IRS

IRS Jovem alargado em 2023: Quanto posso poupar?

Se tem até 30 anos, em 2023 pode vir a estar abrangido pelo IRS Jovem. Leia as mudanças previstas para este benefício no próximo ano.

IRS

IRS Jovem alargado em 2023: Quanto posso poupar?

Se tem até 30 anos, em 2023 pode vir a estar abrangido pelo IRS Jovem. Leia as mudanças previstas para este benefício no próximo ano.

Uma das novidades do Orçamento do Estado para 2023 diz respeito ao IRS Jovem, com o objetivo de reforçar este benefício fiscal para os jovens. Além do reforço, por via do aumento da parcela de rendimento isenta de imposto, também a idade limite que permite esta isenção parcial de IRS será estendida até aos 30 anos, no caso de doutorados.

Vejamos neste artigo o que muda no IRS Jovem em 2023 e a diferença na carga fiscal face ao modelo em vigor, através de simulações. 

Escalões de IRS atualizados em 5,1% 

Em primeiro lugar, relativamente aos escalões de IRS, o Orçamento do Estado para 2023 prevê uma atualização dos patamares de rendimento coletável de 5,1%.

Este valor vai ao encontro da proposta do Governo para a atualização dos salários no setor privado, incluída no Acordo de Médio Prazo de Melhoria dos Rendimentos, dos Salários e da Competitividade, celebrado entre o Governo e os parceiros sociais. 

Esta atualização pretende garantir a neutralidade fiscal das atualizações salariais, para que os aumentos não levem ao pagamento de mais impostos. 

Leia ainda: IRS: O que muda no próximo ano

IRS Jovem reforçado e idade limite alargada 

O Orçamento do Estado para o próximo ano prevê um reforço do apoio associado ao IRS Jovem, aumentando a parcela de rendimento isenta de imposto durante os cinco anos em que a medida pode ser aplicada. 

Assim, todos os trabalhadores que correspondam aos critérios para serem abrangidos pelo IRS Jovem vão poder beneficiar de uma isenção de IRS sobre 50% do seu rendimento no primeiro ano; 40% no segundo ano; 30% no terceiro e quarto anos e 20% no quinto ano

Os limites serão de 12,5 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais (IAS), 10 vezes o valor do IAS, 7,5 vezes o valor do IAS e cinco vezes o valor do IAS, respetivamente.

Com o modelo atualmente em vigor, a isenção do IRS Jovem funciona da seguinte forma: 30% nos dois primeiros anos, 20% nos dois anos seguintes e 10% no último e quinto ano. Sendo que os limites correspondem a 7,5 vezes o valor do IAS na isenção de 30%, 7,5 vezes o valor do IAS na isenção de 20% e 2,5 vezes o valor do IAS na isenção de 10%. 

Este modelo atual foi alvo de várias alterações no Orçamento do Estado para 2022, sendo que acabou por ser definido com a atribuição automática, passou a abranger os rendimentos de trabalho independente e passou dos três anos inicialmente previstos para os cinco anos

Além do reforço no IRS Jovem para 2023, também a idade limite que dá direito a esta isenção parcial de IRS foi agora estendida. Passa a ser alargada até aos 30 anos de idade, caso o ciclo de estudos corresponda ao nível 8 do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ), ou seja, ao doutoramento.  

IRS Jovem em 2023: Qual a diferença na prática? 

Para os jovens que beneficiam do IRS Jovem, as alterações introduzidas pelo Governo no Orçamento do Estado para 2023 podem traduzir-se num grande desconto no imposto a pagar.

Assumindo um aumento salarial de 5,1% no próximo ano, é possível verificar, por exemplo, que, no caso de um indivíduo não casado que aufira, este ano, 1.200 euros por mês, o IRS a pagar cai para menos de metade. Se esse mesmo indivíduo auferir 1.000 euros, deixa mesmo de pagar IRS.

Na tabela em baixo, com simulações da Ilya, é possível ver o que muda, para diferentes faixas de rendimento, no caso de um indivíduo não casado, cuja salário seja atualizado de acordo com a proposta do Governo, inscrita no Acordo de Médio Prazo de Melhoria dos Rendimentos, dos Salários e da Competitividade.

Rendimento mensal

IRS ANO 1

IRS ANO 2

IRS ANO 3

IRS ANO 4

IRS ANO 5

2022

2023

2022

2023

2022

2023

2022

2023

2022

2023

2022

2023

800€

840,80€

-

-

-

-

-

-

-

-

     128,76€

-

900€

945,90€

-

-

-

-

-

-

-

-

     938,56€

     100,15€

1.000€


1.051,00€

      565,75€

-

     565,75€

-

  1.099,90€

     231,63€

  1.099,90€

     231,63€

  1.260,56€

     946,23€

1.100€

1.156,10€

  1.280,84€

-

  1.280,84€

     462,94€

  1.441,50€

  1.184,93€

  1.441,50€

  1.184,93€

  1.602,16€

  1.497,79€

1.200€

1.261,20€

  1.651,84€

      731,13€

  1.651,84€

  1.495,99€

  1.812,50€

  1.714,20€

  1.812,50€

  1.714,20€

  1.973,16€

  1.887,71€

1.300€

1.366,30€

  2.022,84€

  1.757,10€

  2.022,84€

  1.930,61€

  2.183,50€

  2.104,12€

  2.183,50€

  2.104,12€

  2.344,16€

  2.277,63€

1.400€

1.471,40€

  2.399,44€

  2.157,09€

  2.399,44€

  2.330,60€

  2.560,10€

  2.504,11€

  2.560,10€

  2.504,11€

  2.720,76€

  2.677,62€

1.500€

1.576,50€

  2.798,44€

  2.576,44€

  2.798,44€

  2.749,95€

  2.959,10€

  2.923,46€

  2.959,10€

  2.923,46€

  3.119,76€

  3.096,97€

1.600€

1.681,60€

  3.197,44€

  2.995,79€

  3.197,44€

  3.169,30€

  3.358,10€

  3.342,81€

  3.358,10€

  3.342,81€

  3.518,76€

  3.516,32€

1.700€

1.786,70€

  3.596,44€

  3.428,78€

  3.596,44€

  3.602,29€

  3.757,10€

  3.775,80€

  3.757,10€

  3.775,80€

  3.917,76€

  3.949,31€

1.800€

1.891,80€

  4.086,44€

  3.943,77€

  4.086,44€

  4.117,28€

  4.247,10€

  4.290,79€

  4.247,10€

  4.290,79€

  4.407,76€

  4.464,30€

1.900€

1.996,90€

  4.576,44€

  4.458,76€

  4.576,44€

  4.632,27€

  4.737,10€

  4.805,78€

  4.737,10€

  4.805,78€

  4.897,76€

  4.979,29€

2.000€

2.102,00€

  5.066,44€

  4.973,75€

  5.066,44€

  5.147,26€

  5.227,10€

  5.320,77€

  5.227,10€

  5.320,77€

  5.387,76€

  5.494,28€

O Orçamento do Estado para 2023 será debatido no parlamento a 26 e 27 de outubro, sendo que a votação final global está marcada para 25 de novembro. 

Leia também: Crédito habitação: Famílias podem ter “alívio” mensal no IRS em 2023

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.