Utilidades

Calculadora de salário líquido 2018

Calcule o seu salário líquido para 2018, tendo em conta as retenções de IRS, Segurança Social e pagamento em duodécimos dos subsídios.

Pedro Pais Pedro Pais , 6 Janeiro 2018 | 115 Comentários

Atualizámos esta ferramenta. Utilize a Calculadora de Salário líquido 2019 e calcule o seu salário com maior exatidão. Clique aqui. 

A calculadora do salário líquido para 2018 pode ser utilizada por funcionários do sector público ou do privado e tem em conta as retenções de IRS, contribuição para a Segurança Social e pagamento em duodécimos dos subsídios de Férias e de Natal (de um ou dos dois).

Para cálculo da pensão líquida, utilize a calculadora da pensão líquida 2018.

Calculadora de Salário Líquido 2018

Resultados

 RegularDuodécimos (%)Total
Valor Bruto
Valor sujeito a IRS e Seg. Social
Taxa de IRS 
Retenção de IRS
Segurança Social
ADSE
Remuneração Líquida

Esperamos que lhe seja útil. Como sempre, caso tenha alguma dificuldade ou encontre algum problema, por favor deixe um comentário.

Partilhe este artigo

Deixar uma resposta

123 comentários em “Calculadora de salário líquido 2018

  1. Bom dia, trabalho como cozinheiro e minha carga horária é 40 horas semanais com direito a 2 folhas, quero saber como calcular os domingos trabalhados.

  2. Boa noite eu trabalho no restaurante e o meu horário é das 17h ate a 1h da manhã e eu gostaria de saber se tenho direito ou não ao subsídio noturno?? Por favor se alguém puder me ajudar

    1. Olá, Jorge.

      O Código do Trabalho define como trabalho noturno:

      Artigo 223.º Noção de trabalho nocturno

      1 – Considera-se trabalho nocturno o prestado num período que tenha a duração mínima de sete horas e máxima de onze horas, compreendendo o intervalo entre as 0 e as 5 horas.
      2 – O período de trabalho nocturno pode ser determinado por instrumento de regulamentação colectiva de trabalho, com observância do disposto no número anterior, considerando-se como tal, na falta daquela determinação, o compreendido entre as 22 horas de um dia e as 7 horas do dia seguinte.

      Deve confirmar qual o acordo coletivo de trabalho a que está sujeito (dado que trabalha na área da restauração, o mais provável é que esteja abrangido por algum) e o que diz o mesmo a esse respeito.

  3. Boa tarde.
    Tendo eu um vencimento base de 1200 euro, no sector privado.
    Qual seria o valor de ajuda de custo diária máximo, e por quantos dias/mês seria legal?

    Obrigado

    1. Olá, Carlos.

      Não há propriamente um máximo. A empresa pode pagar-lhe aquilo que entender. Há, no entanto, um valor a partir do qual as ajudas de custo ficam sujeitas a IRS e a descontos para a Segurança Social (eis um bom artigo sobre o assunto)

      Quanto ao número de dias também não há um limite. Se forem ajudas de custo por deslocação, por exemplo, e o trabalhador estiver o mês todo fora, faz sentido que lhe sejam pagas ajudas de custo todos os dias…