Finanças pessoais

Diogo Luís: O que deve ter em conta antes de investir

O consultor financeiro admite que existem três pontos fundamentais a definir antes de investir: o risco que se quer assumir, o horizonte temporal e o grau de liquidez que se pretende.

No último episódio do Conversas sem Preço, Rui Bairrada, CEO do Doutor Finanças, esteve à conversa com Diogo Luís, ex-futebolista e consultor financeiro. Um dos temas abordados foi o investimento.

O consultor financeiro admite que existem três pontos fundamentais a definir antes de investir: o risco que se quer assumir, o horizonte temporal e o grau de liquidez que se pretende.

Diogo Luís deixa ainda o conselho: “Quando as pessoas não têm conhecimentos, devem procurar produtos mais diversificados”. 

Quando se investe “é importante definir as expectativas”

Quanto aos investimentos em si, Diogo Luís salienta a importância da vertente percentual. O consultor financeira afirma que há a perceção de que "quanto menos dinheiro eu tenho, mais difícil é fazer dinheiro".

Dando o exemplo de alguém que investe 1000 euros e ganha 100 euros e parecer "pouco dinheiro", Diogo Luís aponta "para alguém ganhar 10%, tem que ter um investimento fantástico e com um risco muito elevado."

Assim, acredita ser fundamental definir as expectativas. Além disso, "deve definir-se uma estratégia de investimento, independentemente do montante que se tem”, recomenda.

Veja ou reveja o episódio na íntegra aqui: Conversas sem Preço com Diogo Luís

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #conversas sem preço,
  • #diogo luís,
  • #investimento
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)