Utilidades

Simulador IRS 2017

Simulador de IRS para rendimentos de 2017, gentilmente desenvolvido e disponibilizado pelo Francisco Mesquita.

Pedro Pais Pedro Pais , 5 Julho 2017 | 122 Comentários

O Simulador IRS 2017 é disponibilizado pelo Francisco Mesquita, que desde há vários anos tem partilhado com a comunidade uma ferramenta extremamente útil, gerada através do seu esforço pessoal e que temos grande prazer em publicar.

O simulador permite calcular de forma prática o valor de IRS a receber/pagar, para os contribuintes que tenham rendimentos das categorias A (trabalho dependente), B (trabalho independente), E (capitais), F (prediais), G (incrementos patrimoniais) e H (pensões), contemplando ainda rendimentos obtidos no estrangeiro, sem esquecer que incorpora as diferentes regras aplicáveis a contribuintes do Continente, da Madeira, dos Açores ou no Estrangeiro.

Esperamos que o Simulador IRS 2017 lhe seja bastante útil. Os agradecimentos devem ser dirigidos especialmente para o Francisco.

Como sempre, caso tenha alguma dúvida ou detecte algum lapso ou inexactidão, agradeço que nos informe, através de comentário ou envio de e-mail para o endereço indicado no topo superior direito do Simulador.

Partilhe este artigo

Deixar uma resposta

123 comentários em “Simulador IRS 2017

  1. Boa tarde,

    Agradecia o seguinte esclarecimento, uma vez que quero enviar o IRS e estou pendente com a seguinte dúvida.

    A minha mãe faleceu em Agosto de 2016 e em 2017 foi vendido um imóvel que fazia parte da relação de bens. O meu pai tem 50% mais 1/3 e o meu irmão e eu temos direito a 1/3 cada.

    O valor de aquisição: 130.000€
    Venda: 233 000€

    Dúvida – no IRS do meu pai o valor de aquisição a introduzir será de 130 000€ ou o valor correspondente à sua % ou seja 50% + 16,67%= 86 666,67 e no valor da venda seguiria o mesmo raciocínio, isto é 50%+16,67% =155 333,33?
    No respeitante à parte respeitante ao meu irmão e a mim seria 16,67% =21 666,67 e no valor da venda 16,67% = 38 833,33?

    Caso não seja este o raciocínio correcto, será possível dar-me uma ajuda, em quais os valores e percentagens a preencher no anexo G.

    Obrigada.

    Cumprimentos,
    Maria

    1. Boa tarde Maria Rodrigues,
      Agradecemos o seu comentário.
      Existe diversa informação que é necessária para podermos emitir o nosso parecer (como por exemplo, o ano de aquisição, se é HPP, etc…), no entanto e para que possa rapidamente esclarecer o tema que tem, propomos que contacte a linha de apoio da Autoridade Tributária (217 206 707) que tem informação informática do vosso processe e pode prestar-vos a informação de imediato.
      Obrigada.

  2. Boa tarde.

    Tencionam fazer um simulador que contemple o Anexo L?

    O portal das finanças não permite efetuar a simulação nestes casos, não sendo possível aferir em que situações o regime fiscal de Residente Não Habitual se torna vantajoso…

    Muito obrigado

    1. Olá Fernando, eu também possuo dúvidas em que situações o regime fiscal de Residente Não Habitual se torna vantajoso. Você conseguiu obter algum simulador para apurar se há vantagem ou não?

      Muito obrigada,
      Gabriela

  3. Boa noite. Alguém me pode fazer a simulação do meu irs por favor?? tenho uma amiga contabilista que me fez a simulação no site das finanças e diz que está com dúvidas qt ao irs, porque dá 600 euros para pagar…..então é o seguinte solteira, sem dependentes, rendimento bruto de 8567 euros, seDespesas gerais familiares 2.638,40 €
    Dedução correspondente à despesa 250,00 €
    Saúde e seguros de saúde 365,20 €
    Dedução correspondente à despesa 54,78 €
    Educação e formação 41,28 €
    Dedução correspondente à despesa 12,38 €
    Encargos com imóveis 0,00 €
    Dedução correspondente à despesa 0,00 €
    Encargos com lares 0,00 €
    Dedução correspondente à despesa 0,00 €
    Exigência de Fatura 98,70 €
    Dedução correspondente à despesa 14,80 €

    Alguém pode por favor verificar se está correcto??

    Obrigada

    1. Boa tarde Sofia Ribeiro,
      Agradecemos a sua mensagem.
      Estando os dados correctamente inseridos, a simulação do site das Finanças é oficial e é a que tem validade. Pela informação que nos envia, não conseguimos apurar nenhum dado errado.
      Obrigada.

  4. Olá, o simulador das finanças não coloca a venda de ações com mais valias no rendimento global, o que acaba por dar uma diferença considerável no vosso simulador do Francisco Mesquita vs o simulador oficial das Finanças. Em ambos os simuladores coloquei os mesmos valores em termos de rendimentos. Alguém consegue esclarecer?

  5. Boa tarde, eu fiz compra e venda de acções Portuguesas e Estrangeiras, tive de preencher o Anexo G e o Anexo J, quando vou simular diz que não consegue fazer a simulação para anexo estrangeiro. Como faço?. Obrigado

    1. Filipe,
      Por razões que desconheço, o simulador sempre teve limitações quando há rendimentos no Anexo J (já constatei o mesmo problema em anos anteriores). O que faço é meter sempre tudo no Anexo G, em termos práticos é a mesma coisa porque os valores são os mesmos e a taxa de imposto também, ou seja não há diferença no imposto a pagar pelo facto de se passar tudo para o G. Nunca tive problemas com as finanças acerca disto, mas se algum dia tiver argumentarei que embora as acções sejam estrangeiras eu estou em Portugal e portanto o rendimento foi obtido cá.

  6. Boa tarde,

    Vendi uma casa habitação própria e permanente, em finais de 2017, sendo que a vendi por 91500€, (valor da compra foi 79900€ em 2010, sendo que tinha 50% cota parte, em conjunto com os outros 50% da minha futura esposa),

    Com o dinheiro da venda, liquidei o credito da habitação no valor de 68500€, e vou reinvestir o restante dinheiro na compra de uma nova casa em 2018. O que acontece é que o valor do rendimento global, na simulação, aumentou quase 1500€, porquê? é normal?

    Obrigado

  7. Boa tarde
    Vendi uma casa em 2017 como houve o óbito de meu marido preenchi duas linhas uma com 50% outra 25% valores de aquisição e venda .

    Também preenchi o valor a reinvestir pois trata se de habitação própria e permanente, para compra de uma igualmente de HPP.

    A simulação não considera que vai haver reinvestimento e faz a tributação.

    É normal?

    Muito obrigada

    M.Jose

    1. Está-se a referir ao simulador das finanças? ou ao do Francisco Mesquita?

      O seu caso é um caso especial, e se preencher mal os anexos, dá os resultados mal.
      Incluiu os rendimentos só no Titular A e preencheu o anexo A corretamente?
      Porque é que só incluiu 50+25 e não os 100% ? Há muitas varáveis que podem estar mal, Amortizou ao banco alguma dívida que possa existir? Se amortizou não há reinvestimento… só vendo o caso e todas as varáveis posso dar uma opinião mais concreta.

      cps