Literacia financeira

Literacia Financeira: Conheça tudo sobre o novo livro infantil “Doutor Finanças e a Bata Mágica”

O livro infantil "Doutor Finanças e a Bata Mágica" é um livro que promete revolucionar a literacia infantil. Embarque neste artigo cheio de magia e desvende os mistérios deste livro.

Adriana Cabrita Adriana Cabrita , 5 Novembro 2019

Foi no passado dia 31 de Outubro, Dia Mundial da Poupança, que o Doutor Finanças lançou o seu primeiro livro infantil “Doutor Finanças e a Bata Mágica”.

Este livro tem como objetivo levar a literacia financeira não só aos adultos, como também às crianças portuguesas. Isto porque defendemos que quanto mais cedo as crianças se familiarizarem com o dinheiro e alguns conceitos financeiros, melhor. É importante que percebam que o dinheiro não nasce nas árvores, nem não cai do céu, e que a gestão que fizerem hoje vai determinar a sua situação financeira de amanhã.   

Livro Doutor Finanças e a Bata Mágica

Neste artigo falamos um pouco mais sobre este projeto para que perceba um pouco melhor do porquê deste livro, a quem se destina e qual é o seu propósito. Aproveitamos ainda para levantar um bocadinho do véu e revelar um pouco da sua história e das suas ilustrações.   

Leia ainda: Educar para ser livre – A importância da literacia financeira

O que é o livro Doutor Finanças?

O “Doutor Finanças e a Bata Mágica” é um livro infantil que tem como tema a literacia financeira. Este livro tem como objetivo ensinar as crianças a poupar através de um método de poupança que julgamos ainda pouco explorado em Portugal: “Spend, Save, Share” que em português significa “Gastar, Guardar, Ajudar.” Este método caracteriza-se por dividir o orçamento total em três mealheiros, cada um com a sua finalidade, isto é, um mealheiro representa gastar, outro guardar e finalmente o terceiro ajudar. 

Este conceito é transmitido através de uma história infantil apelativa que, ao longo do livro, desafia os mini leitores com alguns exercícios que serão essenciais no desenrolar da ação, uma vez apenas deverão avançar se passarem o desafio com distinção e conseguirem adquirir o conhecimento que o exercício lhe passa.

São 9 exercícios: os três primeiros relacionam-se com a palavra “Gastar”, os três seguintes com “Guardar” e os três últimos com “Ajudar”.

  • Exercício das moedas
  • Exercício Bichinho da Poupança
  • Exercício Cartaz do Palhaço

No final do livro vai poder ainda encontrar mealheiros planificados para os mais pequenos recortarem e montarem. 

  • Mealheiro para recortar
  • Mealheiros recortados

Leia ainda: Está a dar a semanada certa aos seus filhos?

Qual é o propósito do livro?

Tal com diz, e bem, o ditado popular: de pequenino é que se torce o pepino. Podemos dizer que esta expressão resume (e muito) o nosso objetivo com este livro.  

Acreditamos que a literacia financeira deverá fazer parte da nossa vida desde muito cedo, o mais cedo possível. É importante que as crianças comecem a ter noção do que é o dinheiro, que ele não nasce nas árvores e chamá-las à responsabilidade de fazer a gestão do seu próprio dinheiro através do método “Gastar, Poupar, Ajudar”. Isto vai permitir que, desde cedo, percebam a importância de uma boa gestão para ter uma carteira saudável e feliz. 

O Doutor Finanças esteve no Diário da Manhã da TVI para reforçar esta ideia e explicar a importância da literacia financeira no dia-a-dia das crianças.

Onde e como nasceu a ideia?

Uma vez que o Doutor Finanças ajuda os graúdos a gerirem melhor o seu dinheiro e a terem uma boa saúde financeira, nasceu também a vontade de fazer chegar estes conceitos a um público infantil. No entanto, embora este livro se trate de um livro infantil, quando pensámos nele, pensámos também em falar sobre um método de poupança que pudesse ser apreendido pelos adultos. 

Pretendíamos que o livro tivesse uma história, mas também uma componente prática e daí terem sido introduzidos na história pequenos exercícios que ajudam as crianças a perceber como os podem aplicar no seu próprio dia-a-dia.

E porque tudo aquilo que se faz com amor saí sempre bem - e quem melhor para falar de literacia financeira do que os nossos próprios doutores - decidimos desenvolver todo este projeto internamente, desde a conceção da história até à sua ilustração, paginação e opções de produção do livro. 

Leia ainda: Como utilizar a regra 50-40-10 para as crianças aprenderem a poupar?

A quem se destina?

O livro está direcionado para crianças dos 6 aos 10 anos, em que os exercícios são mais orientados para as crianças dos 6 aos 8 anos, pois são mais visuais e simbólicos. A leitura da história poderá ser feita com a ajudar de um adulta para as crianças mais novas, ou ser um um desafio a concretizar pelas crianças mais velhas envolvendo-se com a história de forma mais direta.

Leia ainda: 5 jogos que ensinam as crianças a gerir o dinheiro

O "Doutor Finanças e a Bata Mágica" é também uma causa solidária

Tal como já referimos, o conceito do livro assenta no método “Gastar, Poupar, Ajudar”, portanto para que este nos fizesse realmente sentido teríamos que colocar também em prática a vertente do ajudar.

Pretendemos que o livro chegue ao máximo de pessoas possível, mas não o encaramos como uma fonte de rendimento ou um produto. Por essa razão o livro tem para nós uma dimensão totalmente solidária.

Vamos centrar a nossa ação junto das crianças, quer seja com apoio a instituições que atuem ao nível da educação, ao nível da saúde ou mesmo no acolhimento e proteção das crianças. 

Do ponto de vista prático, toda a margem financeira feita com a venda dos livros será depois transformada numa ação que lhe envolve a si e a toda a equipa do Doutor Finanças no apoio direto a causas e instituições. Tanto podemos estar a falar de comprar materiais escolares como de construção e irmos fisicamente ajudar a recuperar um centro de estudos, envolvendo “as nossas pessoas” nas pinturas e recuperação. Podemos também, por exemplo, ter uma equipa de “Doutores” que vá contar esta história a crianças hospitalizadas, para além de também utilizar a receita do livro para adquirir equipamento específico necessário a um serviço específico do hospital.

A nossa ideia é podermos fazer algumas destas ações ao longo do ano sempre aproveitando as receitas das vendas dos livros. Mais do que estarmos a doar dinheiro a instituições pretendemos envolvermos diretamente transformar essa receita em valor acrescentado para as crianças. 

Para acompanhar estas novidades, iremos dando conta destes projetos no nosso portal, comunicando estas ações na página web dedicada ao livro. 

Sinopse do livro “Doutor Finanças e a Bata Mágica”

Foi numa bela tarde de Primavera que os irmãos Miguel e João foram ver o magnífico circo da Aldeia da Prosperidade. Mas algo inesperado aconteceu no espetáculo do Palhaço Altamente, que colocou os irmãos numa verdadeira aventura.  

Para conseguirem cumprir a sua missão com sucesso, vão ter de aprender a poupar. Não vão estar sozinhos nesta aventura. Vão contar com a ajudar de uma bata mágica e de um bichinho especial que nela vive.  

Embarca nesta história cheia de mistério e magia, resolve os enigmas e transforma-te num verdadeiro Doutor Finanças.

  • Página do livro
  • Ilustração do livro
  • Bichinho da Poupança

Onde pode comprar o livro

O livro é uma edição de autor do Doutor Finanças. A sua venda estará disponível no Pingo Doce (apenas naqueles que têm zona de livraria), nas estações dos CTT que tenham esse espaço de promoção e na papelaria online, Wook.

Leia ainda: A Literacia Financeira Infantil: porque dar mesada aos meus filhos?

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #doutor finanças e a bata mágica,
  • #literacia financeira,
  • #literacia financeira nas escolas,
  • #literacia financeira para crianças,
  • #literacia infantil

Deixar uma resposta