Vida e família

Como identificar fake news na Internet

Com a proliferação de informação em redes sociais é fácil encontrar informações falsas. Saiba como identificar fake news antes de partilhar.

Vida e família

Como identificar fake news na Internet

Com a proliferação de informação em redes sociais é fácil encontrar informações falsas. Saiba como identificar fake news antes de partilhar.

O acesso generalizado à Internet permite aos cidadãos passar horas a navegar por websites, redes sociais e fóruns. Ao estar permanentemente a aceder a conteúdos, muitas vezes aparecem informações falsas que circulam rapidamente e provocam falatório.

Sem que haja um contexto, a desinformação prolífera, não promovendo a literacia das pessoas sobre determinados temas. Por isso, é relevante o cidadão entender como identificar fake news para se manter informado sobre a atualidade.

O que são fake news?

O conceito de fake news é traduzido como "notícias falsas". São muitas vezes encontradas em motores de busca, websites, fóruns ou redes sociais. No fundo, é uma frase, imagem ou um artigo que é partilhado por pessoas para alertar determinado acontecimento, quando, na verdade, tal evento não ocorreu.

Tanto pessoas como robots partilham estas informações, o que gera ainda mais partilhas, cliques e visitas em determinado portal. Ou seja, há por detrás um incentivo comercial em promover desinformação. Como tal, é importante saber identificar fake news e partilhar apenas informação credível e verdadeira. Siga estas dicas no seu dia a dia.

Leia ainda: O que deve fazer se uma nota falsa chegar às suas mãos?

Identificar fake news através da fonte ou do autor

Existem mais de 700 milhões de websites na Internet, segundo dados de outubro de 2019. Assim, é preciso analisar os conteúdos que lhe são apresentados todos os dias.

Se lhe chegar um link que alguém partilhou, verifique qual é a fonte, do mesmo. Qual o URL do website? Quem é o autor deste artigo? Ao confrontar-se com uma informação, procure confirmá-la junto de órgãos oficiais.

Se estiver perante alguma notícia relacionada com uma medida do Governo, deve visitar websites oficiais de órgãos de soberania, como os referentes à Presidência da República, Portugal.Gov.PT, Portal das Finanças, Segurança Social, Portal ePortugal, entre outros. Caso a informação não esteja nestes portais, provavelmente é falsa.

Pode-se também identificar fake news mesmo não conhecendo a fonte. Ao deparar-se com um portal que desconhece, tente procurar pela página "sobre nós" ou por "contactos" para reconhecer uma morada, uma entidade fiscal, um e-mail de contacto, perfis de redes sociais, um número de telefone. Se esta informação é visível, provavelmente há uma equipa por detrás que trabalha sobre determinado tema e que pode ajudar a confirmar determinadas notícias partilhadas.

Ler mais: 8 dicas para evitar cair em burlas e esquemas fraudulentos em nome de outras entidades

rapariga a mexer no smartphone a identificar fake news

Atenção aos títulos chamativos

Quantas vezes encontramos títulos de artigos ou páginas que parecem "demasiado bons para ser verdade"? Muitos relacionam-se com temas científicos em que existe uma super cura ou até acontecimentos insólitos passados que chamam à atenção e que fazem partilhar o conteúdo com outros.

O título pode ser promissor, mas deve-se perceber do que se trata antes de partilhar. Ao ver o artigo, veja se a linguagem é cuidada ou se as frases não têm palavras em maiúsculas ou minúsculas misturadas. Ao ter alguma certeza de que o artigo é, de facto, credível, há mais segurança em partilhar algo que não é mentira.

Verifique elementos da imagem fora do comum

Como usar o e-commerce e fazer compras em segurança
Ler mais

Identificar fake news passa também por perceber se imagens ou documentos foram adulterados.

Cada vez mais imagens e grafismos inundam as redes sociais e grupos privados. Muitas vezes estas são preparadas para chocar os outros e com isso levar as pessoas a agir e a partilhar. As mais recentes polémicas também mostram como alguém consegue manipular documentos que parecem oficiais.

Para identificar fake news e documentos falsos, procure por elementos chave que parecem diferentes: verifique a fonte, de que forma está escrito o documento, bem como se o logotipo utilizado é o original. A mancha gráfica pode enganar o olho, mas quando se olha para estes pequenos detalhes, conseguimos distinguir documentos oficiais e aqueles que são falsos.

Quanto a identificar fotografias como montagens, tente encontrar a fonte da mesma. Pode pesquisar na internet uma breve descrição da imagem para perceber se existe informação a indicar se a fotografia é verdadeira.

Visite órgãos de comunicação social

Por forma a obter informação clara e verdadeira, obtenha as suas notícias através de fontes credíveis, como órgãos de comunicação social portugueses e estrangeiros. Muitos destes sites têm páginas como estatuto editorial, contactos da redação visíveis e também o registo da ERC. Se estiver a ver uma notícia muito importante e que não está em nenhum jornal, site ou televisão, é de desconfiar.

Existem também vários websites e blogs na internet que podem partilhar todo o tipo de informações, mas é necessário distinguir notícias de opiniões. Assim, antes de partilhar, confirme se está a partilhar algo com outros que é credível, se determinado acontecimento teve lugar ou se uma imagem é uma montagem para transmitir uma opinião.

Saber identificar fake news ajuda a conter a desinformação e a promover a literacia junto dos cidadãos. Utilize estas dicas no seu dia a dia para estar informado da melhor maneira.

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe uma resposta

Insira o seu nome

Insira um email válido