Orçamento Familiar

Como controlar as compras por impulso com o Boonzi

Catarina Alves de Sousa Catarina Alves de Sousa , 21 Abril 2016

Quando vemos algo que desejamos numa loja, o ímpeto para comprar é despertado e não é fácil controlá-lo. Veja neste artigo como o Boonzi pode ajudá-lo a controlar impulsos consumistas que podem pôr em perigo a estabilidade do seu orçamento familiar.

Controlar as compras por impulso é, de facto, difícil e requer alguma disciplina, mas não é impossível. O ideal é que crie um orçamento mensal no Excel, ou numa aplicação como o Boonzi definindo quanto pretende gastar em cada categoria até ao final do mês. Depois disso, antes de realizar qualquer gasto deve verificar se ainda tem margem nessa categoria.

Isto é algo que o Boonzi possibilita de uma forma simples e eficaz. No Boonzi é fácil criar o seu orçamento mensal, distribuindo o seu saldo (e receitas) pelas categorias onde prevê gastar dinheiro, e depois acompanhar o cumprimento dos objectivos que definiu tanto no computador, como no telemóvel.

Faça um orçamento mensal com limites por categoria

27.-marco-2015-1024x630
Orçamentos do Boonzi no software para computador

Já antes escrevemos acerca da importância vital do Orçamento Familiar no blog do Doutor Finanças e do papel facilitador que o Boonzi tem na gestão do mesmo.

Uma das grandes mais-valias do Boonzi é precisamente permitir que estabeleça orçamentos mensais com limites por categoria, sendo calculada automaticamente a poupança que obterá no final do mês se for fiel ao seu orçamento mensal.

Quando for às compras, não se esqueça de consultar o seu orçamento para o mês corrente na aplicação do Boonzi para telemóveis (Boonzi Mobile) para assim conseguir tomar as melhores decisões no que diz respeito às compras.

orcamentos-boonzi-mobile
Os orçamentos do Boonzi dizem-lhe quanto é que ainda pode gastar numa categoria

Ou seja, primeiro cria o seu orçamento mensal no computador e sincronizar no telemóvel. Depois, enquanto anda nas compras, deve consultar no seu telemóvel quanto é que ainda tem disponível numa determinada categoria. Imagine que definiu o limite de 60€ para vestuário, e viu uma peça que lhe interessou. Basta agarrar no telemóvel, e consultar quando é que ainda tem disponível na categoria de vestuário. Assim assegura que nunca gasta mais do que o seu orçamento mensal permite.

Além disso, sempre que regista uma despesa, o Boonzi mostra-lhe imediatamente um aviso com o impacto que esta despesa tem no seu orçamento. Veja no vídeo abaixo um resumo do Boonzi:

Registe todas as despesas

Outra estratégia passa por, antes de ir a uma superfície comercial onde a “tentação” está mais presente, levante dinheiro no ATM para gastar em compras por impulso, mas com a regra de não exceder a quantia que leva em dinheiro. Pense nesse dinheiro como o seu orçamento para compras impulsivas (que criou anteriormente no Boonzi) e registe todas as compras no seu Boonzi Mobile enquanto ainda estão “frescas” na sua memória. Assim garante que não se esquece onde gastou o dinheiro que levou.

Siga a regra dos 30 dias e crie um lembrete na Agenda

agenda

A Regra dos 30 Dias é uma estratégia recomendada por vários sites de finanças pessoais que consiste em fazer uma lista e colocá-la num sítio visível da casa (no frigorífico, por exemplo), onde vai registar o que quer comprar sempre que sentir vontade de o fazer. Passados 30 dias, se ainda desejar o produto em questão, pode comprá-lo. Se a vontade passar, risque-o da lista.

No Boonzi, pode seguir este procedimento ao criar lembretes na Agenda do Boonzi para as compras que deseja fazer ao fim dos próximos 30 dias com a quantia a que corresponde cada compra.

agenda2

Se se arrepender, peça a devolução (e registe no Boonzi)

É mais uma medida mais de remedeio do que de prevenção, mas que poderá ajudar a recuperar algum do dinheiro gasto em compras por impulso se as estratégias anteriores falharem ou se ultrapassar o seu orçamento criado especificamente para este tipo de consumo.

A maioria das lojas permite pedir devoluções até 15 a 30 dias após a compra. Antes de efectuar uma compra por impulso (ou seja, de algo de que não precisa realmente), passe os olhos pelo regulamento da loja (ou site) em que se encontra. Nas superfícies comerciais físicas, estas informações costumam estar situadas junto às caixas de pagamento. Online, poderá encontrar esta informação, normalmente, na secção “Termos e Condições”.

No caso de ter efectuado uma devolução, no Boonzi basta:

  • Apagar a transacção de despesa que registou após efectuar a compra e não registar a transacção respeitante ao dinheiro devolvido (ou seja, anula a compra e o seu saldo continua correcto) ou...
  • Registar a devolução como receita (solução não muito recomendada)

Saiba mais sobre o Boonzi e experimente gratuitamente

Mockup-Generated-by-Dunnnk-1-1000x667

Se ainda não conhece o Boonzi, saiba mais sobre este software de finanças pessoais 100% português neste artigo e descarregue gratuitamente aqui. 🙂

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #apps para poupar dinheiro,
  • #boonzi,
  • #como controlar compras por impulso,
  • #compras por impulso

Deixar uma resposta

4 comentários em “Como controlar as compras por impulso com o Boonzi