Empresas

Novo apoio ao gasóleo profissional: Governo concede 17 cêntimos por litro

Se tem uma empresa de transporte de mercadorias ou gere uma frota automóvel, conheça as medidas do Governo que visam o gasóleo profissional.

Empresas

Novo apoio ao gasóleo profissional: Governo concede 17 cêntimos por litro

Se tem uma empresa de transporte de mercadorias ou gere uma frota automóvel, conheça as medidas do Governo que visam o gasóleo profissional.

Se é dono de uma empresa de transporte de mercadorias ou se tem uma frota para gerir, os custos em combustível são, certamente, uma preocupação no seu dia a dia. Face ao contexto atual, o Governo acaba de criar um novo apoio ao gasóleo profissional.

Em que consiste este novo apoio ao gasóleo profissional?

Em primeiro lugar, este apoio vem substituir o atual regime do gasóleo profissional. Por conseguinte, tem a duração de dois meses e é de 17 cêntimos por litro, conforme anunciou a ministra da Presidência.

Leia ainda: Como se calcula o preço dos combustíveis

A quem se destina?

Este apoio ao gasóleo profissional destina-se às empresas de transportes de mercadorias. Segundo o Governo, terá um custo previsto de 18,5 milhões de euros.

Leia ainda: Não pode largar o carro? Dicas para poupar no combustível

Novo apoio ao gasóleo profissional: qual o contexto atual?

Na realidade, os aumentos nos combustíveis afetam todos os portugueses, mas principalmente quem faz dos transportes a sua vida profissional.

Nesse sentido, as operadoras de transportes são as que mais sentem este impacto dos preços nas suas estruturas de custos, com claras consequências para o consumidor final. Assim, o Governo aprovou este apoio no sentido de mitigar os efeitos adversos do aumento dos combustíveis neste setor.

Isto é, mediante certas condições, o Governo vai apoiar as empresas de transporte de mercadorias por conta de outrem. Conforme já referido, este apoio financeiro tem a duração de dois meses, ou seja, julho e agosto.

Importa ainda recordar que o reembolso direto do gasóleo profissional nas gasolineiras tem sido reivindicado pelas empresas dos transportes de mercadorias, depois de no final do ano passado o Governo ter aumentado de 35 mil para 40 mil o limite anual de litros elegíveis para a devolução integral do Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) no gasóleo profissional.

A ANTRAM, por seu turno, recebeu com agrado esta medida do Governo. Segundo o porta-voz da associação, com este apoio de 17 cêntimos por litro, na prática, o governo está a devolver um benefício que há uns meses acabou por ficar reduzido. Isto porque, com a redução do Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos, estes transportadores deixaram de poder fazer deduções de 17 cêntimos por litro.

Leia ainda: como se calcula o preço dos combustíveis?

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.