Simulador de Subsídio de Desemprego 2021

Utilize este simulador de subsídios de desemprego e saiba quanto vai ganhar em 2021, se ficar nesta situação.

Saber exatamente quanto vai receber de subsídio de desemprego é crucial para uma gestão cuidada das finanças pessoais, durante o período em que estiver nessa situação. Neste Simulador de Subsídio de Desemprego 2021, vai poder encontrar a duração deste apoio e o respetivo montante mensal, no seu caso específico.

Em 2021, o montante mínimo de subsídio de desemprego fixa-se nos 504,6€ (1,15 IAS), acima do valor de €502 considerados como limiar de pobreza.

Que dados são necessários para utilizar este Simulador de Subsídio de Desemprego 2021?

Para chegar corretamente ao valor e duração do seu subsídio de desemprego, há alguns dados que deve ter consigo. Caso não os saiba de cor, poderá consultar no Portal das Finanças ou na Segurança Social Direta.

  • Número de dias com contribuições, nos 24 meses anteriores ao desemprego;
  • Quantos meses contribuiu na totalidade da sua carreira;
  • Idade;
  • Salário médio dos primeiros 12 meses nos últimos 14 meses;
  • Número de meses com descontos nos últimos 14;
  • Valor do subsídio de férias;
  • Valor do subsídio de Natal;
  • Situação do agregado familiar e número de dependentes.

Como fazer o pedido do Subsídio de Desemprego?

O Subsidio de Desemprego deve ser pedido no centro de emprego.  Após a data de desemprego, tem de 90 dias contínuos para o requererÉ necessário que o beneficiário já esteja inscrito no centro de emprego, para que possa avançar com o requerimento deste apoio.

Ao dirigir-se ao centro de emprego, para pedir o Subsídio de Desemprego, deve ter em sua posse:

  • Requerimento de prestação de desemprego (preenchido no centro de emprego);
  • Declaração de situação de desemprego;
  • Prova de ação judicial se o empregador terminar contrato de trabalho por justa causa ou vice-versa;
  • Declaração em mora e prova da comunicação à entidade patronal se o trabalhador suspender contrato devido a salários em atraso (se for o caso);

Quem pode pedir este subsídio?

Quem pretender usufruir deste apoio, deve cumprir as seguintes condições:

  • Residentes em Portugal;
  • Situação de desemprego não voluntária;
  • Ter capacidade e disponibilidade para trabalho;
  • Estar inscritos no centro de emprego;
  • Ter trabalhado 360 dias por conta de outrem com registo de remunerações no 24 meses antes do desemprego;

Caso precise de mais informações sobre o pedido e atribuição do Subsídio de Desemprego consulte o Guia Prático Subsídio de Desemprego, disponibilizado pela Segurança Social.

Estar bem informado sobre todas as hipóteses e apoios, é a melhor forma de fazer frente a uma situação de desemprego. A par disso, deve tomar algumas atitudes que podem facilitar a sua vida, neste momento delicado: rever o orçamento familiar, negociar despesas - das menores, como o ginásio, às maiores, como o crédito habitação. Uma atitude positiva e pró-ativa também é muito benéfica nestes momentos mais difíceis.

Partilhe este artigo