Instituições financeiras

Fim às despesas de manutenção de conta

Pedro Pais Pedro Pais , 11 Fevereiro 2007 | 46 Comentários

O sector bancário Português, como todos sabemos, é dotado da extraordinária capacidade de renovar constantemente os seus lucros. Cabe-nos, portanto, evitar que seja do nosso bolso. Descubra neste artigo dois bancos que não cobram despesas de manutenção das contas à ordem.

Pedro Pais é o fundador do financaspessoais.pt e do forumfinancas.pt. O Pedro é um dos maiores promotores de literacia financeira em Portugal contribuindo com centenas de artigos, ferramentas e simuladores que ajudam as pessoas a poupar, a investir ou a decifrar os mistérios da fiscalidade.

Se continua a pagar despesas de manutenção de conta (ou seja, pagar pelo dinheiro que emprestamos ao banco), deixe-se disso. Há imensas sugestões por aí, a maior parte delas obriga no entanto a que domiciliemos o ordenado nessa conta, o que por vezes não é desejável.

Sugiro que utilize um dos seguintes bancos, ambos com presença quase exclusiva on-line: Banco BEST ou BiGonline.

Quanto ao Best, pode abrir conta a partir de €500 e não tem quaisquer saldos mínimos de manutenção ou equivalentes. Adicionalmente a conta à ordem é também remunerada. E já agora, oferecem umas promoções interessantes para os novos membros (se adoptar pela promoção Member Get Member, avise-me, sempre podemos beneficiar os dois).

O BiGOnline, também oferece isenção das despesas de manutenção e óptimas remunerações das contas. Não consegui, no entanto, descobrir qual o valor mínimo para abertura de conta. Update: valor mínimo para abertura de conta é de €250. Cortesia do Marco Rodrigues.

Já sou cliente do Banco Best há vários anos e até ao momento tudo tem corrido bem, pelo que recomendo. Quanto ao BigOnline, as informações que tenho obtido é de que o serviço é também excepcional pelo que posso, em segunda mão, recomendá-lo igualmente. Ambos os bancos oferecem a adicional vantagem de terem um imenso portfólio de aplicações financeiras disponíveis, útil para quem está interessado em fazer render o seu dinheiro.

Existe também um banco alemão a operar em Portugal que funciona 100% online ou pela app N26 e que não só permite abrir conta pelo telemóvel em 8 minutos, como ainda oferece uma panóplia de vantagens, sendo uma delas a isenção de pagamento de despesas de manutenção da conta.

Resta-me dizer que não tenho qualquer interesse (financeiro, comercial ou de outra forma) em qualquer das instituições, mas penso que são opções alternativas de baixo custo e excelente serviço. De qualquer forma aconselho-o a precaver-se. O negócio destes bancos, como dos outros, é ganhar dinheiro.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #bancos,
  • #contas à ordem,
  • #instituições financeiras

Deixar uma resposta

46 comentários em “Fim às despesas de manutenção de conta

  1. @Luis Dias,

    Perdi um pouco o tino aos emails e só agora é que vi o seu comentário. Ainda vamos a tempo? Se sim, envie-me o o nome, o contacto e o número do documento de identificação para blogARROBApedropais.com (é o que pedem lá no Best).

    Abraços

  2. Olá,
    Queria abrir uma conta no BEST e li que tem conta neste Banco. Que tal ganharmos os 2 e propôr-me no Member Get Member? Agradecia o seu contacto por mail. Obrigado.

  3. Boas

    Primeiro queria dar-lhe parabéns pelo o blog, que já me tem ajudado a compreender a banca.
    A minha questão é a seguinte tenho algum dinheiro de parte e com o que li em cima gostaria de abrir um conta no big ou no best, mas gostaria de tirar uma dúvidas, em relação às manutenções e encerramentos de conta. Se pudesse poderia contactar me por email. Obrigado

  4. Desculpem a intromissão, mas não pude deixar de meter a colher sobre este tema (Plano Bes 95). Sigam meu raciocínio por favor.

    Quando pensamos em fazer uma poupança mensal de valor x, temos essencialmente 2 alternativas:

    1 – No mealheiro em casa;
    2 – No Banco, num depósito a prazo, fundo de investimento, PPR ou o que seja.

    Opção 1: ao fim de 1 mês, temos x euros acumulados. Ao fim de 2 meses temos 2x euros…e por aí adiante. Ou seja, juros são zero, apenas lá temos o que lá pusémos e com os riscos associados a ter o dinheiro em casa. Digam o que disserem, continua a ser mais arriscado que tê-lo num Banco.

    Opção 2: ao fim de 1 mês temos x euros mais os respectivos juros, ao fim de 2 meses 2x euros mais os juros de 2 meses…e por aí adiante.

    O Plano BES 95 surge como uma 3ª alternativa, em que dispendemos mensalmente a tal quantia x mas em que começamos desde o 1º dia a receber juros de um montante bastante superior a x. Por exemplo, para uma entrega mensal de 25 euros para um Plano contratado a 10 anos, estamos a falar aproximadamente de 2.500 euros. Não entendo qual é o problema do português em assumir um compromisso por 10 ou 15 anos. Obviamente, se não quisermos cumprir o contrato estabelecido, os resultados esperados não podem ser idênticos. Acho muito mal que se venham “assustar” os clientes com este tipo de notícias e comentários…certamente à custa disto várias pessoas que nem tinham necessidade de resgatar o Plano, acabarm por fazê-lo por “medo”.

    Deixo finalmente um desafio que prova o que digo. Comparem o que é poupar 50 euros por mês durante 10 anos em cada uma das opções apresentadas. No 1º caso vão ter 6.000 euros, que foi tal qual o que entregaram, nem mais um tusto (se entretanto não tiverem sido assaltados ou se os putos não tiverem ido lá desviar uns fundos para comprar um telemóvel novo). Na 2ª opção, não vou estar a fazer as contas porque dá algum trabalho estar a capitalizar juros mês a mês por 120 meses, mas posso-vos garantir que terão menos valor acumulado que no Plano Bes 95. Desafio todos a pedir uma simples simulação num balcão do BES…e comparem!

    Por último…li acima um comentário de uma senhora que dizia qualquer coisa como “a funcionária do BES perguntou-me se o Plano podia ser a 10 anos e eu disse que sim, sem problema”. Então se disse que sim, agora já há problema porque lhe disseram que ao resgatar antecipadamente tem penalizações eé roubada e bla bla bla? Disse que podia ser por 10 anos, não disse? Então espere pelo final dos 10 anos e depois analise se a escolha que fez não foi mais lucrativas que todas as alternativas que tinha.

    Obrigado.

  5. O que me foi dito pelo meu Gestor 360º, foi que o Plano BES 95, tem como principal finalidade uma poupança forçada, ou seja, disciplinar a poupança.
    É certo que tem encargos inerentes ao financiameto, é o ganho do banco mas o que é certo é que no final do periodo terei uma valorização (ou desvalorização se o mercado assim o entender), mas no final do periodo vou ter uma poupança que de outra maneira me era impossível de fazer. Já tentei fazer a mesma poupança, mas sem recurso a crédito, mas a vdd é que vivemos numa sociedade de consumo e muitas compras que fazemos são de impulso e é mais facil controlar esses impulsos se tivermos uma obrigação, caso contrario é complicado. Quem não tentou colocar €€€ de parte e passado 1 ou 2 anos “teve” que utilizar esse valor mas que poderia, com + ou – dificuldade ter arranjado outra solução?
    Com esta conversa toda quero apenas dizer que o que interessa é saber o que se está a comprar, penso que a mim o produto foi bem explicado e não posso de deixar aqui o meu voto de confiança para o meu gestor que me vendeu correctamente a ideia.

  6. Boas

    Estou na minha empresa através de um contrato de prestação de serviços e pretendia abrir uma conta ordenado.

    O facto de estar na empresa através de um contrato de prestação de serviços (recibos verdes) é impeditivo de passar a minha conta para conta ordenado?

    Abraço

  7. E posterioremtne ha 1 mes mudei o PPR para outra companhia, dado que os juros ofrecidos garantidos pelo BES de este ano sao de 0%; e perder o que aumente o indice de preços ao consumo, numa conta poupanmça a longo prazo me parece um “roubo”