Atualmente considerada a maior conferência sobre tecnologia, a Web Summit junta mais de 42.000 pessoas, vindas de cerca de 134 países diferentes. Centrada no tema da tecnologia da Internet, esta conferência é uma excelente forma de os profissionais conhecerem as novas tendências e fazer networking. Saiba como.

A Websummit é uma das maiores conferências do mundo sobre tecnologia. Com mais edição em Lisboa, a conferência destaca-se por juntar, no mesmo espaço, empresas conceituadas, como a Microsoft e a IBM, start-ups e profissionais liberais da indústria da tecnologia.

Os participantes podem conhecer as tendências da Internet e discutir os temas mais quentes do momento no mercado. Com oradores de varias áreas de atuação, como o ativista e político norte-americano Al Gore (na edição de 2017) e Eric Wahlforss, cofundador do SoundCloud (na edição de 2016), a Websummit é uma conferência de extremo interesse não só para empresas e profissionais que atuem na indústria da tecnologia, mas também para quem, não pertencendo a este ramo, faça uso das tecnologias para desenvolver o seu negócio.

Com vários palcos, vários oradores e uma multiplicidade de coisas a acontecer ao mesmo tempo, é fácil perder a orientação quando entramos no recinto. Para o ajudar a tirar o máximo partido do maior evento de tecnologia da Europa, reunimos um conjunto de dicas para os diferentes tipos de perfil: profissional (freelancer ou por conta de outrem), empreendedor e estudante.

A Web Summit e os profissionais de tecnologia: fazer contactos e conhecer as novidades

Tanto para freelancers como para trabalhadores por conta de outrem, a maior vantagem da Web Summit é aceder a um elevado número de empresas e profissionais, reunidos no mesmo espaço, ao mesmo tempo. Com uma rápida consulta à App mobile da conferência, é fácil perceber quais as empresas e respetivos representantes presentes no evento e até mesmo fazer um primeiro contacto através de mensagem. Isto permite tirar máximo partido do networking que o evento possibilita.

Se é freelancer, é provável que o seu principal interesse seja assistir aos diversos painéis de oradores. Leve consigo um bloco de notas e uma caneta para garantir que aponta todas as informações importantes. Não se esqueça do telemóvel, para estar sempre contactável, e da powerbank, para que nunca lhe falte a energia. Indispensáveis também são os seus cartões de visita (em formato tradicional ou em modelos digitais) para distribuir e criar novas oportunidades.

Também os profissionais por conta de outrem que procurem novos desafios profissionais têm na Websummit a possibilidade de criar novas oportunidades.

Muitas empresas aproveitam a conferência para recrutar para funções específicas. Muitas delas possuem mesmo um espaço, no stand de exposição, reservado para entrevistas e recrutamento. Esteja atento e tenha sempre consigo o seu currículo atualizado, em formato digital ou em papel. E não se esqueça de cuidar da apresentação: a Websummit é uma conferência que se destaca pelo seu caráter informal, como tal, aposte numa roupa confortável e suficientemente discreta para ser adequada para entrevistas de emprego.

A Web Summit como palco de oportunidades para os empreendedores

A conferência de tecnologia é um local de extremo interesse para empreendedores, especialmente aqueles que procuram investimento para dar novo fôlego aos seus projetos. No espaço especialmente reservado para start-ups poderá apresentar a sua empresa a investidores, potenciais clientes e ao público em geral.

A criação de sinergias, a nível financeiro e de networking, e a exposição provaram, nos anos anteriores, ser bastante benéficas para quem está a dar os primeiros passos na jornada da criação de um negócio.

Expor o seu negócio numa conferência como a Websummit permite testar a receção que o produto/serviço terá no lançamento ao mercado.

Aproveite também para espreitar o que as outras empresas andam a fazer e, eventualmente, criar parcerias.

Mas atenção: irá precisar de manter os níveis de energia no máximo! A sua empresa depende de si e o interesse dos investidores depende, em parte, da energia que irá colocar nas suas apresentações. Por isso, se vai estar presente no espaço reservado para start-ups a apresentar a sua empresa, garanta que leva consigo água, bebidas energéticas e alguns snacks. Terá pouco tempo para fazer pausas: todos os minutos são importantes para levar o seu negócio ao patamar seguinte.

Estudantes e Web Summit: uma solução low-cost

Ainda que seja uma conferência que proporcione várias oportunidades de aquisição de conhecimentos, networking e enriquecimento pessoal e profissional, os passes de acesso ao evento têm um preço pouco convidativo.

Se é estudante e gostava de assistir à maior conferência de tecnologia da Europa, mas não tem dinheiro disponível para pagar o preço de um bilhete, não desespere: em todas as edições, existe a possibilidade de se inscrever como voluntário. Irá trabalhar, é claro, mas ao mesmo tempo terá acesso livre aos diversos palcos e painéis sem gastar dinheiro. As inscrições como voluntário para a edição de 2018 já estão fechadas. No entanto, pode colocar o seu email na lista de espera para preencher vagas por desistência.

Enquanto voluntário, ser-lhe-ão atribuídas tarefas como dar direções e responder a questões dos visitantes, fazer o registo dos convidados e organizar reuniões entre investidores e start-ups.

Após o tempo definido para desempenhar estas funções, terá livre acesso ao evento e poderá assistir aos painéis de oradores, falar com empresas e estabelecer novos contactos. Enquanto estudante, sem experiência, a sua vontade de aprender é a ferramenta mais valiosa: ouça, questione e partilhe conhecimentos. Esta será, sem dúvida, uma experiência enriquecedora para o seu percurso profissional.

Se vai trabalhar como voluntário na Web Summit, saiba que tem direito a uma refeição (almoço) gratuita.

No entanto, nas edições anteriores, alguns voluntários queixaram-se que as filas para usufruir da refeição eram longas e demoradas, pelo que, se pretende rentabilizar todos os minutos, aconselhamos que leve a marmita ou dinheiro para comprar comida fora do espaço reservado aos voluntários.

Seja como profissional, empreendedor ou estudante, participar numa conferência como a Websummit é sempre enriquecedor em termos de conhecimentos e de contactos angariados.

Antes de o evento começar, consulte a agenda e os horários dos painéis, decida quais os mais interessantes para si, faça uma lista de empresas/profissionais a quem se deseja apresentar e prepare a sua apresentação com as dicas do Doutor Finanças para uma boa apresentação profissional.