Vida e família

7 dicas para poupar dinheiro na compra de roupa

Para poder renovar o seu guarda-roupa, não precisa de gastar muito dinheiro. Siga estas dicas para poupar em roupa sem estragar o seu orçamento.

Márcio Fontes Márcio Fontes , 27 Março 2020

Comprar roupa é algo a que ninguém escapa. Por vezes, certas peças de roupa deixam de nos servir porque engordamos ou emagrecemos. Outras vezes acabamos por ceder a certas tentações, tais como um casaco novo, um vestido, entre outros desejos. Ou simplesmente utilizamos repetidamente a mesma roupa, que acaba por se desgastar.

Como tal, é natural que estas despesas tenham impacto no seu orçamento familiar, especialmente na mudança de estação. Assim, eis algumas dicas que vão ajudar a poupar dinheiro na compra de roupa.

Saber o que tem no guarda-vestidos

Da mesma forma que não vai ao supermercado sem saber o que já tem no frigorífico, também não deve comprar roupa sem saber o que já tem no seu guarda-vestidos. Por isso, antes de se dirigir a um centro comercial, verifique o que tem.

Pode começar por organizar a sua roupa por categorias. Por exemplo, ver quantos casacos tem, quantas camisas, quantas calças, etc. De seguida, pode organizar por cores e determinar quais é que combinam entre si.

Depois, é útil determinar qual o tipo de roupas que necessita. Se precisar de roupas que utiliza diariamente para trabalhar, então provavelmente fará sentido fazer umas pequenas compras. No entanto, se precisar de algo mais formal que geralmente só utiliza numa cerimónia ou num grande evento, então provavelmente poderá esperar.

Fazer uma lista da roupa que precisa

Fazer compras sem uma lista é a receita ideal para gastar muito mais do que estava à espera. Como tal, torna-se importante manter-se fiel à lista de roupa que lhe faz falta. Se não tem este hábito, é uma boa prática começar a fazê-lo.

Além isso, ao elaborar uma lista tente escolher produtos com os quais pode combinar roupa que já tem no seu guarda-vestidos. Ao fazer isto, estará a diminuir as chances de comprar algo que não irá conseguir usar, porque não tem nada que combine, o que o irá obrigar a gastar mais dinheiro.

Outra dica para seguir a sua lista à risca é ser o mais específico possível. Não se limite a anotar que apenas precisa de calçado. Especifique se precisa de sapatos, botas ou sandálias. Escrever precisamente o que necessita irá diminuir a probabilidade de divagar. É verdade que fazer compras pode ser irresistível devido à variedade de produtos em seu redor, mas tente ignorar o que não necessita de momento.

Já no que diz respeito a roupa de criança, geralmente nas montras encontram-se bastantes conjuntos, principalmente com acessórios (cachecóis, chapéus, entre outros) que na grande maioria dos casos não irá precisar. Por isso siga a lista para poupar dinheiro.

Estipular um orçamento

Como todos sabemos, é muito fácil perder o controlo das despesas quando não estipulamos um montante máximo a gastar. Sendo assim, é aconselhável que defina antes quanto dinheiro pode gastar em roupa todos os meses.

Junte todas as despesas relacionadas com poupança, renda, contas da casa, alimentação e transporte. A diferença entre o seu rendimento e estas despesas irá dar o valor restante que poderá gastar, por exemplo, em roupa.

Comprar roupa de qualidade

Apesar de gastar mais dinheiro inicialmente por roupa de maior qualidade, a longo prazo irá poupar bastante mais, visto que a sua durabilidade é superior. As roupas mais baratas desgastam-se mais rapidamente, pelo que terá de gastar mais dinheiro com elas do que se investir numa peça que dure vários anos.

Deve também separar as roupas caras das roupas de investimento para vários anos. Um bom casaco de inverno vai durar várias estações, pelo que poderá poupar mais dinheiro para fazer a compra avultada.

Lembre-se sempre do orçamento que tem para as compras. Se não consegue ter roupas caras, encontre outras marcas e escolha as melhores peças que vai realmente usar vários anos.

Aproveitar o período de promoções e descontos

Existem alturas em pode sempre aproveitar o período de promoções e descontos para economizar. Não é necessário que tenha de comprar um produto mal o veja, ou de nova coleção, visto que este eventualmente irá entrar em promoção mais cedo ou mais tarde.

Ao esperar mais um tempo, irá conseguir usufruir de melhores produtos pelo mesmo preço que iria pagar caso fosse uma peça de nova coleção. Contudo, deve sempre ir verificando as flutuações de preço e não esperar demasiado pela promoção ou desconto ótimos, porque o seu tamanho pode esgotar.

No caso de roupa para criança, visto que o seu crescimento é bastante rápido e é necessário comprar roupa continuamente, consegue usufruir de bastantes descontos se comprar a mesma já usada. Tendo em conta que uma criança de 2/3 anos não veste o mesmo tamanho durante muito tempo, esta pode ser uma boa opção para poupar dinheiro.

Comprar roupa fora de época

Comprar roupas que ainda não precisa é uma ótima forma para poupar, no entanto, requer algum planeamento. Tente comprar roupa para o futuro, ao invés de roupa para o presente. Por exemplo, sobretudos em abril podem ser mais baratos do que aqueles que são vendidos em novembro ou dezembro. Da mesma forma, calções serão mais acessíveis nos meses de setembro, do que em maio ou junho.

Se possível, tente comprar roupa depois de uma dada época acabar. Verifique o que tem no seu guarda-vestidos e que lhe faz falta para a próxima época. Aponte esses produtos e quando essa época acabar, pode sempre aproveitar os descontos simpáticos.

Ler mais: Sites de descontos: vantagens e desvantagens

Tratar melhor da sua roupa

Pequenas mudanças podem dar ótimos resultados no que toca a manter a qualidade da sua roupa por um período mais longo.

Ter atenção à lavagem dos materiais é uma forma de aumentar a ciclo de vida da roupa. Cuidar da mesma não a deixando em sítios sujos ou lavar fora da estação de utilização ajuda bastante.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)