A febre do crédito habitação já voltou. Vemos cada vez mais publicidade e campanhas de promoção de crédito habitação e as pessoas estão cada vez mais atentas para aproveitar estas oportunidades. Umas procuram mudar de casa. Outras procuram apenas poupar dinheiro na sua prestação mensal. Neste artigo irá conhecer várias dicas para poupar dinheiro com o seu crédito habitação.

Quanto vale a sua casa?

O primeiro passo para avaliar as diferentes possibilidades consiste em perceber o valor de mercado da sua habitação. É simples. Bastará consultar um site de qualquer uma das agências imobiliárias mais conhecidas e perceber quanto valem as casas ao redor da sua. Tenha em atenção uma amostragem grande. Não se foque apenas em um ou dois imóveis.

Relação empréstimo / garantia

Saber o valor da casa é fundamental para determinar a relação que existe entre o valor que tem de empréstimo e o valor da garantia (neste caso, a sua casa). Atualmente não é possível ter 100% do financiamento. O Dr. Finanças tem conseguido financiar operações com taxas de 85%-90%, o que significa que é preciso ter algum dinheiro de entrada ou, pelo menos, ter uma casa que seja avaliada um pouco acima.

wood-top-keys-lock+1

Reveja o seu contrato

Antes de negociar é importante saber quanto paga atualmente e o valor das taxas de juro associadas. Se ao seu juro for inferior a 1.5% saiba que está com um juro bastante aceitável, mesmo nesta altura de mercado. Se o spread for superior, saiba que poderá conseguir poupar algum dinheiro todos os meses.

Negociar com o banco

O seu banco pode estar na disposição de baixar o spread do seu contrato. Pode não ser imediato e pode nem ser possível… mas tentar não custa. Nesta fase, é altura de pensar por que motivo o banco não lhe baixou o juro anteriormente… mas como em tudo, é preciso lutar e negociar.

Avalie a transferência do seu crédito habitação

como-poupar-dinheiro-com-o-credito-habitacao

O Dr. Finanças tem ajudado muitas famílias a transferir o seu crédito habitação para instituições financeiras mais recetivas a ajudar os clientes a poupar dinheiro. Um serviço que não tem qualquer custo e que acompanha as famílias do principio até ao dia da escritura e que tem possibilitado poupanças muito interessantes.

Tem outros créditos?

Se tiver outros créditos é também possível juntar os créditos à hipoteca do seu imóvel e com isto poupar dinheiro com o juro dos créditos. Se tiver créditos pessoais e cartões de créditos, saiba que a poupança do crédito consolidado com hipoteca poderá ser bem superior a 70%.

Dito isto… será mesmo impossível poupar dinheiro? Ou bastarão algumas dicas úteis para fazer toda a diferença no seu dia-a-dia?