Colocar no carrinho de compras, pagar e sair são gestos que acontecem cada vez mais nos ecrãs dos portugueses. Apesar da resistência das lojas físicas, comprar em lojas online é um hábito cada vez mais comum. Com as várias campanhas promocionais, saiba como fazer compras online mais seguras.

As compras online têm ganho terreno ano após ano. Muitas empresas, que têm lojas físicas, já oferecem aos seus clientes a possibilidade de comprar também através do seu website e outras nascem com o seu modelo de negócio exclusivamente digital.

De entre os portugueses que ainda preferem, na sua maioria, comprar em lojas físicas, os jovens entre os 25 e os 34 anos são os que mais interesse demonstram em comprar na web. 40% admitem que preferem este método ao tradicional, segundo o inquérito sobre hábitos de compras da DECO.

Por isso, para cativar cada vez mais os clientes para as suas lojas online, as marcas apostam em campanhas de marketing digital muito fortes, com grandes promoções exclusivas no online, a oferta de portes de envio ou outro tipo de incentivos.

São várias as datas que celebram esta nova possibilidade de compras e muitas lojas online aproveitam para fazer promoções.

Amanhã será o Dia das Compras Online (26 de outubro), em que vários comerciantes e entidades se juntam para promover grandes volumes de compras a preços exclusivos.

Para além deste dia, existem as modas importadas do outro lado do Atlântico, com a Black Friday (23 de novembro) e Cyber Monday (26 de novembro). São também dias em que os retalhistas e comerciantes aproveitam para escoar o stock existente oferecendo aos consumidores a oportunidade de pagar menos pelos produtos das suas marcas.

Várias as vantagens de fazer as suas compras online

Comodidade

Esta é a principal vantagem de fazer compras online. Não precisa de sair de casa para encomendar o artigo que pretende e pode fazê-lo a qualquer hora do dia e em qualquer dia da semana. Da mesma forma, não é necessário dirigir-se à loja para levantar o artigo pois pode recebê-lo na morada que pretender.

Preços mais baixo

Com o Dia das Compras na Net e outros dias semelhantes, muitas marcas incentivam à compra nas suas lojas online. Até mesmo nas próprias lojas físicas, com o link do website inscrito nas monstras ou nos sacos.

Para o cliente fazer compras online em vez de física, as marcas utilizam campanhas para atrair consumidores, ou com descontos diretos ou em acumulações para descontar em compras futuras. Para não cair na euforia do consumo, sugerimos duas formas de poupar e para aproveitar descontos no preço:

  • Muitas lojas oferecem um código de desconto para aplicar na primeira compra, ao subscrever a newsletter. Se não conhecer a loja, escolha apenas um artigo, para perceber se gosta do mesmo.
  • Se adicionar os produtos em que está interessado ao carrinho e não concretizar a compra, pode receber um incentivo, como um cupão de desconto ou oferta dos portes de envio, para a finalizar. Assim, quando realizar a compra, irá fazê-la com desconto.

Comprar em lojas online a preços mais baixo pode ser uma boa prática para manter as suas finanças pessoais saudáveis. Lembramos que cada compra que faça deve ser colocada no orçamento familiar.

Comparação

Comprar preços e variedades de produto no meio digital requer apenas alguns cliques. Antes da tomada de decisão, pode recorrer a comparadores dentro da própria loja, onde pode ler as características de diferentes produtos do mesma marca ou pesquisar num comparador independente. Neste último caso, pode ver o mesmo produto em diferentes lojas, comprando preços e condições oferecidas. Pode fazê-lo no comparador kuantokusta.pt, por exemplo.

Opiniões da comunidade

Muitas lojas online dispõem de uma área de classificação e comentários onde os compradores podem deixar o feedback do produto. Esta é uma vantagem de peso, especialmente quando está interessado em produtos que ainda não conhece. Ainda assim, já que está em frente ao computador, pode procurar mais informação fora da loja em questão. Abra outra janela e pesquise em fóruns ou blogs.

Variedade e acessibilidade

A web oferece-lhe um stock infinito de produtos. Se procura um artigo específico que não consegue encontrar em nenhuma loja física de Portugal, certamente que o vai conseguir encontrar online, mesmo que esteja do outro lado do mundo. A boa notícia é que não precisa de o ir lá buscar. 😉

Alguma «Privacidade»

Ninguém vê o que está a comprar. E, por isso, o processo de compra online é mais reservado. Mas certamente reparou nas aspas na «privacidade», pois esta não é totalmente real. Para comprar online tem de disponibilizar alguns dos seus dados pessoais: e-mail, morada, número de telefone (em alguns casos) e número de identificação fiscal (para faturação). Garanta que a empresa e o website são seguros e que está a respeitar o novo Regulamento Geral para a Proteção de dados, apresentando-lhe um consentimento para o tratamento dos seus dados.

dia de compras na net

Cuidados a especiais que deverá ter, por forma a ter compras seguras

Identificação da empresa

Criar um site com produtos e colocá-los à venda é bem mais fácil do que montar uma loja física, onde há alguém que se possa identificar e esclarecer o cliente devidamente. No site em que está a comprar deve encontrar um número de telefone fixo para contacto, morada, informações sobre a sua política de privacidade e de segurança. Faça uma procura rápida na web sobre a entidade, se não encontrar informação suficientemente esclarecedora, não efetue a compra.

Pagamento

O pagamento com cartão de crédito é dos mais comuns, no entanto, um dos menos seguros. Esteja atento às burlas a que pode estar sujeito e não dê mais do que as informações necessárias para concluir a compra. Se puder, opte pelo pagamento com referência Multibanco, pague com MB Way ou crie um cartão virtual como o MB Net.

Detalhes da loja online

Procure informações sobre devoluções e trocas: como se procedem, em que período e se implicam algum encargo extra para si. Muitas marcas têm o seu serviço online integrado com as lojas físicas, o que facilita nestas situações. Não avance com a compra se não estiver devidamente informado quanto a esta questão.

Encargos extra

Calcule sempre os portes de envio. Muitas lojas oferecem esse encargo, outras estipulam um valor mínimo de compra para oferta desse custo. No entanto, deve sempre confirmar quais são as condições a aplicar ao seu caso.

Para além dos custos de envio, existem também os direitos aduaneiros. Produtos comprados dentro do Espaço Económico Europeu (EEE – União Europeia, Noruega, Islândia e Listenstaine) estão livres desse imposto, mas os que vierem de fora, terão que pagar IVA. Este imposto pode ser de 6% ou 23%, dependendo do artigo.

O imposto incide não só sobre o preço do produto, mas de todas as despesas de envio, seguro de transporte (se existir) e direitos aduaneiros. Encomendas que na sua totalidade não atinjam os 22 euros estão isentas de qualquer imposto.

Faça as compras antes de encomendar, visite o Portal das Finanças, consulte a pauta aduaneira para saber qual a taxa dos direitos aduaneiros aplicáveis a países foram do EEE. Depois, confirme o valor do IVA, em “Importações Via Internet” e aplique à soma valor do artigo + taxa aduaneira. Pondere se compensa ou não encomendar.

Prazo de entrega

Muitas lojas online garantem a entrega em 24 ou 48 horas. Mas noutros casos, o prazo de entrega pode ser superior a uma semana ou até um mês. Em épocas festivas como o Natal, os prazos de entrega podem tornar-se imprevisíveis dado o volume de compras. Aconselhamo-lo, por isso, a comprar com antecedência e a verificar sempre a data prevista de entrega antes de carregar no último botão de compra.

 

As campanhas para compras online podem trazer poupança, pois poderá comprar itens de que necessita a um preço mais baixo. Contudo, pense realmente se necessita de esse artigo e tente sempre pagar ao todo, sem recorrer ao crédito. Se tem essa possibilidade, investigue a campanha, compare preços e faça compras online seguras. Boas compras!