Finanças pessoais

Seguro de Saúde: 7 erros a evitar aquando da contratualização

A contratualização de um Seguro de Saúde é uma escolha relevante e que pode fazer a diferença na gestão do nosso orçamento mensal.

Finanças pessoais

Seguro de Saúde: 7 erros a evitar aquando da contratualização

A contratualização de um Seguro de Saúde é uma escolha relevante e que pode fazer a diferença na gestão do nosso orçamento mensal.

A contratualização de um seguro de saúde deve ser feita com alguns cuidados. Atualmente, muitas pessoas recorrem aos hospitais privados para tratar da sua saúde. Estes, apesar de mais rápidos na resposta, quando comparados com serviços públicos, também acarretam despesas. Assim, é particularmente relevante que o seguro de saúde possa cobrir parte dos gastos.

Assim, na contratualização de seguros de saúde deve ter muita atenção, pois é muito fácil deixar passar informações importantes. Neste artigo, vamos explorar alguns erros comuns associados a seguros de saúde e perceber como evitá-los.

Leia ainda: Guia de seguros: O que precisa de saber para se proteger

Não confirmar os detalhes de cobertura

Não verificar os detalhes de cobertura pode levar a surpresas no futuro. Logo, deve sempre ler com atenção todas as cláusulas e detalhes para garantir que está a optar pela melhor solução para si. Neste segmento, a oferta varia muito, uns são mais abrangentes nas coberturas, e outros um pouco mais restritivos. Por exemplo, alguns seguros de saúde cobrem consultas e exames, outros, mais básicos, apenas cobrem consultas. Assim, é importante perceber quais são as suas necessidades antes de contratualizar. Muitas vezes opta por uma certa cobertura e depois quando vai usufruir descobre que tem de pagar por inteiro, pois a especialidade a que foi não está incluída.

Por outro lado, deve também fazer o trabalho inverso caso já seja seguido por algum médico em particular. Por exemplo, imagine que pretende mudar de seguro, mas é seguido numa clínica com um médico específico e não quer mudar. Assim, antes de contratualizar um novo seguro, verifique se o seu médico tem acordo com a seguradora para a qual pretende mudar.

Leia ainda: Quais as diferenças entre um seguro de saúde e um plano de saúde?

Não ponderar um seguro de saúde com cobertura superior

É muito importante pensar no futuro quando se trata de saúde. Normalmente, pensamos que, uma vez que somos saudáveis enquanto jovens, apenas precisamos de uma cobertura básica. No entanto, se mais tarde algo acontecer algo, pode não estar preparado para as despesas extra. Um seguro básico de saúde, regra geral, cobre apenas um certo número reduzido de consultas e exames, e tem um plafond baixo para internamentos. Logo, se vier a necessitar de um internamento prolongado ou de realizar vários exames, sem a devida cobertura, terá de suportar todas as despesas.

Leia ainda: Seguro de saúde para o parto de um filho: o que ter em consideração?

Não compreender os custos na totalidade

Não compreender os custos associados na totalidade também pode vir a ser um problema. Garanta que lê todas as exceções das cláusulas e, em caso de dúvida, deve pedir esclarecimentos junto da seguradora.

Outra situação a que deve estar atento diz respeito às franquias. Isto é, a parte dos custos que fica a cargo do tomador do seguro. Os Seguros de saúde com franquia, regra geral, têm valores mensais mais baixos e apelativos. No entanto, deve ter em conta que as despesas não são totalmente cobertas e terá de assumir parte dos custos.

Leia ainda: 5 coisas que deve analisar antes de contratar um seguro de saúde

jovem mulher em consulta médica aguarda a prescrição que o médico está a redigir

Apenas utilizar o seguro de saúde oferecido pela empresa

Atualmente, muitas empresas oferecem um seguro de saúde, como benefício extrassalarial aos funcionários efetivos. Se este é o seu caso, procure informar-se sobre o tipo de cobertura a que tem direito. Muitas vezes, estes seguros são a opção mais básica, o que pode não ser suficiente para si. Por outro lado, pode preferir um seguro melhor do que o oferecido e querer contratualizar um ou fazer uma extensão do que já tem.

Leia ainda: Seguros de saúde e de acidente de trabalho: Coberturas e diferenças

Não procurar diferentes opções

A escolha de um Seguro de Saúde não deve ser feita à pressa. Nem sempre a primeira opção é a melhor. No que diz respeito ao seu Seguro de Saúde deve procurar diversas opções. Faça simulações online, contacte várias seguradoras diretamente ou utilize mediadores de seguro que fazem esse trabalho por si. O importante é comparar as diversas opções para que a sua escolha seja a que melhor responda às suas necessidades.

Leia ainda: Apoio à saúde em casa: Que serviços existem e como funcionam?

Ocultar dados médicos

Este ponto não é comum a todas as seguradoras. Atualmente, existem muitas que não pedem historial médico para poder proceder à contratualização. No entanto, algumas ainda o fazem. Neste caso, procure não ocultar nenhum facto relevante, já que o reembolso pode ser-lhe negado por esse motivo. As seguradoras normalmente precavêem-se para estas situações e há cláusulas que as salvaguardam. Assim, não tenha receio de partilhar todo o historial médico. Pode acabar a contratualizar uma opção mais cara, mas vai compensar no futuro.

Esperar muito tempo para investir num Seguro de Saúde

Pensar que apenas precisamos de cuidados de saúde quando somos mais velhos é um erro. Problemas de saúde, doenças crónicas, ou, até mesmo, acidentes podem acontecer de forma inesperada. Se diante de uma situação destas não tiver seguro, pode não conseguir ter um acompanhamento especializado e terá de suportar todas as despesas. Assim, terá de se socorrer das suas poupanças e dar-lhes um destino que não seria o esperado.

Leia ainda: Seguro ou cartão de saúde? O que ter em conta antes de decidir

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.