Finanças pessoais

Arrendar um imóvel: prós e contras para senhorios e inquilinos

O mercado do arrendamento em Portugal tem crescido. Avalie neste artigo os prós e contras para arrendatários e proprietários.

Rui Aspas Rui Aspas , 12 Maio 2020

O arrendamento de habitação comporta em si alguns riscos quer para proprietários quer para os arrendatários. Um dos grandes inconvenientes de se optar pelo mercado do arrendamento, principalmente para quem arrenda prende-se com o incumprimento no pagamento das rendas, embora esta adversidade não seja a única. 

Apesar de poder ser uma boa oportunidade de negócio para os senhorios e proprietários torna-se necessário saber os prós e contras deste mercado para que depois os reveses da situação sejam eficazmente contornados. 

Saiba neste artigo quais os prós e contras do mercado de arrendamento.

Os proprietários no mercado de arrendamento 

pessoa a segurar aplicaçao a procurar casas para arrendar

Para os proprietários, o mercado de arrendamento pode ser uma boa oportunidade de investimento mas é imprescindível que também tenham conhecimento de que devem ter um plano de prevenção caso alguma coisa corra mal.

Entre as vantagens para quem arrenda um imóvel estão:

  • A possibilidade de terem um rendimento extra com o pagamento de rendas mensais;
  • Poderem ampliar e desenvolver o edificado em termos de património;
  • Caso o proprietário tenha uma casa própria com crédito habitação e hipoteca, pode sempre utilizar os proveitos da casa que tenha no mercado de arrendamento para liquidar as prestações desse crédito;
  • Adquire uma independência financeira podendo constituir uma almofada de poupança para qualquer eventualidade.

Relativamente às desvantagens do mercado do arrendamento para os proprietários, pode-se falar na carga fiscal que incide sobre as receitas do mercado do arrendamento ou o risco dos arrendatários no incumprimento no pagamento de rendas.

Além disso, as ações de despejo - quando verificados todos os pressupostos legais - são por norma bastante morosas. E o imóvel a ser entregue pode necessitar de obras de remodelação.

Os arrendatários no mercado de arrendamento 

Para os inquilinos, optar pelo mercado de arrendamento para ter uma habitação de família também tem as suas vantagens e desvantagens.

Relativamente à perspetiva dos arrendatários, os prós identificados na escolha por este modelo são: 

  • Ser mais fácil em termos de mobilidade geográfica quando esteja em causa a deslocação por motivos profissionais; 
  • Não tem qualquer despesa de condomínio;
  • As despesas com os impostos relacionados com o imóvel são inexistentes; 
  • O risco de ficar endividado é reduzido, uma vez que não é necessários requerer crédito para arrendar uma habitação.

No que respeita aos principais contras eles são: 

  • O arrendatário vai estar a pagar por um bem que nunca vai ser seu; 
  • Em termos de renda, o valor pode ser mais elevado do que numa habitação própria e permanente, especialmente em períodos de juros baixos;
  • No que toca à construção e constituição de património para rentabilização, ele não existe, uma vez o que o imóvel em causa não lhe pertence.

Leia ainda: Comprar ou arrendar casa: o que compensa mais atualmente

As rendas no ato de pagamento e recebimento

No que respeita ao pagamento das rendas, existem casos em que os proprietários ficam lesados por incumprimento por parte dos arrendatários. Ainda assim,é possível tentar implementar um plano preventivos para evitar que situações destas aconteçam. 

Neste casos, a melhor opção é a adopção de um plano alternativo por ambas as partes na possibilidade desse incumprimento existir.

O mercado de arrendamento pode ser uma boa oportunidade para proprietários e para arrendatários. Contudo, convém ter um planeamento assertivo para em caso de algo correr menos bem, as partes estarem devidamente preparadas. 

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)