Crédito

Simulador crédito pessoal – Como utilizar

Rui Bairrada Rui Bairrada , 9 Junho 2016 | 2 Comentários

Estamos habituados a ouvir que uma simulação não compromete. É importante que tenha esta verdade em consideração, pois de uma simulação até à aprovação final ainda muito pode mudar. Antes de partir para um pedido de crédito pessoal (ou de renegociação do mesmo) procure analisar diferentes cenários. Para isso, o simulador de Crédito Pessoal é essencial.

Determine o montante do seu crédito pessoal

bookkeeping-615384_1920

Comece por verificar qual o montante que necessita e seja exigente consigo próprio. Por vezes, os bancos e instituições financeiras vão querer que acredite que precisa de mais dinheiro do que aquele que disse inicialmente. Mas não se esqueça que o negócio dos bancos é vender dinheiro. Por isso, se tem condições para financiamentos mais elevados, os credores não vão desperdiçar a oportunidade.

O prazo do crédito pessoal é fundamental

Um fator crítico na decisão de assumir um empréstimo está relacionado com o prazo em que vai pagar. Equacione bem o tempo pelo qual quer ficar com este encargo. Claro que em menos tempo o esforço é maior e que num período alargado a prestação é menor. No entanto, faça sempre um raciocínio a longo prazo para estimar os encargos que terá em cada ano do empréstimo. Um exemplo comum é o custo com a educação. Se já sabe que daqui por três anos vai passar a assumir o encargo da creche ou ATL, então não deixe de equacionar que a sua taxa de esforço é mais exigente nessa altura.

A taxa de juro é o custo do dinheiro

Por último, procure balizar a taxa de juro que está disposto a assumir. Neste item pode “jogar” com diferentes credores. No simulador de crédito pessoal poderá verificar com clareza a diferença de custo total de um empréstimo. Para o mesmo montante, no mesmo período, uma diferença de 2 pontos percentuais pode acrescentar aos encargos do empréstimo mais de 1.350€.

O resultado do simulador é uma prestação

O nosso foco ao utilizar o Simulador de Crédito Pessoal está sempre na prestação, pois é esta que nos vai acompanhar ao longo do tempo. Depois de utilizar as variáveis montante, prazo e taxa de juro vai chegar ao valor da prestação que pode assumir no seu orçamento familiar. Com esse valor deverá perceber algo que não pode fazer com que fique no limite das suas capacidades financeiras. Terá sempre de ter em atenção que os credores vão precisar de ter garantias que consegue pagar sem esforço a prestação atribuída (daí o cálculo de Taxa de Esforço).

O simulador de crédito consolidado tem informação importante

crédito-consolidado-mãos-website
A consolidação de créditos permite pagar apenas uma prestação por todos os seus créditos e apenas uma vez por mês

Se está a fazer uma simulação para um crédito consolidado, então, o valor da nova prestação revela o quanto ficará a poupar mensalmente com esta operação financeira. Ao consolidar todas as suas responsabilidades num só crédito, além do conforto de pagar a um único credor, está a ter uma poupança mensal que deverá canalizar para outras necessidades da sua vida. Há quem utilize o crédito consolidado para baixar a taxa de juro média dos produtos antes da consolidação (por exemplo: cartões de crédito, descobertos de conta ordenado).

Com esta poupança vai amealhando o suficiente para liquidar antecipadamente o novo crédito consolidado. Desta forma, além de poupar nos juros, não vai ter de ficar 10 anos (por exemplo) com o crédito consolidado. Talvez em 5 anos consiga o suficiente para liquidar antecipadamente.

Se deseja saber mais sobre o Crédito Consolidado do Doutor Finanças e simular a sua poupança mensal, basta preencher o formulário desta página.

A equipa do Doutor Finanças está diariamente a apoiar as famílias nesta “ginástica financeira” que, com disciplina, ajuda a poupar bastante dinheiro nos orçamentos de todos os portugueses.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #crédito consolidado,
  • #crédito pessoal,
  • #créditos,
  • #simulador crédito consolidado,
  • #simulador crédito pessoal

Deixar uma resposta

2 comentários em “Simulador crédito pessoal – Como utilizar

    1. Olá Tiago

      Nesse caso a avaliação terá de ser feita tendo em conta o seu histórico e as suas condições de crédito pois a banca não dará financiamento à empresa.

      Uma solução que podemos também sugerir prende-se com os seus serviços de contabilidade. Se precisar de algum apoio por favor preencha o formulário de contacto.

      Cumprimentos
      João