Finanças pessoais

Cartão retido no multibanco: Saiba quais são os procedimentos a seguir

Ficar com o cartão retido no multibanco pode ser mais simples de resolver se estiver devidamente informado. Descubra os procedimentos a seguir.

Natacha Figueiredo Natacha Figueiredo , 20 Agosto 2020

Ficar com o cartão retido no multibanco pode ser uma verdadeira dor de cabeça, principalmente se não souber como deve proceder perante tal situação. No entanto, em alguns casos, esta pode ser uma situação mais simples do que pode imaginar. É essencial que esteja bem informado para seguir rapidamente os procedimentos para recuperar o seu cartão.

De seguida vamos explicar os vários motivos que levam um cartão a ficar retido numa ATM, e como deve proceder perante alguns cenários mais específicos. Saiba ainda, se compensa mais cancelar o seu cartão e como pode prevenir esta situação no futuro.

imagem de um multibanco

O que leva um cartão a ficar retido no multibanco?

De uma forma geral, são vários os motivos que levam um cartão a ficar retido no multibanco. Estes motivos podem estar ligados a simples distrações, erros técnicos ou de utilização, situações de incumprimento e até a fraudes. Mas vamos por partes.

Algumas pessoas mais distraídas podem ficar com o seu cartão retido simplesmente por deixarem passar o tempo previsto para efetuar uma operação. Outra situação comum, que pode acontecer em alturas de maior stress ou quando lhe atribuem um novo PIN, é esquecer-se do seu código e exceder o número de tentativas. Por fim, ainda por distração, o seu cartão pode ficar num ATM se o prazo de validade do mesmo tiver expirado.

À parte destas situações, este procedimento está previsto para cartões de crédito que se encontrem em incumprimento, estando os clientes identificado na lista de devedores do Banco de Portugal.

Por último, existem outros motivos ligados à segurança, avarias e a tentativas de fraude. No caso das avarias, a própria ATM pode reter um cartão por estar com um erro no sistema. Já em relação à segurança, estão definidos procedimentos que obrigam a retenção de um cartão se este estiver sinalizado como extraviado, roubado ou notificado por fraude. Contudo, também existe a possibilidade de ele ser retido numa tentativa de fraude.

Por norma, este tipo de crime acontece através de micro dispositivos colocados na ranhura do multibanco. O objetivo passa por conseguir reter um cartão após ter sido efetuada uma transação, de forma a acederem à conta bancária em questão.

Ler mais: Perdi o meu cartão de crédito: o que fazer?

Como proceder para recuperar um cartão retido no multibanco?

Caso um dia o seu cartão venha a ficar retido no multibanco, os procedimentos a seguir variam consoante a localização do ATM. Existem situações de fácil resolução, mas também pode vir a ter alguns entraves e burocracias para voltar a ver o seu cartão. Comecemos então pelas situações mais simples de resolver.

No caso do seu cartão ficar retido num ATM dentro de uma agência associada ao seu banco, por norma, a situação costuma ser de fácil resolução. O primeiro passo deve ser entrar na agência e reportar o sucedido. De seguida, o funcionário da instituição bancária vai verificar a situação e apurar o motivo que levou o seu cartão a ficar retido. Por questões de segurança costuma ser pedido algum documento que comprove a sua identidade. Se o motivo for relativo a uma distração ou um erro, normalmente é lhe entregue o seu cartão nesse momento.

Caso a agência já não se encontre em horário de funcionamento, deve contactar o seu banco e informá-lo do sucedido. Nestas situações é aconselhável que retorno à agência onde o cartão ficou retido no dia seguinte.

E se o cartão ficar retido noutro multibanco?

Outro cenário possível é o seu cartão ficar retido num multibanco de uma agência que não pertence à sua entidade bancária. Neste caso, existem mais burocracias associadas, mesmo que tudo não tenha passado de uma distração. O primeiro passo deve ser informar a agência onde o cartão ficou retido e de seguida contactar o seu banco.

A sua entidade bancária deve apurar o motivo de retenção e proceder ao envio de uma carta para o banco onde o cartão se encontra retido. Só após a receção da mesma, é que a agência poderá entregar-lhe o seu cartão. Neste caso, é normal ter que aguardar alguns dias até ver a situação resolvida.

Ler mais: Perdeu o PIN do seu cartão de crédito? Saiba como proceder

Se a ATM não estiver numa agência bancária, pode ser mais complicado reaver o seu cartão

Quando um cartão fica retido num multibanco que não pertence a uma agência bancária, prepara-se para lidar com alguns entraves e burocracia. Em primeiro lugar deve saber que estes tipo de ATM pode encontrar-se na rua, num posto de abastecimento, num centro comercial, em hospitais, etc.

Neste caso específico é aconselhável contactar o seu banco e pedir ajuda para saber todos os procedimentos a seguir. Para além de o seu banco ter que perceber o motivo que levou o seu cartão a ficar retido, vai ter que contactar a empresa gestora do ATM. Só depois de ser estabelecido este contacto é que a empresa gestora envia o seu cartão para a entidade bancária que o emitiu. E é por isso, que este processo pode ser bastante demorado até voltar a reaver o seu cartão.

Se o seu cartão ficar retido num multibanco na rua é importante que não abandone o local imediatamente. Tente primeiro perceber se o cartão não ficou retido na ranhura, e certifique-se que ninguém usa o ATM nos próximos minutos. E isto porquê? Porque existe a possibilidade de estar a ser vítima de uma tentativa de fraude. Se a sua desconfiança persistir, é aconselhável contactar o seu banco e dirigir-se à esquadra mais próxima. Faça uma participação sobre o sucedido, de forma a ficar com um comprovativo sobre a situação.

recibo a sair de uma máquina de multibanco

Por vezes pode ser mais fácil e seguro cancelar o cartão

Infelizmente, em situações mais complexas ou quando o seu cartão ficar retido num multibanco que não pertence a nenhuma agência bancária, pode ser mais fácil e seguro cancelar o seu cartão. Ao cancelar o seu cartão e pedir um novo, assegura que em caso de fraude não conseguem aceder à sua conta, e em alguns casos pode reduzir o tempo de espera. Isto porque se o seu cartão ficar retido na rua, pode demorar mais a reavê-lo de que pedir um novo.

No entanto, ao pedir o cancelamento do seu cartão e que lhe seja enviado um novo, seja este de débito ou crédito, por norma existem custos associados a comissões bancárias. Por isso deve pesar os prós e contras em pedir o cancelamento e escolher a melhor opção para si.

Como evitar esta situação no futuro?

Por muitos cuidados que possamos ter, existem várias situações que não estão ao nosso alcance evitar.

Os conselhos mais simples passam por estar mais atento ao seu cartão. Caso o mesmo apresente danos de utilização ou esteja perto de expirar a validade, a atenção deve ser redobrada até que lhe seja enviado um novo cartão. Com cartões de crédito é fundamental que não entre numa situação de incumprimento, para não vir a ter isto tipo de problema.

Em relação ao próprio ATM esteja atento ao mesmo. Caso ele apresente sinais de vandalismo ou algum tipo de mensagem no ecrã que reporte algum problema, dirija-se a outro multibanco que esteja em perfeitas condições. Prevenir é sempre melhor que remediar.

Por fim, nunca aceite a ajuda de terceiros na hora de fazer transações num multibanco e cumpra sempre todos as indicações dentro do prazo, de forma a evitar que o seu cartão fique retido no ATM.

Nota final: No caso dos cartões de crédito, existe a possibilidade de ter um seguro associado ao seu cartão contra a utilização fraudulenta. Este tipo de seguro pode ser uma vantagem, pois passa a estar mais protegido contra o tipo de fraude que referimos neste artigo. Informe-se junto da sua entidade bancária sobre esta possibilidade e veja se é uma mais-valia para si.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)