Descubra os PPR mais rentáveis

Metade dos planos de reforma disponíveis aos aforradores rendeu menos de 1,5% em 2020, mas alguns conseguiram 5 vezes esse desempenho. Conheça-os.

Os portugueses continuam a injetar muito dinheiro nos planos de poupança-reforma (PPR). As últimas estatísticas mostram que os PPR absorvem cerca de 25 mil milhões de euros da poupança dos aforradores.

Nem todos os PPR têm sido, no entanto, uma boa solução. Um quarto dos produtos em comercialização renderam menos do que a inflação nos últimos cinco anos. Isso quer dizer que os investidores desses PPR conseguem comprar menos coisas agora com o dinheiro investido do que conseguiam há cinco anos com o montante subscrito.

O Leve Uni PPR, que já não está em comercialização, é apenas um exemplo: rendeu 1,77% por ano nos seus primeiros 14 anos, que terminaram no passado mês de abril; excluindo eventuais deduções à coleta, os subscritores teriam ganho mais se tivessem preferido Certificados de Aforro. No início de 2021, o Leve Uni PPR tinha 5,8 mil milhões de euros. Era o maior PPR do mercado.

Leia ainda: Nem sempre os PPR pagam menos IRS

Quais os PPR que mais renderam?

Em 2020, metade dos PPR em comercialização conseguiram render mais de 1,5%. Entre os 113 PPR disponíveis aos aforradores, apenas 5 conseguiram ganhar mais de 7%.

PlanoRentabilidade 2020
Vida PPR Ações Life Path 20508,61%
Vida PPR Ações Life Path 20408,19%
Bankinter 75 PPR/OICVM — B7,91%
Caixa Arrojado PPR/OICVM7,77%
Vida PPR Ações Life Path 20307,32%
Bankinter 75 PPR/OICVM — A7,01%

Excluindo o Caixa Arrojado PPR/OICVM, todos os produtos anteriores são geridos no grupo Bankinter.

A rentabilidade isolada de um ano não é suficiente para aferir a capacidade de administração de valores das entidades responsáveis pela gestão dos PPR. É aconselhável uma análise quinquenal ou mais vasta dos desempenhos. Conheça os PPR em comercialização que mais renderam nos 5 anos entre 2016 e 2020.

PlanoRentabilidade anualizada 2016-2020
Alves Ribeiro PPR/OICVM6,09%
NB PPR/OICVM5,26%
Vida PPR Ações Life Path 20303,89%
Lusitania Poupança Reforma PPR (71D5)3,77%
Plano Poupança Reforma — PSN3,65%
Bankinter 75 PPR/OICVM — A3,52%

O Alves Ribeiro PPR/OICVM e o NB PPR/OICVM não só foram (de longe) os mais rentáveis nos últimos cinco anos, como alcançaram os desempenhos mais elevados nos últimos sete anos entre os PPR atualmente em comercialização no sistema financeiro português.

O Alves Ribeiro PPR/OICVM, distribuído exclusivamente pelo Banco Invest, ganhou 6,96% por ano entre 2014 e 2020. O NB PPR/OICVM, disponível no ActivoBank, no Banco Best, no Banco Invest e no Novo Banco, rendeu 6,07% por ano nesses 7 anos.

Leia ainda: PPR e os benefícios fiscais

Quais os PPR garantidos que mais renderam?

Muitos aforradores não têm estômago para investir em produtos que não garantem o capital investido, como o Alves Ribeiro PPR/OICVM e o NB PPR/OICVM. A opção por soluções muito conservadoras resulta normalmente em retornos mais baixos no longo prazo.

Há, no entanto, PPR de capital garantido, como os descritos em baixo, com rentabilidades históricas mais interessantes.

PlanoRentabilidade anualizada 2016-2020
Lusitania Poupança Reforma PPR (71D5)3,77%
Plano Poupança Reforma — PSN3,65%
PPR Vintage2,71%
Generali PPR + Seguro (Prémios Periódicos)2,60%
Generali PPR + Seguro (Prémios Únicos)2,60%

Antes de investir, analise, além das rentabilidades históricas, o nível de risco e os encargos dos produtos. Algumas sociedades gestoras cobram comissões elevadas nos PPR.

Ao contrário do PPR da mutualista PSN, que não tem encargos na subscrição e no reembolso, o Lusitania Poupança Reforma PPR cobra até 2% na subscrição e 1% no reembolso.

Há outra coisa que os aforradores mais conservadores devem procurar nos PPR: um rendimento garantido elevado. Nesse campo, os PPR da PSN e da Lusitania são imbatíveis: garantem um rendimento de 2% e 1,5%, respetivamente, em 2021.

Nota: Este texto pretende mostrar quais os PPR que mais retorno geraram aos seus subscritores. Esta análise não é, nem deve ser entendida como um conselho para investir neste ou naquele produto.

Leia ainda: Diogo Luís: “É importante analisar a carteira do PPR”

Editor do boletim tlim, uma publicação eletrónica de finanças pessoais. Ex-jornalista. Colaborou durante 20 anos com mais de uma dúzia de publicações, do Expresso à Seleções do Reader's Digest. Não gosta de Economia. Está a escrever o seu terceiro livro sobre investimentos. Eterno aprendiz.

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)

2 comentários em “Descubra os PPR mais rentáveis