Carreira e Negócios

Quer fazer voluntariado? Conheça as vantagens pessoais e profissionais

O voluntariado pode ser uma ótima opção quando se procura um novo rumo pessoal ou profissional. Conheça as suas vantagens.

Carreira e Negócios

Quer fazer voluntariado? Conheça as vantagens pessoais e profissionais

O voluntariado pode ser uma ótima opção quando se procura um novo rumo pessoal ou profissional. Conheça as suas vantagens.

Quando se fala em voluntariado, um dos primeiros pensamentos é o ato altruísta de ajudar sem querer nada em troca. Porém, embora o principal objetivo seja dedicar uma parte do nosso tempo em prol de uma causa ou atividade, sem qualquer tipo de remuneração, existem vários benefícios associados. E quando se fala nas vantagens do voluntariado a lista é bastante extensa.

Hoje em dia, o voluntariado mobiliza jovens e adultos um pouco por todo o mundo, e não se restringe apenas ao campo social. Existem projetos ligados a ações sociais, culturais, educativas, meio ambiente, justiça e até ao desporto. Logo, as competências pessoais e profissionais de cada indivíduo são, cada vez mais, valorizadas em projetos de voluntariado.

Mas, as competências individuais e profissionais não são uma mais-valia apenas neste campo. No mercado laboral, um candidato que faça voluntariado desperta o interesse de muitas empresas, devido às vantagens inerentes a nível pessoal e profissional.

De seguida, reunimos as vantagens mais relevantes. Saiba ainda o que deve ter em consideração antes de se inscrever como voluntário e onde pode encontrar projetos do seu interesse.

4 vantagens do voluntariado a nível pessoal

1 - Permite evoluir e conhecer-se melhor

Num mundo frenético e competitivo em que vivemos, nem sempre é fácil pararmos um momento para pensar. Quando colocamos as questões financeiras de parte, temos tendência a alargar o nosso campo de visão. Isso permitindo-nos experienciar outros interesses e competências que talvez nem soubéssemos que tínhamos.

Além disso, enquanto voluntário, vai lidar com vários tipos de pessoas, com experiências e contextos bem diferentes dos seus. Este tipo de interação pode ser benéfica para o seu desenvolvimento pessoal, para perceber melhor os seus valores, e até encontrar um novo propósito para a sua vida.

2 - Aumento e aprimoramento das capacidades sociais

Quando dedicamos uma parte do nosso tempo a uma causa ou atividade, confrontamo-nos com uma nova realidade que pode envolver questões problemáticas que precisam de intervenção. Enquanto voluntário, pode ganhar uma nova perceção do mundo que o rodeia.

Neste contexto, é expectável que haja um aumento ou aprimoramento das suas capacidades sociais. Por exemplo, muitos voluntários admitem que os seus níveis de empatia, compaixão e autoestima melhoraram significativamente após fazerem voluntariado.

Por outro lado, tendo em conta a necessidade de, constantemente, encontrar soluções, o voluntariado também aumenta os níveis de confiança, a capacidade de resolver problemas e de trabalhar em equipa.

3 - Diminuição do stress, aumento dos níveis de felicidade

Embora muitas pessoas acreditem que ser voluntário em determinadas causas pode aumentar os níveis de stress e criar tristeza e frustração, os especialistas consideram que o oposto também é verdade. Porém, nem sempre é fácil ser voluntário e há momentos onde a frustração e a tristeza acabam por se sobrepor.

Assim sendo, em muitas áreas de voluntariado pode aprender a valorizar cada momento, cada conquista e aquilo que está ao seu alcance.

Este tipo de lição tem um forte impacto na forma como encaramos a vida. Por isso, muitas pessoas sentem que ao ajudar os outros, focando-se mais no presente e em encontrar soluções, o nível de stress diminui. Em termos de felicidade, também é comum ouvir relatos de pessoas que se tornaram mais felizes.

Por exemplo, para quem vive mais isolado, o voluntariado permite criar novas amizades e sair da rotina. Mudanças que trazem uma sensação de bem-estar e realização pessoal.

4 - Aumenta a sua rede de contactos

Fora do desenvolvimento pessoal, o voluntariado traz outro tipo de vantagens. Por vezes, enfrentamos algumas dúvidas sobre o caminho profissional a seguir. Ao fazer voluntariado vai estar em contacto com inúmeras pessoas que exercem áreas profissionais completamente distintas. Esta aproximação permite-lhe também fazer networking, alargar a sua rede de contactos. O que pode ser útil para embarcar em novos projetos e desafios profissionais.

Além disso, se não sabe que caminho deve seguir a nível profissional, esta experiência pode dar-lhe uma nova visão sobre certas profissões e funções.

Por exemplo, numa atividade de voluntariado existem pessoas que estão em campo, outras que angariam patrocinadores, as que tratam de questões jurídicas, as que promovem a causa, as que gerem os voluntários, etc. Ao estar atento ao trabalho que cada pessoa realiza, pode identificar uma função que realmente desperte o seu interesse.

Voluntários cozinham e servem comida a pessoas desfavorecidas

3 vantagens do voluntariado a nível profissional

1 - Adquirir competências valorizadas

No contexto laboral, um trabalhador ou candidato que tenha experiência em ações de voluntariado revela competências muito apreciadas no mercado de trabalho atual.

Por exemplo, quando é voluntário passa a lidar com diferentes realidades e problemas. Logo, mesmo que não se aperceba, é normal que desenvolva o seu pensamento crítico, a sua resiliência e a sua capacidade de resolução de problemas.

Atualmente, estas três competências são muito valorizadas pelas empresas, pois há uma necessidade de encontrar respostas rapidamente para os problemas.

Além disso, os voluntários tendem a revelar uma boa capacidade de trabalhar em equipa e melhores competências de comunicação. Estas competências assumem um papel preponderante dentro das empresas, mas também na hora de lidar com clientes e parceiros.

2 - Primeira experiência profissional

Em muitas áreas profissionais, os jovens licenciados sentem dificuldades em encontrar o seu primeiro emprego, devido à falta de experiência profissional. Se está à procura do seu primeiro emprego, fazer voluntariado pode ajudá-lo a ingressar no mercado de trabalho.

Imagine que encontra um projeto de voluntariado onde pode colocar em prática os seus conhecimentos teóricos. Além de ter um primeiro contacto com o mundo profissional, vai aprender novas técnicas, ter acesso a formações, rotinas de trabalho e até identificar o que precisa aprimorar para ser um melhor profissional.

Ler mais: Entrada no mercado de trabalho: Guia de preparação

3 - Enriquecer o seu currículo

Fazer voluntariado é uma forma de enriquecer o seu currículo e destacar-se num processo de seleção. Além da sua experiência demonstrar que tem um sentido de responsabilidade social, na hora dos recrutadores escolherem entre dois candidatos com um perfil e experiência semelhante, as ações de voluntariado podem ser um fator de desempate.

Leia ainda: Terminou a sua formação? Saiba como fazer um bom currículo

Pense para além das vantagens do voluntariado

O voluntariado traz inúmeras vantagens, mas não se esqueça que este tipo de ação envolve um compromisso. Por isso, a decisão de fazer voluntariado deve ser bem ponderada.

Em primeiro lugar, não assuma um compromisso sem saber quanto tempo pode dedicar. As ações de voluntariado não são remuneradas, mas não significa que pode aparecer só quando lhe dá jeito, sem se comprometer.

Lembre-se que em muitos projetos é necessário um número mínimo de voluntários para auxiliar ou realizar determinadas ações. Logo, quem gere as ações de voluntariado precisa de saber quantas horas pode dar e em que dias da semana, de forma a garantir que não há falhas.

Por outro lado, tenha em consideração a responsabilidade que vai assumir. Caso esteja numa fase da vida em que não comporta ter mais responsabilidades e obrigações, talvez não seja a melhor altura para embarcar neste desafio.

Por último, procure um projeto com o qual se identifica e para o qual possa contribuir com os seus conhecimentos. Isto não significa que deva limitar a sua escolha a um projeto relacionado com a sua área profissional. No entanto, pode sentir-se mais realizado se o seu contributo estiver associado a alguma das suas competências pessoais e profissionais.

Onde encontrar ações de voluntariado?

Existem inúmeros projetos de voluntariado em Portugal e no estrangeiro.

Em Portugal, um dos sites mais conhecidos nesta área é a Bolsa do Voluntariado. A Bolsa tem vários protocolos com organizações nas mais variadas áreas de atuação. Por exemplo, é possível encontrar de norte a sul do país projetos ligados ao meio ambiente, solidariedade social, educação, desporto, saúde, cidadania e direitos e até novas tecnologias.

O registo na plataforma é muito simples. Basta inscrever-se, indicar a sua disponibilidade e competências e, posteriormente, candidatar-se a uma organização. Por fim, pode marcar uma entrevista ou reunião para a organização o conhecer melhor.

Existem outras plataformas e projetos interessantes, como por exemplo:

  • A Entrajuda: Especializada no combate à pobreza, mobiliza voluntários qualificados para melhorarem a gestão, organização e desenvolver novas ideias na área social.
  • RESTOLHO: Com o slogan "uma Segunda Colheita para que nada se perca", este projeto dedica-se ao combate do desperdício alimentar.
  • Portal Europeu da Juventude: Os jovens que pretendam fazer voluntariado num estado membro da União Europeia, podem aceder ao Portal Europeu da Juventude e encontrar vários projetos de voluntariado.
  • Tempo extra: É uma iniciativa que ajuda também na colocação de voluntários que pretendam partilhar a sua experiência profissional e os seus talentos com organizações da área social, cultural ou ambiental.
  • Programa EUSOUDIGITAL: Tem como objetivo ensinar um milhão de portugueses a saber usar a internet.

Estes são apenas alguns exemplos de projetos de voluntariado que estão em vigor atualmente. Antes de inscrever-se, pese as desvantagens e vantagens do voluntariado, de forma a tirar o máximo proveito deste novo desafio.

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.