Finanças pessoais

É possível contratar apenas serviço de internet?

Os pacotes de telecomunicações têm por norma serviços de televisão, internet e telefone. Mas posso subscrever apenas o serviço de internet?

Rui Aspas Rui Aspas , 18 Junho 2020

Os pacotes de telecomunicações são cada vez mais completos embora em alguns casos, os consumidores apenas dêem preferência a possuir só o serviço de internet. 

Há quem não veja necessidade de contratar um pacote de serviços completo, quando o único elemento que precisa é unicamente o serviço de internet. 

Existem no mercado opções disponíveis que possibilitam contratar serviço de internet, sem a obrigatoriedade de agregar um pacote de TV e telemóvel ou telefone fixo. 

No entanto, o que certos dados demonstram é que no geral fica mais barato subscrever um pacote completo do que limitar. Por isso, na hora de tomar uma decisão, é recomendável comparar as vantagens e desvantagens de ambas as hipóteses. 

Que opções existem?

Olhando para uma oferta generalizada, notamos que um serviço de Internet com velocidade de 20megas pode custar acima dos 20€ mensais. Se estivermos a olhar para 100 megas, o valor já pode ultrapassar os 30€ mensais.

Cada serviço pode ter períodos de fidelização associados, podendo ser de 6 ou de 12 meses. Contudo, se diminuir o período de fidelização, aumenta o valor mensal a pagar pelo serviço.

Por exemplo, se contratar um serviço de 12 meses, a mensalidade pode variar entre os 30€ e 45€. Se desejar não ter fidelização no pagamento das mensalidades, os montantes podem começar nos 30€, mas chegar a valores acima dos 80€ mensais. Lembre-se também de ver nas propostas se tem de pagar o serviço de ativação, o que vai certamente encarecer a proposta e o valor a pagar.

Se quiser poupar dinheiro mensalmente, veja se a operadora faz um desconto de valor com inclusão de fatura electrónica (em vez de enviar por correio) ou com opção de débito direto.

Leia ainda: Será que não está a pagar mais do que precisa com as suas telecomunicações?

Pesquise e compare 

Antes de adquirir ou subscrever qualquer serviço, é sempre importante que faça uma pesquisa e comparação rigorosa das ofertas e possibilidades existentes. Deve adequar a proposta ao orçamento familiar que dispõe, ajustando também o pacote às suas reais necessidades. Para que não pague mais porque aquilo que realmente utiliza.

No caso de querer apenas serviço de internet, veja se os valores são realmente menores do que ter um pacote com TV e telefone também associados. Por vezes, a poupança é pouca e pode valer a pena por mais uns euros ter os serviços todos. Contudo, se realmente não faz parte dos seus planos ter outros serviços, negoceie com a operadora para pagar apenas o valor do serviço que utiliza.

Seja qual for a solução escolhida, o importante é registar sempre os prós e os contras das opções atualmente existentes. 

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)