Utilidades

Calculadora Salário Líquido 2019

Sofia Serrano Sofia Serrano , 4 Fevereiro 2019 | 109 Comentários

A Calculadora de Salário Líquido 2019 permite-lhe calcular o seu vencimento e saber quanto recebeu, já com descontos.

Se trabalha em Portugal Continental e pretende calcular o seu vencimento já atualizado para este ano, utilize o Simulador de Salário Líquido 2020.

Dados para a simulação

Agregado familiar
Rendimentos
%
Subsídio Refeição

Resultado da simulação

Sem dados
Insira valores acima para ver os resultados da simulação
Erro de processamento

Rendimento tributável{[{ result.tributavel | currency: '€' }]}
Retribuição extra+{[{ input.extra | currency: '€' }]}
Duodécimos+{[{ result.subsidios | currency: '€' }]}
Subs. de alimentação Subs. de alimentação (parte não tributada)+{[{ result.subsidio_refeicao | currency: '€' }]}
Outros rendimentos não tributáveis+{[{ input.outros_isentos | currency: '€' }]}
Taxa retenção irs (rendimentos){[{ result.taxa * 100 | number: '2' }]}%
Taxa retenção irs (duodécimos){[{ result.taxa_de_duodecimos * 100 | number: '2' }]}%
Retenção irs (rendimentos{[{ result.duodecimos_retencao > 0 ? ' + duodécimos' : '' }]})-{[{ result.retencao| currency: '€' }]}
Retenção retribuição (ret. extra)-{[{ result.retencao_extra| currency: '€' }]}
Contribuição para Segurança Social-{[{ result.seg_social | currency: '€' }]}
Vencimento líquido{[{ result.valor_liquido | currency: '€' }]}
Custo total para a empresa{[{ result.custo_total_empresa | currency: '€' }]}
Tabela de Retenção na fonte: {[{ input.localizacao.descricao }]}
Situação: {[{ input.situacao.descricao }]} - Deficiente
Remuneração MensalNúmero de dependentes
{[{ dep.descricao }]}
até {[{ linha.max | currency : '€' }]} mais de {[{ linha.min | currency : '€' }]} {[{ linha[dep.numero] * 100 | number : '2' }]}%

Garanta o preenchimento correto todos os campos abaixo para o cálculo correto do seu Salário Líquido 2019.

Esta ferramenta tem já em conta as tabelas de retenção de 2019 (disponíveis ao fazer a simulação), pode ser utilizada por funcionários do sector público e privado e tem em conta a contribuição para a segurança social, bem como o pagamento em duodécimos dos subsídios de férias de Natal.  

O que precisa de saber para calcular o Salário Líquido? 

  • Qual o seu salário base
  • Situação matrimonial
  • Número de dependentes; 
  • Como vai receber os seus subsídios de Natal e Férias (por inteiro ou duodécimos e no segundo caso se são os dois subsídio em duodécimos); 
  • Valor subsídio de refeição e como o vai receber (remuneração ou numerário) 

Nota: Não se esqueça que é importante referir o número de dias recebidos. Se tiver uma proposta a tempo parcial e só trabalhar 3 dias por semana, só receberá subsídio de refeição pelos dias trabalhados. 

Fazer as contas ao seu Salário Líquido anualmente é tão fundamental como renegociar os seus créditos, serviços e prestações. Assim esperamos que esta ferramenta ajuda no planeamento das suas finanças pessoais e da sua poupança.

Outras ferramentas Doutor Finanças:

Partilhe este artigo

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)

124 comentários em “Calculadora Salário Líquido 2019

    1. Olá, Sérgio.

      À partida esse valor entra no campo “Vencimento Base”.

      Quanto a percentagens, terá de ver o que diz o seu contrato de trabalho, não conheço um valor obrigatório…

  1. Olá boa tarde,
    Porque o valor de IRS sobre o rendimento após ser aplicada a taxa de retenção aparece arredondado?
    EXEMPLO:
    750,00€ * 7% (solteira, 0 dependentes, RAM) = 52,50€ – na calculadora aparece 52€.
    Se no recibo de vencimento o valor não for exacto, é feito o ajuste na declaração de IRS pelo Estado?

    Visto que as taxas de retenção 2020 ainda não foram publicadas na Madeira, a taxa a ser utilizada no processamento de janeiro de 2020 será a taxa de 2019?

    Obrigada,

    1. Olá, Cláudia.

      Esse facto decorre da aplicação do nº1 do artigo 99º-E.

      Este tipo de arredondamentos não é muito relevante, dado que o acerto de contas é sempre feito com a entrega da declaração de IRS. Aliás, nem podia ser de outra forma – a retenção na fonte é calculada aplicando uma taxa sobre a totalidade dos rendimentos; enquanto que o verdadeiro cálculo do IRS é feito de forma progressiva aplicando até 7 taxas diferentes em vários escalões sobre a globalidade dos rendimentos – dificilmente os dois valores iriam coincidir…