A reforma do IRS 2015 veio trazer um novo método de cálculo para o limite global das deduções à colecta, o valor que após calculado o imposto se pode deduzir, essencialmente com base nas despesas suportadas.

Para os contribuintes com rendimento colectável (i.e., depois aplicação das regras do IRS) até € 7.000, após aplicação do quociente familiar, não existe limite. Os contribuintes cujo referido rendimento se situa entre os € 7.000 e os € 80.000, têm um limite entre € 2.500 e € 1.000. Para os que têm rendimento superior a € 80.000, o limite é de € 1.000.  As famílias com mais de 2 dependentes dispõem ainda de uma majoração aos mencionados limites, de 5% por dependente.

De modo a conhecer o limite das deduções à colecta no seu caso particular, abaixo apresentamos o respectivo simulador.

O simulador é válido para contribuintes que só auferem rendimentos de trabalho dependente ou independente, neste último caso apenas se optarem pelas regras da categoria A.

Simulador de limite global das deduções à colecta