Utilidades

Carsharing: 4 apps que pode usar em Portugal

Neste artigo fique a conhecer 4 apps que pode utilizar para carsharing em Portugal e quais os custos.

Rui Aspas Rui Aspas , 5 Setembro 2019

Para quem vive nas cidades e e não tem carro, o carsharing pode ser uma boa alternativa.

Para zonas onde a circulação de transportes públicos é fraca, pode aderir ao sistema de Carsharing. Para quem tem carro pode ser uma boa forma de o rentabilizar e ganhar algum dinheiro com isso.  

O que é o carsharing? 

O carsharing é um sistema de partilha de veículos entre particulares, em modelo peer to peer, funcionando da seguinte forma: 

  • Os proprietários podem disponibilizar os seus veículos sempre que não os estiver a utilizar. Assim pode aproveitar para assim obterem um rendimento extra;  
  • Pode disponibilizar o registo do seu veículo nas várias plataformas existentes, bastando para isso cumprir as regras e aguardando pelos posteriores contactos; 
  • O utilizador registado na plataforma pode usar a sua viatura, por um determinado período de tempo. Deve efectuar a reserva e aguardar pela respetiva aprovação; 
  • Quando aceite, deve efectuar o pagamento da reserva. 

Existem diversas plataformas onde pode registar a sua viatura para que possa aderir ao sistema de carsharing. Para ter acesso às plataformas, tem de ter a app correspondente e cumprir os requisitos que lhe são exigidos para a utilização da plataforma. Porém, cada uma apresenta as suas especificidades, principalmente no que respeita ao preço e ao que está incluído.  

Ler mais: Apps para poupar nos transportes, lazer, desporto e finanças pessoais

Para operar no mercado português, destacamos as seguintes plataformas: 

Booking Drive 

Nesta plataforma, o preço é definido pelo proprietário, acrescendo a esse item o seguro automóvel cuja franquia pode variar entre 2 a 4%

Deve sempre entregar o veículo com o mesmo nível de combustível com que iniciou o serviço de aluguer. Caso contrário o valor do mesmo será descontado da caução. A caução tem um valor fixo no valor de 100 euros. Este valor pode ser usado, caso haja lugar a um qualquer incumprimento durante o uso do veículo; 

CarAmigo 

O preço aqui é também ele definido pelo proprietário sendo pago apenas quando o pedido de reserva for aceite. Já está incluída a comissão respeitante ao proprietário, seguro e assistência rodoviária. O combustível é da responsabilidade de quem aluga. Deve entregar o veículo com o mesmo nível de combustível com que requisitou o veículo.

De acordo com o preço estabelecido, pode circular até um máximo de 100 kms. Irá pagar um valor extra por cada quilómetro ultrapassado após esse limite. Esse valor é sempre definido pelo proprietário da viatura alugada, cujos valores oscilam entre os 500 euros e os 1250 euros, dependendo da potência do automóvel. 

Shareacar 

Nesta plataforma, o preço do aluguer é determinado de forma livre pelo proprietário, ficando à responsabilidade da plataforma valores mínimos por uso diário, consoante a potência do automóvel, já incluindo o seguro e a taxa paga pelo proprietário. 

As regras na utilização do combustível são as mesmas aplicadas nas plataformas anteriore, em relação ao valor da caução, a Shareacar cobra uma caução de 100 euros e uma franquia mínima no valor de 1230 euros, que são devolvidos no final. Convém salientar, que por cada atraso na entrega da viatura, esta plataforma cobra 50 euros em cada hora de atraso. 

Parpe  

Com esta app, o valor é definido pelo proprietário, podendo ser mensal, semanal ou mensal.  Quando a viatura é solicitada, a Parpe faz o cálculo do valor do aluguer bem como o acrescento da taxa de seguro referente ao período em que a mesma é alugada, multas referentes a atrasos, combustível ou infrações de trânsito são resolvidas de forma isolada. Já o limite de quilómetros é estabelecido entre o proprietário e o condutor e caso este limite seja ultrapassado, há lugar à cobrança de uma taxa adicional de 0,12 euros por quilómetro extra. 

Como vê, é relativamente fácil o rentabilizar o uso do seu automóvel quando não estiver a usar o mesmo - basta que decida qual a melhor opção a tomar, em caso de decidir pelo sistema de carsharing.  

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #carsharing,
  • #transportes

Deixar uma resposta