Utilidades

Livros vs eBooks: Qual a melhor opção?

Depois de comprar, apresentamos-lhe as vantagens de cada formato para que, na hora de escolher, saiba qual é o mais indicado para si.

António Ramos António Ramos , 29 Julho 2019

Se gosta de ler e está a par das novas tecnologias, de certeza que já pensou nas vantagens de ler eBooks (livros digitais). Contudo, muitas pessoas continuam sem dispensar o cheiro típico de um livro físico, ou a sensação única de folheá-lo à medida que avançam. 

Mas se os eBooks prometeram revolucionar o mundo da leitura, o livro físico mostrou que está cá para ficar.  Quererá isto dizer que um formato é melhor que o outro? Serão eternos inimigos, ou podem coexistir, complementando-se? 

O Doutor Finanças fez as comparações, e apresenta agora as vantagens de cada formato para que, na hora de escolher, saiba qual é o mais indicado para si.

Comecemos pelos eBooks. Os livros digitais revolucionaram o mundo da literatura e o nosso comportamento enquanto leitores. Hoje em dia, sem grandes esforços, temos acesso a milhões de livros e informação.

Mas pode ser difícil adaptar-se a este novo formato, se não tiver as ferramentas indicadas. No entanto, basta o ter software correcto no seu smartphone ou um eReader próprio para eBooks, que a sua experiência torna-se muito mais agradável.

Vantagens de ler eBooks 

1. Acesso instantâneo, fácil e prático 

Há uns anos atrás, se quisesse um livro novo, o mínimo que tinha de fazer era dirigir-se até uma livraria ou biblioteca. Mas agora tudo se tornou mais fácil.  

Basta aceder às plataformas digitais que comercializam eBooks e escolher os livros que quer ler. O acesso aos seus novos livro é instantâneo e muito mais prático. 

Basicamente pode estar descontraidamente de pijama no seu sofá e comprar uma biblioteca completa. 

2. Mais fáceis de transportar

Carregar livros de um lado para o outro o dia inteiro torna-se rapidamente num incómodo. Isto porque os livros impressos - especialmente os de capa rija - podem ser muito pesados.  

Nesse campo os eReaders estão claramente em vantagem. Por serem mais leves e fáceis de transportar, são ideais para alturas em que tem de carregar vários livros. Basta ter o seu eReader ou o seu smartphone e pode ter os livros que quiser num só aparelho

Excepto na praia (como falaremos mais à frente), as férias são outra situação em que é mais vantajoso levar livros digitais. Nesta altura muita de nós aproveitamos para ler e, por isso, levamos mais do que um livro. 

Mas em vez do formato físico é mais fácil e prático levá-los num leitor digital, não só porque sobra mais espaço para arrumações, mas também porque no livramos desse peso extra. 

Por fim, também em situações que tem de matar tempo - como numa fila ou numa sala de espera - a facilidade de transporte dos eReaders é uma grande vantagem. Basta aceder à sua biblioteca digital e ler, enquanto espera pela sua vez.

3. Funcionalidades extra úteis 

Outro dos grandes benefícios dos eReaders são as funcionalidades integradas. Entre outras, tem normalmente acesso a:

  • Dicionário;
  • Pesquisa de palavras;
  • Tradutor; 
  • Sublinhar palavras ou frases;
  • Personalizar o tipo, tamanho e estilo de letra.

Estes são alguns dos extras que, dependendo da situação, podem ser muito úteis. 

4. Ocupam menos espaço físico

Não há dúvidas que uma coisa é ter 100 livros a ocupar uma estante, outra é ter um dispositivo com acesso instantâneo a uma biblioteca digital com 100 livros lá guardados. 

O espaço que os eReaders ocupam é drasticamente menor.

5. A melhor opção para ler no escuro 

Uma das limitações dos livros físicos é que para os lermos no escuro precisamos de uma fonte de luz externa que nos dê a visibilidade necessária. 

Com os eReaders, o próprio ecrã é a fonte de luz. Pode estar na escuridão total que mesmo assim pode ler o seu livro tranquilamente.

6. Dá-lhe mais privacidade

Em casa ou nos transportes, há sempre quem por curiosidade repare na capa dos seus livros. Se por alguma razão quiser manter a privacidade do que está a ler, o eReader dá-lhe essa privacidade.

Pode simplesmente ler o que quiser sem que ninguém saiba o quê. 

7. Preços normalmente mais acessíveis

Faz sentido que os eBooks sejam mais baratos que os livros impressos, o que normalmente se confirma nas lojas.

Contudo, a diferença entre os preços e o dinheiro que poupa está relacionado com vários factores. Pudemos por exemplo ver que na FNAC, o livro digital “Guerra e Paz” de Tolstoi é cerca de 4 euros mais barato que o impresso. 

Mas existem plataformas como a Amazon onde consegue comprar eBooks a preços muito acessíveis. 

Vantagens de ler livros físicos

Todas as vantagens de um eBook podem parecer imbatíveis, como se não houvesse justificação para continuarmos a comprar livros impressos, no entanto, os livros físicos também têm as suas vantagens, tais como: 

1. Não precisa de recarregar a bateria 

A duração da bateria é o tendão de Aquiles dos aparelhos eletrónicos portáteis. E quanto mais autonomia os nossos aparelhos têm, mais nós queremos. Como se nunca fosse suficiente.

Com um livro em papel, pode lê-lo da primeira à última página sem se preocupar se a bateria vai abaixo, ou se trouxe o carregador. 

2. Se caírem não se partem 

Já todos nós passámos pela situação de ver o nosso smartphone ou tablet cair no chão e nos depararmos com um monitor rachado. 

Os danos podem ser graves ao ponto de se tornarem inutilizáveis, acrescendo assim às despesas a compra de um novo. 

Ao contrário dos leitores de livros digitais, que são frágeis e se danificam facilmente, os livros impressos não têm esse problema. Se caírem, basta apanhá-lo e continuar a folhear. 

3. Menor risco de serem roubados

Se estiver na praia com o seu livro e quiser ir dar um melhor, normalmente deixa-o na toalha, com pouca ou nenhuma vigilância. 

Nessa e noutras situações semelhantes, em que tenha de deixar o seu livro ou o seu eReader mal vigiado, a probabilidade de roubarem o livro impresso é muito menor, porque o material tecnológico atrai sempre mais atenções indesejadas.

4. Mais fácil de visualizar quantas páginas já lemos 

Quem gosta de ler com frequência, quer acabar os livros o mais rapidamente possível para começar um novo. Como se cada livro fosse um capítulo que tem de ser fechado para passarmos ao próximo. 

E ainda que os eRedares indiquem em que página estamos e quantas faltam, a perspetiva visual dos livros impressos é diferente. Permite-nos ter a perceção visual e física de quantas páginas faltam ler até ao fim do livro. 

Este pode não ser um fator determinante, mas assim como o toque e o cheiro do livro, este é sem dúvida uma característica apelativa para alguns leitores. 

5. Essencial para quem gosta de obras autografadas 

Outra das características que se destacam nos livros impressos é a possibilidade de guardar um autógrafo dos autores. 

Há sempre quem aproveite os lançamentos e apresentações de livros para pedir um autógrafo aos seus autores favoritos, e isso só faz sentido se for em formato impresso

A coexistência dos formatos 

Analisadas as vantagens de cada um, voltamos ao início. 

O que é que tudo isto significa? Será que algum deles é claramente melhor que o outro?

Talvez seja tudo uma questão de critério e de contexto. Talvez a solução perfeita seja a coexistência e o complemento. A tecnologia dá-nos uma enorme variedade de escolha. Essa é uma das muitas coisas boas de viver com todos estes avanços tecnológicos.  

Hoje em dia podemos ter uma obra num formato físico e facilmente convertê-la para o formato digital e para o formato áudio com a mesma facilidade. Cada um deles pode ser consumido em situações e contextos diferentes. 

Por exemplo, podemos ler um livro impresso enquanto relaxamos na praia, continuar a leitura em formato digital enquanto esperamos pelos transportes públicos, ou ouvi-lo em formato áudio durante as lides domésticas. 

Hoje, mais do que nunca, podemos ver como é que os vários formatos da mesma coisa se complementam, em vez de olharmos apenas para o que os separa.

Leia ainda: 5 livros para mudar a sua vida financeira

Partilhe este artigo

Deixar uma resposta