Carreira e Negócios

José C. Rodrigues: Transformar “falhanços” em “alicerces para um negócio forte”

José Costa Rodrigues, empreendedor e CEO da Relive, fala sobre o seu percurso e conta como as suas experiências o levaram até ao mundo dos negócios.

José Costa Rodrigues, empreendedor e CEO da Relive, acredita que os seus "falhanços" se tornaram em "alicerces" para os seus negócios.

O jovem empreendedor jogou futebol durante 12 anos, mas decidiu que esse não era o seu rumo. “Com 18 anos comecei a perceber que sendo apenas bom e não top, eu ia jogar para uma segunda divisão”, conta. “Descobri nessa altura que tinha um hobby que era fazer negócios." Foi nessa altura que decidiu entrar na universidade para estudar Gestão.

Aos 19 anos, criou uma empresa de venda de telemóveis usados e recondicionados, a Forall Phones - empresa que foi recentemente vendida a um investidor privado. À medida que o negócio ia crescendo, José Costa Rodrigues decidiu abandonar o curso. “Senti-me um falhado”, revela.

"Tinha este 'negociozinho' e acreditava que se podia tornar num 'negociozão'. E disse a mim próprio ‘eu falhei no futebol, eu entrei na universidade e já estou a começar mal, eu não vou falhar nos negócios’”, conta.

José Costa Rodrigues acredita que estes foram "dois falhanços que eu consegui transformar em dois gigantescos alicerces para criar uma empresa forte”.

Veja ou reveja o episódio na íntegra: Conversas sem Preço com José Costa Rodrigues.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #conversas sem preço,
  • #empreendedorismo,
  • #negócios
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)