Literacia financeira

8 formas de ensinar as crianças a tomar decisões financeiras

Se pretende começar a ensinar o seu filho a tomar decisões financeiras desde cedo, leia 8 dicas que o vão ajudar nesta missão.

Literacia financeira

8 formas de ensinar as crianças a tomar decisões financeiras

Se pretende começar a ensinar o seu filho a tomar decisões financeiras desde cedo, leia 8 dicas que o vão ajudar nesta missão.

Informar as crianças sobre literacia financeira desde novas pode ser meio caminho andado para que se tornem adultos capazes de tomar decisões financeiras conscientes

É por isso fundamental que ensine ao seu filho desde idade tenra os conceitos base das finanças para que se torne um adulto independente financeiramente. 

Conheça 8 passos que pode seguir para educar o seu filho sobre literacia financeira infantil.  

1. Ensine conceitos base  

Primeiramente, deve sentar-se com a criança e, através de moedas e notas, mostrar-lhe o que é o valor de cada uma.  

Depois, explique os conceitos base de “preço”, “compra”, “devolução”, “orçamento”

Apenas sabendo o que significam os conceitos financeiros, vão conseguir aprender a prática de gerir dinheiro. 

2. Mostre como utiliza o dinheiro 

Outra forma de ajudar os mais pequenos a tomar decisões financeiras, é explicar como é que afinal se utiliza o dinheiro.  

É importante que percebam que só conseguem comprar algo em troca de dinheiro e que algumas coisas custam mais do que outras e têm um valor mais ou menos elevado.  

Explique que o dinheiro é limitado, como é que o ganha e como é que o utiliza mensalmente. 

Para aprenderem a tomar decisões financeiras, as crianças têm de saber como se gere o dinheiro. 

3. Esclareça a diferença entre necessidade e desejo 

De seguida, é essencial que as crianças consigam diferenciar o que é fazer uma compra por necessidade ou fazer uma compra por desejo. Saber distinguir o necessário do capricho/luxo.  

Simule situações e faça brincadeiras com o seu filho, para lhe ensinar o que deve ou não ser priorizado numa compra.  

Explique que no orçamento estão as prioridades de necessidade, e que se houver sobra no orçamento pode ir para algo que desejam. Mas que, em primeiro lugar, deve ser sempre priorizado a compra de algo necessário para subsistir. Dê exemplos práticos, como: Necessidade equivale a comida ou produtos de higiene, e desejo equivale por exemplo a um brinquedo. 

4. Ensine a diferenciar o caro do barato 

Após aprenderem o conceito de preço, é importante que as crianças compreendam a diferença entre um preço caro e um preço barato. Que saibam que o mesmo produto pode até ser encontrado a preços diferentes e que devem saber procurar e comparar preços. 

Se souberem fazer uma comparação do preço do produto que querem comprar nos vários locais onde existe, vão conseguir adquirir o que querem sempre pelo preço mais barato. 

Esta base vai importar ao explicar, de seguida, o conceito de poupança. 

Leia ainda: Aprender literacia financeira com o jogo de tabuleiro “Doutor Finanças e a Bata Mágica”

5. Explique a importância da poupança 

Para tomarem decisões financeiras, os mais pequenos devem aprender também o conceito de poupança.  

Normalmente, o mais difícil de explicar às crianças é o porquê de não poderem comprar algo que tanto querem. É essencial que entendam que, muitas vezes, só poupando podem conseguir adquirir o desejado

Por isso, ofereça um mealheiro ao seu filho e incentive-o a que, sempre que tiver dinheiro na sua posse, guarde uma ou algumas moedas lá.  

Leia ainda: Conheça o livro infantil “Doutor Finanças e a Bata Mágica”

6. Ofereça livros sobre literacia financeira infantil 

Para complementar as novas aprendizagens do seu filho sobre literacia financeira, pode oferecer-lhe livros próprios para a idade dele sobre o assunto

Assim, pode ainda aprender conceitos novos e novas formas de gerir o dinheiro através do conhecimento dos autores especialistas. 

Conheça 8 livros que ajudam pais e filhos a aprender mais sobre literacia financeira infantil

7. Deixe o seu filho tomar decisões  

Para colocar em prática toda a teoria acima que pode ensinar, é altura de deixar o seu filho começar a tomar decisões.  

Como? Pode fazê-lo, por exemplo, no supermercado dando-lhe a escolher algumas opções para ele escolher com base naquilo que lhe ensinou. 

Leia ainda: Comemore o Dia da Criança com um jogo que vai ficar na memória

8. Faça jogos que impliquem gerir dinheiro 

Pode também pôr em prática os ensinamentos através de jogos que impliquem a gestão de dinheiro

É o caso do monopólio, um jogo que implica a tomada de decisões financeiras como a compra e venda de casas, hotéis, empresas. E isto ao mesmo tempo que se compete com outros jogadores, pelo que é importante a tomada de decisões de forma consciente. Caso contrário pode ir à falência (e perde). 

Existem ainda outros jogos que ensinam as crianças a gerir o dinheiro como o Jogo da Vida ou o The Sims. 

Mas também pode construir os próprios jogos em casa ou desafios próprios para o seu filho, que o ajudem a praticar este processo. 

Estas são algumas dicas para que auxilie o seu filho na tomada de decisões financeiras desde criança. Deixá-lo ter responsabilidades financeiras desde novo, seja no orçamento familiar ou noutra situação, pode dar-lhe o empurrão e a confiança necessária para que se torne num adulto bem informado sobre literacia financeira.

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #literacia financeira,
  • #literacia financeira infantil,
  • #literacia financeira para crianças
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixar uma resposta (Podemos demorar algum tempo até aprovar e mostrar o seu comentário)