Finanças pessoais

Férias low-cost: 5 dicas para ir de férias sem gastar muito dinheiro

Quer ir de férias, mas não quer gastar muito dinheiro? Siga 5 dicas para fazer umas férias low-cost

Finanças pessoais

Férias low-cost: 5 dicas para ir de férias sem gastar muito dinheiro

Quer ir de férias, mas não quer gastar muito dinheiro? Siga 5 dicas para fazer umas férias low-cost

Depois de meses de trabalho, gozar uns dias de férias pode fazer toda a diferença no nosso equílibrio. Porém, para muitas pessoas as férias acabam por ser passadas na sua zona de residência porque o seu orçamento não permite usufruir de outro tipo de férias. No entanto, existem alternativas e é possível fazer umas férias low-cost.

Neste artigo, reunimos 5 dicas para planear as suas próximas férias low-cost, ou seja, sem gastar muito dinheiro.

1. Vá de férias na época baixa

A época baixa é uma altura do ano em que há menos turismo. Esta altura varia de acordo com o país ou localidade que vai escolher visitar. Por vezes, a época baixa, se for num destino de praia, é associada aos meses frios e a época alta é associada aos meses de calor. Durante esta altura surgem várias vantagens para quem quer ir de férias sem gastar muito dinheiro.

Para começar, o preço das viagens diminui durante esta época. Para quem sempre sonhou ir a um determinado local, com um preço de viagem um pouco elevado para o seu orçamento, esta pode ser a altura ideal para comprar bilhete. O preço dos transportes, seja comboio, autocarro ou avião, entre outros, diminui quando não há tanta procura. Logo, esta "estratégia" também pode ser útil para quem quer viajar, sem ter nenhum sítio em mente e, por isso, pode apenas escolher o preço mais barato.

O mesmo acontece com o preço do alojamento e das atividades, sejam passeios, visitas a monumentos, entre outras.

2. Comece por planear e faça um orçamento

Os seus planos para gozar férias devem começar com a maior antecedência possível. Assim sendo, o primeiro passo é definir quanto dinheiro vai meter de lado todos os meses para estas férias. Mesmo que sejam pequenas quantias, se começar cedo quando chegar a altura de fazer as suas férias, vai ter uma boa quantia amealhada para tal. Mas, atenção, defina um valor realista, não vale a pena pensar em guardar grandes valores e não conseguir cumprir.

Quando definir durante quanto tempo e que quantidade vai guardar, pode fazer um orçamento. Com base na quantia que vai ter disponível, faça contas e detalhe quanto vai poder gastar com alojamento, transportes, alimentação e atividades.

Depois deste planeamento, passe para a pesquisa da oferta, bem como para a comparação de preços. Sempre de forma a conseguir manter-se dentro do orçamento.

Leia ainda: Saiba como agendar as suas férias lhe pode poupar dinheiro

Uma autocaravana estacionada num parque

3. Onde vai dormir nas suas férias low-cost?

O alojamento pode ser uma das maiores despesas neste seu orçamento, sobretudo se o destino for mais longe de casa. Contudo, existem diferentes opções que podem ajudar a diminuir este gasto.

Primeiro, antes de começar a procura por alojamento, lembre-se se existe a possibilidade de ter um familiar ou amigo com casa perto da zona que vai visitar e se é possível lá ficar. Esta escolha permite-lhe poupar o montante destinado ao alojamento. Por outro lado, se não for possível, não precisa necessariamente de ficar num hotel já que a oferta é bastante diversificada e responde a todas as carteiras.

Assim, é possível procurar preços mais em conta e promoções. Existem alguns sites que ajudam neste processo de procura e comparam as diferentes opções, a nível de preço e outros aspetos relevantes. Bokking.com, Trivago e Momondo são alguns dos sites que o podem ajudar nesta fase.

No caso dos hostels e airbnb pode mesmo conseguir poupar algum dinheiro. Estes são tipos de alojamento mais baratos e que permitem conhecer diferentes pessoas, uma vez que muitos dos espaços são partilhados. Procurar uma casa para arrendar é uma opção mais cara, mas mas oferece outro tipo de vantagens para quem, por exemplo, viaja em grandes famílias.

Pode ainda optar por fazer campismo. Pode fazê-lo de forma mais convencional, procurando um parque de campismo para tendas ou pode ainda fazer caravanismo e passar a noite em parques para autocaravanas.

Leia ainda: Marcar férias: 14 questões para o ajudar

4. Como vai viajar?

Sejam férias cá dentro ou noutro país, os transportes são sempre algo a ter em conta e para os quais é necessário reservar uma boa parte do seu orçamento. Na verdade, não basta pagar o valor da viagem de ida e volta para o destino escolhido, também vai precisar de se movimentar na localidade ou até mesmo entre localidades.

Se estiver a pensar fazer uma viagem que pode ser feita de carro, verifique se compensa em termos de despesa em combustíveis e portagens, uma vez que, a principal vantagem de viajar de carro é não precisar de se limitar aos transportes e horários disponíveis durante as suas férias.

Se optar por viajar de transportes públicos, compare preços de bilhetes e a quantidade de bagagem que pode levar consigo. Para comparar viagens disponíveis pode, entre outros exemplos, consultar o site Edreams para voos, FlixBus para autocarros e Omio para comboios.

Analise ainda as deslocações que planeia fazer. Vai precisar de confirmar se é necessário alugar um carro ou aderir a algum cartão de bilhetes recarregáveis que permite poupar no valor das viagens locais.

5. Tenha cuidado com as suas refeições

Quando estamos de férias é "normal" que não nos apeteça pensar em tarefas do dia a dia, nomeadamente preparar refeições. Contudo, comer fora todos os dias não é possível para quem quer fazer férias low-cost.

Para quem fica alojado em hotel, pode ser mais difícil evitar refeições já prontas. O que vai poder fazer se optar por este tipo de alojamento é fazer algumas compras no supermercado de alimentos e refeições que não precise de preparar. Outros tipos de alojamento já vão permitir cozinhar as suas refeições. Assim, faça uma lista de compras de alimentos que vai precisar e prepare um orçamento para gastar em alimentação.

Se no local onde vai ficar tiver direito a refeições, aproveite. É menos esse dinheiro que gasta.

Leia ainda: 3 ideias de férias low-cost com os miúdos

Partilhe este artigo
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.