Um uso incorreto dos dados móveis pode acarretar despesas desnecessárias e, por consequência, desequilíbrios financeiros. Para que isso não aconteça, conheça neste artigo algumas dicas sobre como poupar nos dados móveis.  

Hoje em dia, o uso de um telemóvel ou smartphone é uma coisa banal e que não serve apenas para realizar chamadas ou enviar mensagens, mas também como instrumento de trabalho. A maioria das pessoas possui um plano de internet adequado à sua utilização diária, com um plafond associado.  

Este plafond permite que em qualquer zona do país se possa aceder à internet, consultar as redes sociais, ver o email, trabalhar, conversar com a família e amigos via aplicações móveis como o Messenger ou o WhatsApp. 

Segundo dados recentes da ANACOM (Entidade Máxima que supervisiona o setor das comunicações em Portugal) cerca de 68.8% dos portugueses possuem um smartphone e, no interior deste universo, perto de 6,14 milhões têm acesso a internet no telemóvel. Por esta razão, a maior parte dos tarifários fornecidos pelas diferentes operadoras, já incluem o serviço de banda larga móvel, tecnologia que funciona com as redes 3G e 4G.

Quem é utilizador regular e com frequência da internet móvel, por certo já se familiarizou com a expressão que por vezes surge no ecrã do seu telemóvel: já esgotou o seu plafond de internet ou 80% dele. A razão pela qual isto se verifica tem a ver com o pacote de dados contratualizados com as operadoras que regra geral, oferecem um número muito limitado destes dados, pelo que se for um utilizador muito frequente da internet móvel, depressa esgotará o plano que lhe foi atribuído. 

O que são dados móveis?

Por cada momento que passa na internet no uso do seu telemóvel, para que essa ligação seja efetuada, tem de ativar os dados móveis, assim também como quando contrata um serviço de banda larga móvel. As diferentes operadoras e plataformas usam diferentes tipos de dados móveis, tendo em conta a sua quantidade (MB ou GB – Megabytes ou Gigabytes).  

Como exemplo, o consumo de dados móveis de cada vez que decide ver um vídeo é muito superior ao de consultar um email. Como tal, para uma utilização correta e poupada dos dados móveis, deve ter em conta alguns aspectos de acordo com o seu tarifário.  

Dicas a ter em conta na utilização dos dados móveis

Para ver vídeos e ouvir música, utilize sempre o WiFi

Se pretender assistir a um vídeo no You Tube ou ouvir uma música, aguarde por um local que tenha a rede WiFi disponível. Se o fizer usando os dados móveis do seu telemóvel, vai por certo consumir uma grande quantidade de dados o que para esgotar o seu plafond é num ápice.  

Atualize os mapas sempre em modo offline

Isto é válido para as férias quando se vai fazer uma viagem em que o GPS se torna o nosso aliado mais precioso, ou então quando se pretende deslocar para um determinado local e não se sabe ou não tem a certeza do caminho a seguir.

Saiba que cada vez que abre a aplicação do GPS está a consumir os dados móveis. Para que isto não aconteça e poupe no consumo destes dados, aguarde pela localização com uma rede WiFi. Algumas aplicações como o Google Maps, por exemplo, já permitem que se efetue estas atualizações em modo offline, isto é, sem qualquer ligação à internet. Neste caso, apenas tem de descarregar o mapa da área ou local que vai visitar antes de prosseguir viagem. 

Opte pelas SMS

Cada vez que estiver na rua e pretender comunicar com alguém, até mesmo em questões de trabalho, envie uma mensagem instantânea, ao invés de ativar os dados móveis ou estabelecer uma chamada de vídeo. Se, no entanto, vir que é mais eficaz efetuar uma videochamada, recorra a aplicação Skype ou se o seu telemóvel possuir um sistema operativo IOS a aplicação Facetime. Caso tenha um Android, pode usar o programa de videochamadas da Samsung sendo que nesta situação apenas os telemóveis da mesma marca podem usar este sistema.  

Limite o upload

Não são apenas os downloads que nos consomem dados móveis, os uploads também. Quantas vezes tirou fotos e para libertar espaço na memória do telemóvel, decide fazer o upload (transferência) dessas mesmas fotos e publicá-las nas redes sociais por exemplo? Ao optar por fazer sempre esse upload, vai consumir muitos dados móveis, especialmente se a, ou as, fotografias em causa forem muito pesadas. Aqui a palavra-chave é consciência na hora de fazer estes uploads.  

Anúncios ou pop up? Bloqueie

Estes anúncios ou janelas pop up, normalmente aparecem quando está a navegar na internet ou nas aplicações que tem disponíveis no seu telemóvel. Grande parte dessas aplicações geram receitas através da publicidade e, o que é bom para elas, é menos bom para si, pois consomem bastantes dados, já para não falar de que atrapalham a navegação. Para que isto não suceda, existem algumas aplicações que permitem bloquear estes anúncios.  

Conheça o seu dispositivo

De modo a evitar uma utilização pouco pretendida do tarifário que escolheu, pode barrar o acesso a determinadas aplicações por intermédio dos seus dados móveis. Se quer saber como pode limitar o acesso à internet móvel, pode consultar as instruções contidas no seu smartphone ou em todo o caso contactar o seu operador. Nos casos em que não pretenda estar ligado a internet, desligue os dados móveis. Assim fica com a certeza de que nenhuma aplicação vai ser atualizada sem o seu conhecimento. 

Controle os gastos

As empresas operadoras de telecomunicações colocam ao dispor dos seus clientes, algumas ferramentas para que os clientes tenham conhecimento e controlem melhor os seus gastos com a internet móvel. Estas consultas podem ser feitas quer por download da aplicação respetiva para aceder ao site, quer através de informação por SMS. O importante mesmo é saber a quantas anda e se esta informação não for a suficiente, pode sempre contactar o seu operador.  

Em suma

Saber utilizar os dados móveis, pode ajudar a poupar muito dinheiro. Apenas tem de fazer uso do seu telemóvel, de uma forma responsável e moderada.