Carreira e Negócios

Diferentes fases de uma entrevista de emprego: O que ter em atenção

Sabe o que esperar nas diferentes fases de uma entrevista de emprego? Descubra o que acontece em cada etapa.

Carreira e Negócios

Diferentes fases de uma entrevista de emprego: O que ter em atenção

Sabe o que esperar nas diferentes fases de uma entrevista de emprego? Descubra o que acontece em cada etapa.

Passar as diferentes fases de uma entrevista de emprego requer uma preparação minuciosa, uma vez que a concorrência pode ser elevada.

Para ajudar a preparar-se para as diferentes fases de uma entrevista de emprego, de seguida, explicamos-lhe o que pode acontecer em cada uma das fases e os pormenores que deve ter em atenção. Saiba ainda como lidar com os testes e desafios mais comuns, e como proceder ao longo do processo de seleção.

Candidatura a uma vaga de emprego

Quando respondemos a um anúncio de emprego, estamos a dar o primeiro passo para entrar num processo de seleção. Em Portugal, muitas empresas tratam internamente os processos de seleção, através do departamento de Recursos Humanos, podendo também ser feito pela direção.

No entanto, é importante estar atento a quem publicou o anúncio, pois pode tratar-se de uma empresa de trabalho temporário. Nestes casos, o mais provável é que a vaga diga respeito a um trabalho temporário. Embora em alguns casos exista a possibilidade de passar a ser funcionário da empresa onde vai trabalhar temporariamente, na maioria das situações, o vínculo laboral é apenas com a empresa de trabalho temporário. Por isso, deve refletir, se este é o passo certo a dar nesta fase da sua vida profissional.

Em relação à candidatura, é fundamental que personalize ao máximo cada envio. Por norma, a maioria das empresas solicita aos candidatos o envio do currículo, uma carta de apresentação ou motivação, e em alguns casos, o portefólio. Além de investir o seu tempo a melhorar estes documentos e a torná-los apelativos, também deve personalizar a sua carta, de acordo com a empresa a que se está a candidatar.

Atenção, evite colocar informações pouco relevantes nestes documentos. Destaque as suas conquistas profissionais e seja conciso a explicar as motivações. Se tiver realizado formações, não se esqueça de anexar, ao currículo, os certificados e diplomas.

Ler mais: 8 conselhos para escrever candidaturas de emprego mais eficazes

A primeira fase de uma entrevista de emprego

Se a sua candidatura despertar o interesse da empresa a que se candidatou, vai ser contactado para uma primeira entrevista de emprego.

Num primeiro momento, por norma, são testadas as competências básicas do candidato, ao mesmo tempo que é analisado o perfil e o percurso profissional. Ou seja, nesta fase, a maioria das questões são focadas no seu currículo e nas suas motivações. Além disso, também é normal que seja feita uma apresentação da empresa e dos pormenores da função a que se candidatou. 

E, nesta fase, os pequenos pormenores podem destacá-lo entre os candidatos. Por isso, é fundamental que se prepare com antecedência para certas questões, mas também que faça uma pesquisa alargada sobre a empresa.

O que deve ter em consideração para passar a primeira fase

Após receber o contacto de uma empresa para uma entrevista, os especialistas aconselham a que volte a ler o anúncio de emprego. Isto porque se estiver numa procura ativa de trabalho, é normal que não se recorde dos pormenores de todos os anúncios a que vai respondendo.

Na maioria dos casos, os anúncios de emprego contêm informações preciosas sobre o perfil que as empresas procuram. Além disso, ao analisar o anúncio, pode preparar-se melhor para responder a algumas questões, desde o porquê de querer trabalhar para aquela empresa ou como pode ajudar a mesma a alcançar os objetivos.

De seguida, invista algum tempo a estudar a empresa a qual se candidatou. Leia atentamente o que consta no site da empresa, veja as suas redes sociais, procure por ações passadas em que esteve envolvida. Esta é uma forma simples de perceber os valores que caraterizam a empresa e do trabalho que foi feito nos últimos anos.

Ao ter este nível de conhecimento, será mais fácil responder a algumas questões ao longo da entrevista e mostrar como pode ser uma mais valia. Além disso, pode usar este conhecimento para fazer perguntas pertinentes sobre a empresa.

Outros fatores a ter em atenção na primeira entrevista

Existem outros pontos relevantes que os candidatos devem ter em atenção, nomeadamente:

  • Usar um discurso estruturado e conciso;
  • Referir apenas os pontos mais relevantes do seu percurso profissional;
  • Destacar as suas principais conquistas e como resolveu problemas no passado;
  • Preparar as perguntas tradicionais sobre as suas motivações, objetivos futuros, os seus pontos positivos e negativos enquanto profissional, etc.
  • Evitar usar respostas clichés, pois o que pretende é destacar-se;
  • Tentar mostrar confiança, boa disposição, e assertividade nas suas respostas;
  • Estar atento à sua postura, pois a linguagem não verbal também revela muito sobre de si.

Primeira entrevista de emprego noutro idioma

Hoje em dia, muitas empresas procuram candidatos que dominem outros idiomas. E, quando dominar um determinado idioma é um fator eliminatório, existe uma forte possibilidade de a sua entrevista de emprego ser feita nessa língua estrangeira.

Assim sendo, é importante que se prepare com antecedência, de forma a evitar que os nervos o prejudiquem. Afinal, nem todos os candidatos que dominam um idioma estão habituados a falar regularmente, principalmente, num contexto profissional. Nestas situações, para ganhar confiança, pode:

  • Praticar pelo menos uma hora por dia. Durante uma hora pense e fale apenas nesse idioma.
  • Assistir conteúdos nesse idioma sem legendas;
  • Prepare a sua entrevista neste idioma. Escreva um discurso estruturado, responda a questões e prepare perguntas pertinentes.
  • Se conhecer alguém nativo nesse idioma, peça ajuda para treinarem o seu discurso para a entrevista.
  • Opte por frases simples e bem construídas, para evitar silêncios constrangedores enquanto pensa em expressões ou vocabulário.
  • Procure ferramentas que o possam ajudar a preparar-se, como por exemplo o site BBC Languages, ou simuladores de entrevistas noutros idiomas.

O objetivo destas atividades é ajudá-lo a ganhar à vontade na hora de comunicar noutro idioma. No dia da entrevista, mantenha-se calmo, e oiça com atenção as perguntas.

Lembre-se que não vale a pena fingir um nível superior de domínio de um idioma. Afinal, se não perceber as perguntas ou não conseguir responder com um discurso fluído, o entrevistador vai perceber que não possui essa competência.

Como lidar com o tempo de espera entre as fases de uma entrevista

A espera por uma resposta após uma entrevista de emprego pode criar ansiedade e impaciência. Por isso, a melhor forma de lidar com este período é perceber como funciona o processo de seleção de cada empresa. Ou seja, na primeira entrevista, muitas empresas revelam os "timings" do seu processo de recrutamento.

Caso a empresa não dê essa informação, pode questioná-la sobre como será feito o processo de recrutamento. Há quem defenda que esta pergunta não deve ser feita. No entanto, várias empresas da área de recrutamento e recursos humanos não olham para esta pergunta de forma negativa. O que aconselham nestes casos, é que o candidato coloque a questão de uma forma empática e que não demonstre impaciência com o processo.

Contudo, se a empresa disser que vai entrar em contacto no prazo de x dias e não o fizer, lembre-se que a análise dos candidatos pode estar mais demorada. Caso na semana seguinte continue sem resposta, pode entrar em contacto para pedir um ponto da situação.

As próximas fases de uma entrevista de emprego

Se passou a primeira fase de uma entrevista de emprego, é sinal que impressionou o entrevistador e respondeu de forma satisfatória às questões colocadas. Mas, dado que está mais próximo de ficar com a vaga disponível, saiba que a exigência vai aumentar. Dependendo da empresa a que se candidatou, esta pode ser a última fase ou podem existir mais etapas no processo de recrutamento.

Contudo, numa segunda entrevista, as empresas querem saber o que o destaca dos outros candidatos. Por exemplo, o interesse pode recair sobre o seu método de trabalho, competências mais específicas e o que tem para oferecer. Também é normal que, nesta entrevista, estejam outros membros da empresa ou responsáveis pelo departamento da função a que se candidatou.

E, embora muitas empresas se limitem a colocar mais questões, outras aproveitam para colocar os candidatos à prova. Provavelmente, vai realizar um teste, apresentação ou uma tarefa prática. No fundo, esta é forma mais simples das empresas perceberem as suas competências, e se tem o perfil indicado perante uma pressão adicional.

Como ter sucesso nas próximas fases?

Embora nestas fases, os desafios sejam menos previsíveis, não significa que não se possa preparar para ultrapassá-los com sucesso. Consoante a função que se candidatou, deve pensar nas tarefas que vai realizar se ficar com o lugar e o que lhe pode ser proposto fazer.

Por exemplo, se a vaga de emprego for para técnico de marketing, o desafio pode passar pelo planeamento de uma campanha. Já se estiver ligado à área financeira, poderá ter que fazer um relatório ou uma análise mais detalhada. Ou, se for jornalista, pode ter de escrever uma notícia. Nas áreas com atendimento ao público, podem ser feitas simulações de atendimento.

Ou seja, vai precisar de treinar as suas competências enquanto profissional e mostrar que é a melhor opção entre todos os candidatos. Se está há algum tempo sem exercer a sua profissão, invista na atualização dos seus conhecimentos. Depois, faça exercícios práticos que o ajudem a enfrentar os desafios. Não se esqueça de que a resposta deve ser dada de acordo com as políticas e valores da empresa.

Caso o desafio não seja imediato, esteja atento aos prazos que forem atribuídos. Idealmente, se conseguir entregar o trabalho proposto antes do prazo é um excelente indicador. A maioria das empresas procura profissionais produtivos, que ajudem a empresa a cumprir os seus objetivos dentro dos prazos estipulados.

Todas as fases servem de aprendizagem

Independentemente do resultado, após as diferentes etapas de uma entrevista de emprego, lembre-se que os processos de recrutamento são ótimos para evoluir. Ou seja, mesmo que não fique com a vaga, deve refletir sobre o seu desempenho ao longo do processo de seleção.

Por exemplo, aponte os seus pontos fortes e onde sentiu mais dificuldades ou onde pode melhorar. Esta breve análise vai fazer toda a diferença em próximas entrevistas, pois pode corrigir pequenos erros para que não voltem a acontecer.

Ler mais: Entrevista de emprego online: Que cuidados deve ter e como transmitir o seu potencial

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.