoiar uma causa social com a qual se identifica, ao mesmo tempo que poupa. É original e ainda lhe proporciona um retorno financeiro.

Produtos financeiros para casais

Vale (quase) tudo menos deixar o romantismo de lado 

Sim, é possível não deixar de lado o romantismo sem perder a cabeça. Há muitas outras coisas que não custam dinheiro, apenas precisam de tempo e uma boa dose de imaginação para se tornarem no complemento perfeito das ideias que lhe apresentámos: um bilhete, uma carta, uma mensagem eletrónica cai sempre bem neste dia. Se gosta de escrever pode inspirar-se em alguns dos clássicos cinematográficos e preparar uma caixa de memórias ou guardar mensagens dentro de garrafas de vidro, ao estilo do best seller «As Palavras que Nunca te Direi». É uma forma romântica de reutilizar materiais e ser mais ecológico. Neste caso, não lance as garrafas ao mar e entregue-as em mão ao respetivo destinatário!

Leia ainda: Como poupar em programas a dois

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #dia de são valentim;,
  • #dia dos namorados;,
  • #dicas de poupança

Deixar uma resposta