Utilidades

Saiba os cuidados a ter na praia ou na piscina

Com a chagada do bom tempo, deve estar alerta e precaver-se, para evitar problemas futuros. Saiba neste artigo os principais cuidados a ter durante o verão.

Luisa Barreira Luisa Barreira , 5 Agosto 2019

Com a chegada do tempo quente, vêm as tão desejadas férias. E férias significa, para a maior parte de nós, sol, praia, mar, piscina e calor. No entanto, nunca se deve esquecer que seja na praia ou na piscina, que vai estar exposto ao sol e, por isso, deve estar alerta e precaver-se, para evitar problemas futuros. 

No que toca à saúde não podemos abrir mão de algumas regras. Existem cuidados obrigatórios que deve ter sempre presentes. Portanto, para além da diversão, leve consigo, nestas férias, alguns conselhos e cuidados básicos e indispensáveis a ter com a sua saúde e da sua família, que lhe são apresentados neste artigo. 

O sol

É um ótimo aliado da nossa saúde, principalmente no que respeita ao aumento da absorção de vitamina D, mas se não soubermos proteger-nos dele, também pode ser um inimigo.

Existem dois tipos de raios ultravioleta que podem danificar a pele: UVA e UVB. Os raios UVA são responsáveis pelo bronzeado (produção de melanina), manchas e rugas na pele e os raios UVB pela vermelhidão, para além de aumentar o risco de cancro de pele.  

Estar ao sol de forma saudável implica uma exposição responsável, utilizando sempre protetor solar de espectro amplo e que proteja dos dois tipos de radiação, e mesmo com protetor, evitar a exposição direta entre a 11h e as 16h, período em que a radiação é mais intensa e perigosa. Neste intervalo vista uma t-shirt, resguarde-se debaixo do guarda sol ou ausente-se da praia, principalmente se estiver com crianças. 

As consequências de uma exposição exagerada e desregrada, são muito graves e podem só aparecer muitos anos depois.  

Tenha em conta que, mesmo quando parece que está pouco sol ou está encoberto, é pior, pois muitas das vezes facilitamos e não colocamos protetor, mas continua a estar muito calor, sobretudo quando acompanhado de vento. O vento, sendo quente, também queima a pele, deixando por vezes queimaduras mais graves que o próprio sol. 

Outro conselho a ter em conta é: não adormecer na praia exposto ao sol!

Protetor solar

O protetor solar deve ser utilizado sempre, quer por adultos ou crianças, pois funciona como barreira protetora da nossa pele, contra os raios UV. 

O fator de proteção deve ser adequado ao seu tipo e cor de pele, mas o ideal é usar sempre um fator de proteção elevado ( mínimo fator 30 no corpo e 50 no rosto), e se falarmos de crianças ou idosos utilizar um protetor com fator de proteção 50+ ou superior. 

O tipo de protetor também varia em função da faixa etária (principalmente no que diz respeito às crianças), isto é, crianças entre os 6 meses e 2 anos devem utilizar um protetor Mineral, composto por filtros físicos (dióxido de titânio ou óxido de zinco), por minimizar o risco de reações alérgicas e ser o indicado para peles sensíveis. Deve aconselhar-se na sua farmácia ou parafarmácia, quanto ao tipo de protetor mais adequado para si e para toda a família. 

Para além do protetor solar corporal, é aconselhado ter um específico para o rosto, com elevada proteção. 

A primeira aplicação de protector solar deve ser feita, aproximadamente, meia hora antes da exposição ao sol e repetida regularmente, de hora a hora, ou cada vez que sai da água ou ainda se transpirar em demasia. E não se esqueça de aplicar protetor em zonas que habitualmente ficam esquecidas, como: o peito dos pés, as costas das mãos, as orelhas, o nariz, os lábios e a área em redor dos olhos.

Outro aspeto muito importante: mesmo se as suas crianças estiverem à sombra, nunca descure a aplicação de protetor, pois os raios UV são refletidos, nomeadamente pela areia, e isso é o suficiente para provocar queimaduras! 

Roupa e acessórios

O importante é usar roupa leve, confortável e protetora, de preferência de algodão. Deve proteger os seus braços, pernas, peito e costas. 

De igual modo, as crianças devem vestir uma t-shirt de algodão, preferencialmente branca, um calção ou fato de banho. É importante que a roupa se mantenha seca, pois caso contrário perde as propriedades de proteção contra os raios UV.  E, mesmo com roupa, deve ser aplicado protetor nas partes do corpo expostas ao sol.

Em relação aos acessórios, neste caso, eles são bem mais que isso, chapéu e óculos de sol são itens fundamentais. Em relação ao chapéu, não deve ser boné, deve ter abas grandes, por forma a proteger não só a cabeça mas também as orelhas, cara e pescoço. 

O mesmo acontece com os óculos de sol. São essenciais, pois sendo os olhos muito sensíveis e recebendo também eles radiação, tem de ter cuidados redobrados, inclusive nas crianças.

Saiba que, tal como os óculos de sol, também existe roupa e chapéus com fator de proteção. O fabrico destas roupas teve origem na Austrália e são confecionadas com tecidos “inteligentes”, feitas de uma malha mais espessa e que bloqueiam entre 93 a 97,5% da radiação UV, dependendo do fator de proteção, que varia entre 15 e 50 FPS.  

Atenção ao mar e aos banhos

Quando o calor é muito, um banho de mar ou piscina pode ser reconfortante sendo por vezes a melhor opção para combater o calor. Mas a água, tal como o sol, pode representar alguns perigos e é necessário que esteja atento e tenha em consideração os seguintes pressupostos: 

  • Escolha praias vigiadas e esteja sempre atento à bandeira, respeitando sempre as regras. Sempre que possível recomendamos praias de bandeira azul;
  • O mar pode ser um inimigo. Mesmo parecendo calmo e sem perigos, pode ter correntes ou remoinhos, que não são visíveis. Em caso de dúvida fale com o nadador salvador;
  • Evite entrar na água repentinamente se ela estiver muito fria. O choque térmico pode ser fatal, provocando paragem de digestão, desmaios ou até mesmo, paragem cardíaca;
  • Tenha sempre em atenção as horas a que a sua família termina a refeição e respeite o intervalo para a digestão, que é entre 2 horas e meia a 3 horas, quer seja uma refeição leve ou mais pesada;
  • Ensine aos seus filhos o significado das bandeiras existentes na praia e a respeitar o nadador salvador e todas as regras de conduta, quer nas praias quer nas piscinas. 

Alimentação e hidratação

A hidratação é algo fundamental diariamente, mas no verão este hábito deve ser mais frequente. Com o calor o nosso corpo perde mais água que o habitual, através da transpiração, por isso é essencial repor os níveis de hidrataçãoao longo do dia!  

Deve privilegiar a ingestão de frutas (principalmente frutas que contenham muita água, como melancia), legumes e sumos naturais, para além da água. 

Um aspeto muito importante é o transporte e conservação dos alimentos que leva para a praia: adquira uma geleira e placas de refrigeração(que deve guardar no congelador com a devida antecedência), para que a temperatura se mantenha baixa. A geleira deve ser colocada à sombra e tapada com uma toalha clara. 

Se fez algum tipo de cirurgia ou tratamento, nomeadamente oncológico, deve aconselhar-se com o seu médico quanto ao risco ou não da exposição solar, de forma a minimizar alergias ou marcas na pele, que podem tornar-se definitivas se não respeitar os cuidados médicos. 

E depois do sol? 

Deve aplicar sempre um creme hidratante, para que a pele possa restabelecer as suas propriedades. Deve observar com atenção a sua pele e a da sua família, de modo a verificar o aparecimento ou alteração em algum sinal ou cicatriz

Em caso de queimadura, deve aplicar compressas de água fria sobre a pele queimada, de modo a diminuir a temperatura dessa zona, ausentar-se da exposição ao sol por dois dias ou mais, hidratar a pele com um creme adequado, evitar tomar banho de água quente, beber muitos líquidos e caso a queimadura seja grave ou não tiver sinal de melhoria, consulte um médico! Não se esqueça que pode haver perigo de insolação

Em síntese, se quiser ter umas férias tranquilas e sem incidentes de maior no que toca ao sol, tenha em conta todos estes cuidados referidos e acima de tudo dê o exemplo aos mais novos da família, pois se for cuidadoso e aplicar estas regras, as crianças vão imitá-lo. 

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #cuidados a ter no verão

Deixar uma resposta