Bem-estar

7 dicas que o vão ajudar a poupar no ar condicionado em sua casa

O ar condicionado em sua casa faz disparar a sua conta da luz? Conheça algumas dicas que vão ajudar a poupar na climatização de sua casa.

Bem-estar

7 dicas que o vão ajudar a poupar no ar condicionado em sua casa

O ar condicionado em sua casa faz disparar a sua conta da luz? Conheça algumas dicas que vão ajudar a poupar na climatização de sua casa.

Com as temperaturas cada vez mais inconstantes, são muitos os portugueses que têm investido num sistema de ar condicionado para as suas casas. Tanto no inverno como no verão, o ar condicionado permite ter sempre uma temperatura ideal no seu lar, sem que para isso tenha que recorrer a outros aparelhos e soluções. No entanto, a maioria das pessoas está consciente que a utilização regular deste sistema pode fazer disparar a conta da eletricidade num abrir e piscar de olhos. Mas sabia que existem algumas dicas que o podem ajudar a poupar no ar condicionado?

Embora não existam soluções milagrosas para não notar a utilização do ar condicionado na conta da luz, existem várias dicas que contribuem para a redução do consumo de energia deste sistema, sejam estas de forma direta ou indireta.

Ler mais: Como poupar na fatura da luz e no aquecimento

1 - A compra certa pode ser um sinónimo de poupança

A escolha de um eletrodoméstico com base na eficiência energética é muito importante, pois o impacto da mesma nas faturas mensais de eletricidade e água é muito significativo. Por isso, se ainda está a pensar comprar um sistema de ar condicionado para a sua casa ou pretende substituir o que já possui, tenha este fator em consideração. Embora o investimento tenha que ser mais elevado, visto que os eletrodomésticos mais eficientes são mais caros, na maioria das vezes vai conseguir poupar a médio/longo prazo.

Uma boa solução é questionar o vendedor sobre as melhores opções em termos de preço e gasto médio de cada equipamento.

Caso tenha possibilidades financeiras para tal, na hora de comparar os modelos de ar condicionado peça informações sobre a Tecnologia Inverter. Isto porque esta tecnologia consegue controlar a rotação do compressor de acordo com a necessidade de refrigeração para manter o ambiente da sua casa numa boa temperatura. Com este controlo deixa de haver um pico de energia no momento de partida do compressor, o que permite poupar bastante no consumo de energia relativo ao seu ar condicionado. Segundo alguns dados divulgados por especialistas, a economia do consumo energético pode chegar a 30% e 40%.

2 - É muito difícil poupar se não fizer uma boa e regular manutenção

Tal com a maioria dos eletrodomésticos e aparelhos, uma boa manutenção realizada de forma regular tem um impacto significativo em termos de poupança. Dito isto, se pretende poupar no ar condicionado de sua casa deve estar mais atento à sua manutenção e necessidade de limpeza. Por exemplo, o filtro do ar condicionado deve ser limpo aproximadamente duas vezes por mês. Ao fazer esta limpeza regular do filtro está a assegurar que o seu ar condicionado funciona sem desperdícios e sem qualquer esforço adicional. Não se esqueça de verificar se as saídas do ar condicionado não se encontram obstruídas.

Já em termos de uma manutenção mais especializada, onde podem ser detetadas fugas ou deficiências de funcionamento, é aconselhável que uma vez por ano veja se está tudo a funcionar corretamente. Caso necessite de ajuda profissional não se esqueça de pedir vários orçamentos e ver avaliações de empresas especializadas.

3 - Cuidado onde coloca a unidade exterior do seu ar condicionado

Muitas pessoas desconhecem que a colocação da unidade exterior do ar condicionado afeta o desempenho energético do mesmo. Por isso, é importante que se certifique que a unidade interior e a unidade exterior não estão muito longe uma da outra. Se conseguir encurtar a distância que tem atualmente, o seu sistema de ar condicionado vai passar a funcionar de forma mais eficaz.

Sempre que houver possibilidade, tente que a unidade exterior fique o mais abrigado do sol possível.

4 - Janelas e lâmpadas ppodem ajudar

Se vai fazer obras de melhoramento em sua casa, existem investimentos que podem diminuir os gastos e o consumo energético. Por exemplo, a instalação de vidros duplos, vai ajudar bastante na poupança energética, tanto no verão como no inverno. Se o seu orçamento permitir, pode também optar por colocar caixilharias pvc que ajudam a melhorar o isolamento.

Uma mudança simples que pode ir fazendo gradualmente é a troca de lâmpadas tradicionais por lâmpadas mais económicas. Esta pequena mudança vai diminuir um pouco a temperatura da sua casa, pois as lâmpadas económicas produzem menos calor. Estes são apenas alguns exemplos que podem ajudar a melhorar a eficiência energética da sua casa, pois permitem que as temperaturas exteriores não influenciem tanto a temperatura no interior do seu lar.

5 - Poupar no ar condicionado pode requerer mudanças de hábitos de toda a família

Os nossos hábitos do dia a dia influenciam bastante as contas da eletricidade e da água todos os meses. E, muitas vezes, não é preciso uma mudança drástica no nosso quotidiano para conseguirmos alterar pequenos hábitos e aumentarmos a poupança mensal.

Por exemplo, sempre que tem o seu ar condicionado a funcionar deve manter as portas e janelas de casa devidamente fechadas. Também é importante desligar todos os equipamentos eletrónicos que não está a utilizar, pois para além de não existir um desperdício energético, no verão a casa irá ficar mais fresca e sem necessidade de recorrer ao ar condicionado. Ainda sobre a temperatura da casa, ao tomar banho utilize o extrator da casa de banho para se livrar do excesso de humidade.

Nas casas com lareira, não se esqueça de fechar o recuperador de calor em cima da lareira de forma a evitar fugas do ar fresco ou quente. Para além disso, é importante que faça uma gestão inteligente dos recursos naturais, tanto em dias quentes como quando as temperaturas estão mais baixas. Nas horas de maior calor, evite ter as persianas e cortinas abertas, para a casa não ficar demasiado quente. No inverno faça o contrário e deixe entrar os raios de sol em sua casa durante as horas de maior calor.

No verão, após usar o ar condicionado pode ligar uma ventoinha para circular o ar e manter a temperatura fresca. Não se esqueça que o sistema de ar condicionado pode ser programado para não fazer um uso excessivo do mesmo. Por exemplo, antes de se deitar, pode programar o ar condicionado para desligar-se dentro de 30 minutos.

6 - Sabia que as tarefas domésticas e a decoração pode ajudá-lo a poupar no ar condicionado?

Pode parecer estranho ou simplesmente nunca se ter lembrado disto, mas a verdade é que a nossa decoração pode influenciar no consumo do ar condicionado. Por exemplo, os candeeiros e produtores de calor que estão perto do ar condicionado obrigam-no a trabalhar mais do que realmente ele precisa, devido à emissão de calor.

Já em relação às tarefas domésticas e uso de eletrodomésticos, o mesmo conceito também se aplica. No verão, é aconselhável programar as máquinas de lavar, sejam estas de loiça ou roupa durante o período noturno. Desta forma evita que a cozinha ou a sua lavandaria fiquem ainda mais quentes durante o dia. Já a máquina de secar roupa deve ser usada raramente durante os períodos mais quentes do ano. Para além de poupar bastante na conta de eletricidade, irá produzir menos calor em casa, rentabilizando mais o uso do ar condicionado.

Por fim, se ainda está a pensar adquirir o seu sistema de ar condicionado, lembre-se que pode ter que adaptar a sua decoração a uma boa utilização do mesmo. Ao instalar o ar condicionado numa divisão deve tentar que não existam obstáculos na circulação de ar. Desta forma o ar condicionado não vai ter que fazer um esforço adicional para regular a temperatura pretendida. Opte por colocar o aparelho numa altura elevada, o mais distante possível de móveis e perto da unidade exterior.

7 - A sua roupa também pode ter impacto na hora de poupar no seu ar condicionado

Pode parecer um tópico estranho, mas a verdade é que muitas pessoas optam por ligar primeiro o ar condicionado e depois com o passar do tempo estão com frio ou calor. O que acontece na maioria destes casos é que a pessoa tende a adicionar ou retirar roupa consoante a temperatura que escolheu ou vai passar o tempo todo a mexer na temperatura. O ideal é sempre que chega a casa tirar os sapatos, pois o seu corpo irá arrefecer mais rápido. De seguida coloque-se à vontade optando sempre por uma roupa fresca. Depois de já estar comodamente instalado em casa, ligue o ar condicionado.

Lembre-se que a diferença de temperaturas entre o exterior e o interior da casa nunca deve ser ser mais que 10 ou 12 graus. Também é importante salientar que o ar condicionado deve rondar os 26-24 graus no inverno e mais ou menos 20 graus no verão. Ainda que cada pessoa depois adapte à sua temperatura ideal.

Ler mais: 5 dicas para reduzir os consumos em sua casa e evitar faturas elevadas

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.