Emprego

Estagflação: O que é e como pode afetar a sua vida?

Sabe o que significa estagflação ou como pode ter impacto na sua vida? Conheça os fatores que conduzem a este quadro económico.

Emprego

Estagflação: O que é e como pode afetar a sua vida?

Sabe o que significa estagflação ou como pode ter impacto na sua vida? Conheça os fatores que conduzem a este quadro económico.

Com a incerteza geopolítica que se vive atualmente, a crise petrolífera e a subida dos preços da energia, devido à guerra da Rússia com a Ucrânia, os especialistas consideram que podemos estar prestes a deparar-nos com um contexto de estagflação. Ou seja, um período económico atípico num país ou bloco de países, que pode impactar os orçamentos das famílias.

Mas o que significa estagflação e de que forma nos pode afetar? Procuramos explicá-lo, neste artigo.

O que significa o conceito de estagflação? 

O conceito de estagflação representa um período económico num país ou bloco, como a União Europeia, marcado por uma crise económica com altas taxas de desemprego e de inflação

Este é um cenário apontado à Europa devido à inflação decorrente do aumento do custo do petróleo, dos problemas nas cadeias de abastecimento e dos preços cada vez mais altos na energia. Estas são consequências da incerteza geopolítica que se vive devido à invasão da Rússia na Ucrânia

Ou seja, este aumento sucessivo de preços não está a acompanhar uma evolução económica. Pelo contrário. Enquanto a inflação cresce, a economia estagna.  

No entanto, neste momento, os especialistas não prevêem ainda uma recessão económica europeia, mas sim uma desaceleração, uma vez que os PIB (Produtos Internos Brutos) dos países europeus estão ainda a recuperar da crise consequente da pandemia da Covid-19. 

Leia ainda: Que impacto tem o aumento da inflação no nosso dia a dia?

Qual a origem deste conceito? 

O conceito de estagflação surgiu na década de 1970, com o aumento dos custos da produção de petróleo após os produtores proclamarem um embargo devido à guerra do Yom Kippur (ataque do Egito e Síria a Israel, em 1973).  

Depois, o bruto aumento dos custos de produção de petróleo levou a um “choque”, que se deu simultaneamente com o aumento da inflação e a recessão económica

Foi a primeira vez na história que se assistiu a um cenário semelhante: uma economia a desacelerar, o desemprego a aumentar e a pouca procura do consumidor, que diminuiu os preços dos produtos. 

O que esperar caso nos deparemos com a estagflação? 

Inflação e estagflação: causas e consequências
Ler mais

Devido às consequências atuais dos fatores referidos acima, as previsões dos especialistas apontam para que Portugal e a Europa (podendo extravasar o espaço europeu) entrem brevemente em estagflação, atendendo à subida de preços e inflação alta, crescimento económico reduzido e taxas de desemprego altas. 

Analisando as várias vertentes que compõem um período de estagflação, para percebermos o impacto que pode ter, compreendemos, desde logo, que a inflação está num patamar que não se registava há décadas.  

Nos Estados Unidos da América (EUA), a inflação atingiu os 7,87%, enquanto na Europa já atingiu uma média de 7,5%. Em março, mais de 60% de investidores americanos começaram a prever que a economia dos EUA vai, efetivamente, deparar-se com este período de estagflação. Além disso, ainda nos EUA, investidores profissionais preveem uma recessão económica brevemente, com um mercado em baixa e mais de 50% acredita que a taxa de inflação seja permanente. 

Por outro lado, o crescimento económico tem sido positivo pois tem havido um retorno à normalidade, o que dinamiza o aumento do consumo. Porém, o que se questiona é o desempenho económico futuro e as revisões do crescimento, devido à invasão da Rússia à Ucrânia. E, caso a inflação se torne permanente e consistente pode mesmo obrigar os bancos centrais a subir as taxas de juro. Se isto se verificar, pode ter consequências negativas no crescimento económico

Já o aumento do desemprego é o fator que mais se afasta do contexto atual, para compor um cenário de estagflação. No entanto, como é previsto que o crescimento económico abrande, maiores taxas de desemprego podem vir a ser observadas. O mercado de trabalho pode vir a ser impactado, se assistirmos a uma recessão económica com uma inflação elevada. E, aí, torna-se também real o cenário da estagflação. 

Se este conceito se verificar, o combate natural, especialmente contra a inflação, passa pela subida das taxas de juro. O que pode, contudo, no caso de Portugal, retirar estímulo à economia e aumentar significativamente os juros da dívida pública.

Leia também: 2022: ”Inflação pode ditar correção dos preços das casas”

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.