Contas bancárias

Sabe quais são as informações que integram um cartão de crédito?

Sabe as informações do seu cartão de crédito? Saiba que dados estão nesse cartão que lhe permitem fazer compras seguras e prevenir fraudes.

Rui Aspas Rui Aspas , 29 Abril 2020

O cartão de crédito já faz parte da vida da maior parte das famílias portuguesas, utilizando-o para compras e pagamentos. Quando usado com moderação e responsabilidade, pode ser uma boa ferramenta para o orçamento familiar.

O cartão de crédito é um instrumento de uso financeiro que contém importantes informações que deve conhecer, para proteger os seus dados e saber qual a tecnologia que os guarda em segurança.

A importância do número do cartão

segurar cartao de credito e estar no computador

O número que integra o cartão de crédito identifica o mesmo, sendo que o código a atribuir a cada cartão é único. Assim, não é possível a existência de dois cartões com o mesmo número de identificação bancária. Este código encontra-se na frente e no verso do cartão, às vezes o número está em relevo.

Leia ainda: Poupar dinheiro com o cartão de crédito

Identificação do portador e titular

Todos os cartões de crédito devem conter na parte da frente a inscrição do nome do titular do mesmo, sendo que a assinatura deve ser igual à que consta no elemento de identificação civil (Cartão de Cidadão). 

Esta informação é importante, pois em determinados casos, pode ser exigida o comprovativo da identificação do titular do repetivo cartão. 

Validade do cartão e redes de pagamento 

A validade do cartão é outra das informações que constam do cartão de crédito. Quando a validade chega ao fim, a instituição responsável pela sua emissão envia para a morada fiscal do titular o novo cartão com a data de validade renovada. 

Nesse mesmo cartão, devem conter as redes de pagamento nas quais pode ser utilizado (VisaElectron, Maestro, Visa, Mastercard e American Express, por exemplo).

Tecnologia de pagamento e de combate à fraude

A utilização da tecnologia por contactless veio permitir o uso da mesma para a realização de pagamentos até um montante definido de vinte euros (valor que sofreu ajustes durante a pandemia provocada pelo Covid-19), sem necessidade de introduzir o código PIN.

Para isso, o consumidor aproxima o cartão do terminal de pagamento e a compra é efetuada sendo que o limite do montante atrás referido serve para evitar que o consumidor pague duas vezes o mesmo valor. 

Para um cartão poder ter contactless, deve estar na parte da frente o símbolo correspondente, que são quatro semicírculos pretos.

Já o chip ou tecnologia EMV é uma das informações que fazem parte do cartão de crédito, sendo um mecanismo de segurança adicional que visa proteger os consumidores de desvio de fundos por terceiros. Sempre que uma transação for realizada, a informação constante é passada do cartão ao terminal e deste à entidade bancária. 

Outros elementos de igual importância 

Além dos elementos referidos, existem outros itens relevantes, tais como:

  • Assinatura do titular, na parte de trás do cartão;
  • Banda magnética;
  • CVV é o código de segurança de três dígitos que se encontra no verso do cartão. São solicitados ao cliente sempre que este realiza uma compra online. 
  • Holograma, um mecanismo de segurança com diferentes camadas de imagem captadas em ângulos diferentes, dando a percepção de um movimento criado. O holograma evita que o cartão seja clonado uma vez que não é possível fazê-lo por meio de uma impressão.

Saber as informações que fazem parte de um cartão de crédito é um conhecimento importante para saber mais sobre meios de pagamento e como os seus dados estão protegidos enquanto faz compras.

Partilhe este artigo
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)