Carreira e Negócios

Simulador de Salário Líquido 2020

O simulador de salário líquido 2020 ajuda-o a saber quanto vai receber na conta bancária no final do mês.

Sofia Serrano Sofia Serrano | 121 Comentários

O Simulador de Salário Líquido 2020 vai permitir-lhe calcular o seu vencimento e saber quanto vai receber, este ano, já com descontos.

Calcule qual será o seu salário líquido, com base nas novas tabelas de retenção na fonte (só disponíveis para o Continente) e compare com o seu rendimento actual.

Dados para a simulação

Agregado familiar
Rendimentos
%
Subsídio Refeição

Resultado da simulação

Sem dados
Insira valores acima para ver os resultados da simulação
Erro de processamento

Rendimento tributável {[{ result.tributavel | currency: '€' }]}
Retribuição extra +{[{ input.extra | currency: '€' }]}
Duodécimos +{[{ result.subsidios | currency: '€' }]}
Subs. de alimentação Subs. de alimentação (parte não tributada) +{[{ result.subsidio_refeicao | currency: '€' }]}
Outros rendimentos não tributáveis +{[{ input.outros_isentos | currency: '€' }]}
Taxa retenção irs (rendimentos) {[{ result.taxa * 100 | number: '2' }]}%
Taxa retenção irs (duodécimos) {[{ result.taxa_de_duodecimos * 100 | number: '2' }]}%
Retenção irs (rendimentos{[{ result.duodecimos_retencao > 0 ? ' + duodécimos' : '' }]}) -{[{ result.retencao| currency: '€' }]}
Retenção retribuição (ret. extra) -{[{ result.retencao_extra| currency: '€' }]}
Contribuição para Segurança Social -{[{ result.seg_social | currency: '€' }]}
Vencimento líquido {[{ result.valor_liquido | currency: '€' }]}
Custo total para a empresa {[{ result.custo_total_empresa | currency: '€' }]}
Tabela de Retenção na fonte: {[{ input.localizacao.descricao }]}
Situação: {[{ input.situacao.descricao }]} - Deficiente
Remuneração Mensal Número de dependentes
{[{ dep.descricao }]}
até {[{ linha.max | currency : '€' }]} mais de {[{ linha.min | currency : '€' }]} {[{ linha[dep.numero] * 100 | number : '2' }]}%

Garanta o preenchimento correto de todos os campos abaixo para o cálculo correto do seu Salário Líquido 2020.

Esta ferramenta pode ser utilizada por funcionários do sector público e privado e tem em conta a contribuição para a Segurança Social, bem como o pagamento em duodécimos dos subsídios de férias e de Natal.  

O que precisa de saber para simular o Salário Líquido? 

  • Qual o seu salário base
  • Situação matrimonial
  • Número de dependentes; 
  • Como vai receber os seus subsídios de Natal e Férias (por inteiro ou duodécimos e no segundo caso se são os dois subsídio em duodécimos); 
  • Valor subsídio de refeição e como o vai receber (remuneração ou numerário) 

Nota: Não se esqueça de que é importante referir o número de dias recebidos. Se receber uma proposta a tempo parcial e só trabalhar 3 dias por semana, só receberá subsídio de refeição pelos dias trabalhados. 

Fazer as contas ao seu Salário Líquido anualmente é tão fundamental como renegociar os seus créditos, serviços e prestações. Assim esperamos que esta ferramenta o ajude no planeamento das suas finanças pessoais e da sua poupança.

Como calcular o Salário Líquido sozinho?

O Salário Líquido é o montante do seu vencimento bruto que vai receber após as deduções das contribuições e impostos.

Para saber quanto vai ter na sua conta ao final de cada mês, vai ter de calcular a diferença entre o seu salário bruto e os descontos para Segurança Social e de IRS.

Salário líquido = salário bruto - descontos de segurança social - descontos de IRS

Assim, para calcular o seu vencimento líquido sozinho deve saber qual o seu escalão nas tabelas de retenção de IRS 2020, bem como o valor que vai deduzir para a segurança social, que corresponde a 11% do seu vencimento bruto.

O subsídio de refeição é um valor somado ao valor líquido, mas também pode estar sujeito a deduções. Assim, deverá saber qual o valor do mesmo, bem como o meio em que vai receber (cartão ou remuneração).

Outras ferramentas Doutor Finanças:

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)

141 comentários em “Simulador de Salário Líquido 2020

  1. Acho que os valores acima referidos não estão correctos no meu caso, Sou professor na função pública com mais de 40 anos de serviço e 63 de idade e 6 meses, e ao introduzir os meus dados no simulador estatal, diz que me falta 2 anos e 2 meses para me reformar. Nesta data com penalizações tenho direito a 1.750 € ( diz ter uma penalização de 30,5 % ) e no término do tempo serviço total e idade ( Novembro de 2022 ) dá 2.540 €, o meu vencimento bruto é de 3,370 €. A questão é saber se os valores do simulador estatal são líquidos ou ilíquidos. Cordiais cumprimentos

    1. Olá, Reinaldo.

      Não percebi bem a sua questão. Parece-me estar a referir-se a uma simulação de reforma. No entanto, esta página tem um simulador para o salário líquido (isto é, a quanto o seu salário está sujeito de retenção da fonte para efeitos de IRS e de contribuição para a Segurança Social). É que nem vejo como é que poderia querer comparar estes resultados…

  2. Boa noite.
    Estou neste momento em layoff parcial a fazer 10 horas semanais. O meu salário base era de 635€ + 4,58€/dia subs. refeição + 30€ subs Caixa.. o vencimento por hora é de 3,66€. Precisava de ajuda para saber quanto terei de receber de ordenado.
    Obrigado.

    1. Olá, Eduardo.

      Essas 10h semanais são repartidas de que forma? Há algum dia em que trabalhe pelo menos 5h? Em princípio o subsídio de alimentação apenas seria devido nesses dias.

      Admitindo que trabalha apenas 2h ou 3h / dia, então diria que apenas o seu salário base entra para as contas. Não sei a que diz respeito o subsídio de Caixa, talvez se aplique também (ou não).

      Admitindo que apenas entra o salário base, e como este já é igual ao salário mínimo, então esse seria o valor a receber (dado que não pode receber menos do que o salário mínimo, mesmo em layoff). A esse valor há que descontar os 11% de contribuição para a Segurança Social.

      Recomendo consultar os recursos humanos da sua empresa para esclarecimentos adicionais.