Vida e família

Pequenos gestos para ser mais sustentável no dia a dia

Quer ser mais sustentável, mas não sabe como começar? Saiba como neste artigo.

Vida e família

Pequenos gestos para ser mais sustentável no dia a dia

Quer ser mais sustentável, mas não sabe como começar? Saiba como neste artigo.

Sustentabilidade é uma das grandes palavras do momento e é fácil de perceber porquê. Estilos de vida mais sustentáveis são amigos não só do ambiente como da sua carteira. Conheça, neste artigo, alguns dos pequenos gestos que pode adotar para ser mais sustentável no dia a dia. 

Ser mais sustentável: o que significa 

Sustentabilidade significa, nada mais, nada menos, do que utilizar os recursos disponíveis de forma racional, consciente e sem nunca comprometer a disponibilidade dos mesmos para as gerações futuras. Baseia-se no equilíbrio entre os recursos que possuímos, com o fim de garantir a preservação dos mesmos. 

Na realidade, é um conceito bastante abrangente e assenta em três pilares: social, ambiental e económico.

De uma forma muito breve, a sustentabilidade social defende a igualdade nos acessos à educação, cultura e saúde, com o objetivo final do bem estar global de todos.

A ambiental, provavelmente a mais conhecida atualmente, diz respeito à conservação e manutenção dos recursos naturais do planeta.

Por último, a sustentabilidade económica implica uma gestão adequada em todos os setores da atividade, desde a produção, distribuição e consumo de bens e serviços. 

Assim, ser sustentável, num todo, inclui estas três vertentes e, no nosso dia a dia, é possível, através de pequenos gestos, alterarmos o nosso estilo de vida para um mais sustentável.

De seguida apresentamos-lhe algumas dicas que lhe permitirão não só ajudar o ambiente, melhorar a sua qualidade de vida, as suas finanças e contribuir para a manutenção dos recursos para as próximas gerações. 

Leia ainda: Saiba como ter ajuda do Estado para tornar a sua casa mais sustentável

Pequenos gestos para ser mais sustentável

Adotar um estilo de vida mais sustentável passa por seguir a regra dos três R’s:

  • Reduzir;
  • Reutilizar;
  • Reciclar. 

Ou seja, devemos reduzir os nossos consumos, seja de energia, vestuário ou outros; reutilizar os materiais, prolongando a utilização destes ou dando-lhes uma nova vida; e reciclar todos os materiais que já não conseguimos usar mais. Este é o princípio base de hábitos mais sustentáveis, que na prática se traduzem por algumas das ações enumeradas abaixo. Ora veja. 

Utilizar cápsulas de café recarregáveis

cápsulas de café

As máquinas de café de cápsulas são uma grande tendência e grande parte das famílias portuguesas possuem pelo menos uma em casa. São muito práticas, porque basta apenas colocar a cápsula para se obter um café saboroso e de qualidade. O problema é a quantidade de plástico gerado com a utilização destas cápsulas. Pense em quantos cafés toma por dia, some os dos restantes membros da família e multiplique pelos dias do ano. O total é assustador, mas há forma de reduzir essa produção e consumo de plástico através de cápsulas recarregáveis. São reservatórios com o formato das cápsulas que se abrem e que se coloca no interior café moído. Além disso, mesmo com a compra das cápsulas reutilizáveis vai acabar por poupar dinheiro, já que a compra destas embalagens de café acaba por ficar mais em conta do que as cápsulas. 

Leia ainda: Alternativas ao plástico que vão poupar o ambiente e a sua carteira

Guardar a água fria do duche 

Sempre que vai tomar banho, a água demora um pouco a aquecer. Uma boa dica passa por guardar essa água num reservatório e mais tarde utilizá-la como bem entender: no autoclismo, para limpezas, ou mesmo para cozinhar, já que a água é boa para consumo. Ajudará o ambiente e a sua carteira, reduzindo o consumo de água e com isso, a fatura. 

Leia ainda: 9 factos sobre o consumo de água e como poupar

Reutilizar todos os materiais reutilizáveis 

Se aderiu às compras online, começou a ter em casa todo o tipo de embalagens que chegam com as encomendas. O que faz com essas caixas? Em vez de imediatamente as colocar na reciclagem (o que também seria uma boa opção, claro), procure dar-lhes uma nova utilização. Se tiver alguma encomenda para enviar, reutilize essas caixas ou use-as para organizar alimentos, roupa de outra estação, brinquedos das crianças ou artigos de escritório. 

O mesmo princípio aplica-se a frascos, por exemplo de leguminosas ou de compotas. Geralmente são frascos de vidro, perfeitos para armazenar frutos secos, cereais, farinhas ou até mesmo chás. Pode até mesmo pintar-lhes as tampas todas da mesma cor e conseguir uniformizar a sua despensa com os tons que mais gosta. 

Leia ainda: Ganhar dinheiro reciclando

Preferir materiais amigos do ambiente 

materiais amigos do ambiente

Nos últimos anos tem-se instalado uma guerra generalizada ao plástico, quando na realidade, o mais importante é evitar ao máximo todo o tipo de materiais descartáveis, seja plástico ou não. Quer isto dizer que se tiver tupperwares em casa de plástico não vá a correr deitá-los fora e comprar novos em vidro. Se precisar de adquirir algum, sim prefira o vidro. Mas, se os de plástico que possui estão ótimos, continue a utilizá-los o máximo de tempo possível.

Em relação a outros produtos como utensílios de cozinha, sacos de compra ou garrafas de água, se precisar de adquirir algum destes privilegie materiais mais duradouros, como tecido no caso dos sacos, madeira, ou garrafas de água reutilizáveis. 

Leia ainda: Alternativas ao plástico que vão poupar o ambiente e a sua carteira

Evite os descartáveis de higiene pessoal 

No campo da higiene e beleza há algumas alterações que podemos experimentar para uma rotina mais sustentável. Começando pela higiene, em vez dos tampões ou pensos higiénicos, experimente o copo menstrual ou, nos bebés, utilize fraldas reutilizáveis, em pano, em detrimento das descartáveis. Poderá não ser tão prático o uso de fraldas de pano quando se encontra fora de casa, mas se as utilizar em casa, já fará diferença e conseguirá reduzir o consumo das descartáveis. 

Em termos de beleza, pode optar por desmaquilhantes em óleo, evitando o constante uso de discos de algodão ou substitui-los por discos ou luvas em algodão, laváveis. Ainda no campo da beleza, já existem algumas marcas que permitem que recarregue perfumes, evitando ter que comprar uma nova embalagem, mesmo no que toca a fragâncias para a casa. 

Leia ainda: 7 dicas para poupar em produtos de beleza

Faça compostagem 

A compostagem é o processo que transforma matéria orgânica (restos de fruta e de hortaliças, pão, cascas de ovos, etc.) em composto, ou seja, em fertilizante. Se possui um quintal ou mesmo plantas em casa, através da compostagem consegue reutilizar os restos alimentares e produzir uma substância que contribui para o melhor crescimento de plantas e jardins. Reduz, também, a quantidade de lixo que coloca no contentor público. 

Leia ainda: Dicas para diminuir a sua pegada ecológica

Compre e venda em segunda mão 

Plataformas de revenda de produtos e até mesmo as redes sociais têm facilitado muito a compra e venda de produtos usados e, aqui, consegue encontrar de tudo. Não só roupa, como calçado, acessórios, utensílios de bebé, eletrodomésticos, móveis e muito mais.

Se por um lado, ao comprar estas peças estará a poupar dinheiro e a contribuir para uma utilização mais sustentável das mesmas, por outro, também poderá você mesmo vender alguns artigos que para si já não fazem sentido. 

Leia ainda: Se tem roupa que já não usa, saiba onde e como pode vendê-la

Renda-se às tomadas com interruptor 

É do conhecimento de todos que apesar da televisão estar desligada, se possui a luz de presença esta continua a gastar energia. Mas, a verdade, é que não é muito prático estar constantemente a remover os eletrodomésticos das tomadas.

Para o ajudar nesta tarefa, existem as tomadas com interruptor que, na realidade, são adaptadores, na medida em que encaixam nas tomadas elétricas e posteriormente insere a ficha do dispositivo nesse adaptador. Ao possuírem interruptores permitem que se liguem e desliguem mais facilmente, cortando facilmente a corrente e o consumo de energia. Atualmente há até opções conectáveis a aplicações móveis para que consiga ligar e desligar as tomadas diretamente a partir do smartphone. 

Leia ainda: Como poupar na fatura da luz e no aquecimento

Estas são algumas dicas de pequenos gestos que pode adotar para ser mais sustentável no dia-a-dia. Permitir-lhe-ão fazer um consumo adequado dos recursos, contribuir para a preservação do ambiente e melhorar as finanças pessoais, conseguindo poupar algum dinheiro.  

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #poupar o ambiente,
  • #práticas sustentáveis,
  • #reduzir impacto ambiental,
  • #sustentabilidade
Artigos Relacionados
Ver todos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais
Deixe o seu comentário

Indique o seu nome

Insira um e-mail válido

Fique a par das novidades

Receba uma seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser para receber a seleção de artigos que escolhemos para si.

Ative as notificações do browser
Obrigado pela subscrição

Queremos ajudá-lo a gerir melhor a saúde da sua carteira.

Não fique de fora

Esta seleção de artigos vai ajudá-lo a gerir melhor a sua saúde financeira.